Show simple item record

dc.contributor.advisorPerissinotto, Renato M. (Renato Monseff), 1964-pt_BR
dc.contributor.authorVenâncio, Ulisses, 1988-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Políticapt_BR
dc.date.accessioned2019-12-11T14:53:55Z
dc.date.available2019-12-11T14:53:55Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/64086
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Renato Perissinottopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política. Defesa : Curitiba, 01/09/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação analisa a carreira política dos senadores no Brasil Imperial. A experiência em cargos políticos cada vez mais vem sendo apontada como variável importante para explicar o recrutamento político, sendo um forte indicativo de profissionalização política. A análise estatística descritiva dos dados revelou um padrão de carreiras longas, com muitos cargos, heterogêneas em termos de níveis de poder, e que se intensifica ao longo do período. Isso denota que a grande maioria dos senadores possuía grande experiência em cargos políticos, o que interpretamos como indício da existência de profissionalização política, tanto dos indivíduos, quanto da casa senatorial. O tema remete a questões importantes para a historiografia do período discutidas ao longo do trabalho. O resultado da pesquisa nos obriga a relativizar a hipótese de que o critério decisivo para o recrutamento era pertencer ao séquito do Imperador. Palavras-Chave: Brasil Imperial; Senadores brasileiros; Profissionalização Política; Recrutamento.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation analyses the political career of the senators during Brazil's imperial period. The experience in political positions has been increasingly highlighted as an important explaining variable of political recruitment and also constitutes a strong indicative of political professionalization. The statistical descriptive analysis of the data revealed a pattern of lasting and multi-position careers. The data analysis also showed that the senators' careers were heterogeneous in terms of power levels and the power was steadily intensified over time. The research findings denote that the great majority of the senators were largely experienced in political positions, what we interpret as evidence of existence of political professionalization, both of individuals and of the senatorial house. The subject refers to relevant issues for the historiography of that period, which are addressed during this work. The research results compel us to relativize the hypothesis introduced from the hegemonic historiography theses: the recruitment decisive criterion to the Senate was to belong to the Emperor's retinue. Key-words: Imperial Brazil, Brazilian Senators, Political Professionalization, Recruitment.pt_BR
dc.format.extent[82] p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCiência política - Brasilpt_BR
dc.subjectSenadores - Brasilpt_BR
dc.subjectBrasil - História - Imperio, 1822-1889pt_BR
dc.subjectCiência Políticapt_BR
dc.titleCarreira política e profissionalização dos senadores no Brasil Imperialpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record