Show simple item record

dc.contributor.authorAraujo, Beatriz Pozzobon, 1991-pt_BR
dc.contributor.otherLima, Myrian Del Vecchio de, 1958-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-12-13T20:20:57Z
dc.date.available2021-12-13T20:20:57Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/63107
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Myrian Regina Del Vecchio de Limapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa : Curitiba, 06/05/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 189-197pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa se insere nos estudos de Mídia e Educação, em um momento de intensas alterações tecnológicas que condicionam e transformam o campo comunicacional de forma ampla e o jornalismo de forma particular. A partir do binômio Comunicação e Educação, entende-se o jornalismo por meio de uma abordagem construcionista e o processo educativo a partir de uma concepção freireana. O objetivo da pesquisa é compreender como o projeto de leitura de mídia Ler e Pensar se reconfigura após a desmaterialização do jornal paranaense Gazeta do Povo, base para o projeto. A edição impressa diária da Gazeta do Povo deixou de circular no dia 31 de maio de 2017, estreando uma versão impressa, em formato de revista, somente aos finais de semana, no dia 3 de junho do mesmo ano. Com a descontinuação do periódico, o Ler e Pensar migra para o digital, após 18 anos no formato impresso, o que acarreta mudanças na forma com que professores e estudantes se apropriam do conteúdo noticioso. A metodologia utilizada nesta dissertação é a hermenêutica de profundidade (HP), proposta por John B. Thompson (2011), que possibilita e congrega diferentes métodos de investigação. Em uma perspectiva prioritariamente qualitativa, a observação participante e as entrevistas semiestruturadas foram as técnicas de coleta escolhidas. Para verificação dos dados, a pesquisa utiliza a análise de conteúdo (BARDIN, 2016). Entretanto, o trabalho empírico parte de uma etapa exploratória, que consistiu na aplicação de questionários, com a finalidade de coletar dados sobre o projeto, obter informações sobre os professores, enquanto sujeitos da pesquisa, e definir as escolas a serem visitadas e os educadores entrevistados. As instituições foram escolhidas a partir de respostas qualificadas e critérios de seleção, que definiram as escolas visitadas pela pesquisadora nos meses de setembro e outubro de 2018, em um total de 14 encontros. São elas: Escola Municipal Dom Manuel da Silveira D'Elboux (bairro Hugo Lange); Escola Municipal Miguel Krug, (bairro Portão); e Escola Municipal Paulo Freire (bairro Sítio Cercado). Os resultados revelam que há possibilidades que o jornal impresso oferecia às escolas a serem reconsideradas no novo formato, que o Ler e Pensar não está consolidado no modelo digital e que as potencialidades do webjornalismo ainda são utilizadas de forma incipiente pelos educadores. Isso ocorre pelas condições de infraestrutura oferecidas nas instituições públicas, resistência dos professores e limitações do próprio projeto. Por fim, o trabalho partiu do pressuposto de que a mídia não seria analisada criticamente nas escolas por meio do Ler e Pensar. Todavia, os resultados da análise refutaram este pressuposto, visto que, não todos, mas alguns docentes levam os meios de comunicação para a sala de aula a partir de um olhar mais crítico, inclusive por meio de comparações editoriais, contribuindo na formação de leitores alfabetizados em mídia e conscientes de seu papel social perante o mundo e a comunidade em que se inserem. Palavras-chave: Comunicação e Educação. Jornalismo digital. Projeto Ler e Pensar. Gazeta do Povo. Mídia em sala de aula.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research is inserted in the studies of Media and Education, in a moment of intense technological changes that condition and transform the communication area generically and journalism in a particular way. From the binomial Communication and Education, the journalism is understood as a practice that seeks to rebuild social reality and the educative process from a Freirean conception. The objective of the research is to understand how the media reading project Ler e Pensar reconfigures, after the dematerialization of the newspaper Gazeta do Povo, the base for the project. The daily print edition of the Gazeta do Povo stopped circulating on May 31, 2017, debuting a print version, in magazine format, only on weekends on June 3 of that year. With the discontinuation of the journal, Ler e Pensar migrates to digital after 18 years in printed format, which causes changes in the way teachers and students use the news content.The methodology used in this dissertation is Hermeneutics of Depth, proposed by John B. Thompson (2011), that allows and congregates different methods of investigation. From a qualitative perspective, participant observation and structured interviews were the chosen collection techniques. For data verification, the survey uses Content analysis (BARDIN, 2016). However, the empirical work starts from an exploratory stage, which consisted of the application of questionnaires, with the purpose of collecting data about the project, obtaining information about the teachers as subjects of the research, and defining the schools to be visited and the educators interviewed.The institutions were chosen from qualified answers and selection items, which defined the schools visited by the researcher in the months of September and October of 2018, in a total of 14 meetings. They are: Dom Manuel da Silveira D'Elboux Municipal School (neighborhood Hugo Lange); Miguel Krug Municipal School (neighborhood Portão); and Paulo Freire Municipal School (neighborhood Sítio Cercado). The results show that there are possibilities that the printed newspaper offered to schools to be reconsidered in the new format, that Ler e Pensar is not consolidated in the digital model and that the potential of webjournalism is still used in an incipient way by educators.This happens because of the infrastructure conditions offered in public institutions, resistance of teachers and limitations of the project itself. Finally, the work was based on the premise that the media would not be analyzed critically in schools through Ler e Pensar. However, the results of the analysis refuted this, because, not all, but some teachers bring the media to the classroom from a more critical perspective, including through editorial comparisons, contributing to the formation of media literate studentes and aware of their social role before the world and the community in which they are inserted. Keywords: Communication and Education. Digital journalism. Ler e Pensar project. Gazeta do Povo. Media in the classroom.pt_BR
dc.format.extent1 arquivio (210 p.) : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGazeta do Povo (Jornal)pt_BR
dc.subjectJornalismo digitalpt_BR
dc.subjectComunicação e educaçãopt_BR
dc.subjectWebjornalismopt_BR
dc.subjectLeitura - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.titleAs transformações do uso do jornalismo em sala de aula : o Projeto Ler e Pensar diante da desmaterialização da Gazeta do Povo (Curitiba-PR)pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record