Show simple item record

dc.contributor.advisorHuergo, Luciano Fernandes, 1978-pt_BR
dc.contributor.authorSanchuki, Heloisa Bruna Soligopt_BR
dc.contributor.otherValdameri, Glaucio, 1984-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências (Bioquímica)pt_BR
dc.date.accessioned2019-10-03T18:57:59Z
dc.date.available2019-10-03T18:57:59Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/63504
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luciano Fernandes Huergopt_BR
dc.descriptionCo-orientador : Dr. Glaucio Valdameript_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 17/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.description.abstractResumo: As proteínas Dps (DNA-binding protein from starved cells) formam uma subfamília particular de ferritinas. Os membros deste grupo possuem uma estrutura tridimensional comum em forma de dodecâmeros esféricos com uma cavidade central oca. Estas proteínas são capazes de armazenar na sua cavidade central ~500 átomos de ferro por dodecâmero. O centro ferro-oxidase é a assinatura mais marcante deste grupo. Ele está localizado na interface entre as subunidades adjacentes e é composto por aminoácidos altamente conservados, onde ocorre a ligação e oxidação do Fe+2 para Fe+3, seguido por sua acomodação no interior da proteína em uma forma não reativa. A proteína Dps de Campylobacter jejuni (CjDps) tem sido relatada por suas inúmeras funções, mas principalmente, por proteger o DNA de radicais hidroxila altamente tóxicos e reativos. A fim de facilitar estudos de caracterização in vitro da proteína CjDps, foi importante estabelecer um protocolo simples e reprodutível para sua purificação. Neste trabalho, foi demonstrado que a temperatura de desnaturação da proteína CjDps nativa (CjDps wt) é de 94,2°C. Esta característica foi utilizada para auxiliar no processo de purificação, estabelecendo-se um protocolo com um prévio tratamento térmico a 80°C seguido de dois passos cromatográficos. Com objetivo de melhor entender o funcionamento da CjDps, também foi utilizada a proteína CjDps H25G/H37G que possui alterações em resíduos conservados localizados no centro ferro-oxidase. Foi observado que a proteína CjDps H25G/H37G tem menor atividade de oxidação de ferro e menor capacidade de ligar metais em relação à proteína selvagem. A proteína CjDps H25G/H37G não apresentou capacidade de ligar DNA nas condições testadas sugerindo que as histidinas H25 e H37 podem ser importantes para ligação ao DNA.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The Dps (DNA-binding protein from starved cells) proteins form a particular subfamily of ferritins. All members of this group share a commum three-dimensional structure assembled forming spherical dodecamers with a hollow central cavity. These proteins are capable of storing ~500 iron atoms per dodecamer. The ferroxidase center (FOC) is the most remarkable signature of these proteins. The FOC is located at the interface between the subunits and is composed by highly conserved aminoacids that bind Fe+2 and oxidize to Fe+3, followed by the storage of the latter ion into the central cavity of the dodecamer. The Campylobacter jejuni Dps protein is related to various cellular functions, including DNA protection against the highly toxic and reactive hydroxyl radicals. In order to facilitate in vitro characterization studies of CjDps, it is important to stablish a simple and reprodutive protocol for its purification. In this study, it was determined that CjDps has a high melting temperature (94.2°C). This thermal stability was used to facilitate the purification process by the introduction of a thermal treatment at 80°C followed by two chromatographic steps. In order to better understand the function of CjDps, we employed a CjDps H25G/H37G variant, where the conserved histidines at the FOC were substituted to glycines. It was observed that the CjDps H25G/H37G variant had iron oxidation and metal binding activities reduced in comparison to the wild-type protein. This protein variant was not able to bind DNA under the conditions tested suggesting that the histidines H25 and H37 might be important for the CjDps DNA-binding activity.pt_BR
dc.format.extent65 f. : il. (algumas color.), tabs. ; 31 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectBioquímicapt_BR
dc.subjectProteínaspt_BR
dc.subjectCampylobacter jejunipt_BR
dc.titleCaracterização da proteína DPS de Campylobacter jejunipt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record