Show simple item record

dc.contributor.authorRomagnani, Patríciapt_BR
dc.contributor.otherSantos, Jussara Maria Tavares Puglielli, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-09-11T13:12:02Z
dc.date.available2020-09-11T13:12:02Z
dc.date.issued2002pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/63840
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Dr.ª Jussara M. T. Puglielli Santospt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Curso de Pós-Graduação em Educação, Setor de Educaçãopt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 194-204pt_BR
dc.description.abstractResumo: A dissertação em pauta tem sua existência justificada pela construção de uma análise que possa servir como instrumento de aprofundamento dos estudos sobre o ensino técnico profissionalizante no Paraná, uma vez que essa produção é escassa no Estado. O objeto de estudo centrou-se na proposta pedagógica da escola paranaense, de educação técnico profissional no setor secundário da economia, o Instituto Politécnico Estadual (IPE), situada no município de Curitiba, atualmente conhecido como Centro Estadual de Educação Profissional de Curitiba (CEEP) em virtude da contratação de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Ministério da Educação. A partir da categoria central trabalho, e por meio do diálogo entre a conjuntura nacional, local e as políticas públicas de educação produziu-se o texto, além da pesquisa documental em fontes primárias somadas às entrevistas com alguns atores educativos participantes da história da escola. Dividiu-se a investigação histórica, em três períodos específicos, de 1940 a 1979, de 1980 a 1995, e, de 1996 a 2002. Tais divisões históricas seguiram as transformações no setor produtivo como o primeiro choque de transformação da economia paranaense na década de 1960, quando é montado o aparelho infraestrutural no Estado. Na década de 1970, quando há a modernização agrícola e agro-industrial e a instalação da Cidade Industrial de Curitiba (CIC) e da Refinaria de Petróleo, caracterizando a diversificação e sofisticação produtiva. E a década de 1990 que apontou para a inserção da economia paranaense no processo de globalização da economia. No primeiro período se tem registrado o nascimento do IPE, em 1941, partindo da duplicidade de origem das escolas técnicas para operários e engenheiros e, somente com a agonia do regime militar, com uma orientação econômica "desenvolvimentista", em que a educação profissional passa a ser prioridade, tem-se registrado a conquista pelo IPE de sua sede própria (fins de 1979). No segundo período registra-se a intervenção da Secretaria de Estado da Educação (SEED), em 1984, a partir da suspeita de relacionamentos não oficializados entre as empresas, a escola e a SEED. É ainda neste período que o IPE luta para não ser encampado, em 1987, pelo CEFET. O terceiro período, com a reestruturação produtiva e, no Paraná, com as políticas públicas como o PROEM e o PROEP, tem-se a submissão da escola a tais programas. O IPE, pela análise sofrida de sua existência, demonstrou uma difícil vinculação com as demandas econômicas do setor produtivo, coexistindo com outras agências formativas como o SENAI e o CEFET orgânicos a esse setor. Porém, apontou uma organicidade maior com a demanda dos estudantes do bairro no qual se situa e com a Região Metropolitana de Curitiba, bem como com o setor produtivo por meio de sua organização curricular atendendo aos modelos de gestão do trabalho em cada momento histórico.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation justifies itself as an useful analysis to make a profound study of the technical education in Paraná State, since such kind of instruction is still insufficient there. The analysis was centered on a technical-professional school's program, the IPE - Instituto Politécnico Estadual (State Polytechnic Institute), at present known as CEEP - Centro Estadual de Educação Profissional de Curitiba (Professional Education Center of Curitiba), placed in Curitiba, Paraná State, in view of it's actuation on the secondary economy's sector and due to a loan contracted from BID (Inter-American Development Bank) and the Ministry of Education. The text was built from the addition of documental researches, interviews with educators that took part in the Institute's history and the interrelation of the national and local conjunctures and the public education policies. The historical investigation was divided in three periods: 1940-1979; 1980-1995 and 1996-2000. Such historical divisions followed the changing suffered by the productive sector, the first transformation wave in the Paraná State economy in the 60's, when the State substructure begun to be built. In the 70's, when modernization in agriculture started and the CIC - Cidade Industrial de Curitiba (Industrial District of Curitiba) and the oil refinery were built, bringing new productive methods. And the 90's introduced the state economy in the globalization process. During the first period, in 1941, IPE was created, starting from the duality of the engineers-oriented and workers-oriented technical schools. At the end of the military regime, in 1979, as part from the economic growth, when technical education became priority, IPE gets its headquarters. In the second period, in 1984, occurred the intervention by the SEED - Secretaria de Estado da Educação (State Education Secretary), based on suspects of non-official relations amid companies, school and SEED. It's during this period that IPE struggles against merger with CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica (Federal Technical Education Center), in 1987. With the productive reorganization and the public policies in Paraná State (PROEM and PROEP), we have the IPE submission to these policies. IPE's long-suffering existence, showed a difficult approach with the productive sectors, coexisting with others technical schools, SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (National Industrial Learning Service) and CEFET, naturally integrated with economic-productive sectors. However, IPE showed a stronger integration with the school's neighborhoods and its students and with Curitiba's metropolitan region, as well with the productive sector itself by adapting IPE's curricula according the administration models in each historical moment.pt_BR
dc.format.extent204 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEnsino profissionalpt_BR
dc.subjectEnsino técnicopt_BR
dc.subjectEducaçao tecnológicapt_BR
dc.subjectDissertações - Educaçãopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA trajetória da educação profissional no instituto politécnico estadual, transpondo dos muros da escolapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record