Show simple item record

dc.contributor.advisorCastor, Belmiro Valverde Jobim, 1942-pt_BR
dc.contributor.authorSilva Junior, Roberto Gregorio dapt_BR
dc.contributor.otherRibas, Jose Robertopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.date.accessioned2019-06-26T15:14:56Z
dc.date.available2019-06-26T15:14:56Z
dc.date.issued1993pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/60784
dc.descriptionOrientador: Prof. Belmiro Valverde Jobim Castorpt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. José Roberto Ribaspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Curso de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 99-106pt_BR
dc.description.abstractResumo: A presente dissertação apresenta os resultados de uma pesquisa, cujo objetivo básico foi a identificação dos elementos que contribuem para a concretização de alianças estratégicas em tecnologia, no caso particular das relações entre universidades e empresas, voltadas para atividades de pesquisa e desenvolvimento na área de engenharia mecânica. Os trabalhos compreenderam atividades de pesquisa bibliográfica, entrevistas e um estudo de caso, realizado no Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Santa Catarina. O referido estudo envolveu professores líderes de grupos de pesquisa e profissionais de empresas que mantem relações tecnológicas com a instituição. Através da pesquisa bibiliográfica e das entrevistas complementares envolvendo experiências nacionais e internacionais, foi possível caracterizar as seguintes dimensões e respectivos elementos de impacto para as citadas alianças: a) dimensão ambiental - políticas governamentais, demandas sociais, mercado de recursos, concorrência, novos mercados e novas tecnologias; b) dimensão estratégica - orientação para o mercado, política tecnológica, imagem institucional e intercâmbio permanente; c) dimensão estrutural - órgão de apoio, política de relacionamento, infra-estrutura e instrumentos de gestão; d) dimensão cultural e comportamental - capacidade empreendedora, capacidade de compartilhamento, clima favorável e comunicação. Por sua vez, os resultados da pesquisa realizada no DEM/UFSC, visando caracterizar a situação do relacionamento U/E em um caso voltado para P&D na área de engenharia mecânica, indicam, que os principais elementos envolvidos são os seguintes: a) para a universidade e empresas - novas tecnologias, intercâmbio permanente, infra-estrutura, capacidade empreendedora, comunicação, capacidade de compartilhamento e clima favorável; b) somente para a universidade - políticas governamentais, mercado de recursos e imagem institucional; c) somente para as empresas - orientação para o mercado.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objective of the present work is to identify elements which contribute to the formation of strategic technology alliances. In particular, it investigates the relations between universities and companies involved with research and development activities in the field of mechanical engineering. The present work has been divided in two major phases, namely: literature review and interviews, and a case study performed at the Mechanical Engineering Department of the University of Santa Catarina. The case study is performed with the participation of professors who lead research groups and company officials who maintain technological relations with the university. The literature review and the interviews include both national and international experiences, allowing for the characterization of the following dimensions and corresponding impact elements to the aforementioned aliances: a) environmental dimension - governmental policies, social demands, resource market, competition, new markets and new technologies; b) strategic dimension - market orientation, technological policies, institutional image and permanent exchange; c) structural dimension - support entity, relationship policies, basic structure and management tools; d) cultural and behavioral dimension - entrepreneurial capacity, sharing capacity, propitious environment and communication; In turn, the results of the case study seem to indicate the strong dependence of at least half of the samples on the following elements: a) to the university and the companies - new technologies, permanent exchange, basic structure, entrepreneurial capacity, communications, sharing capacity and propitious environment; b) only to the university - governmental policies, resource market and institutional image; c) only to companies - market orientation.pt_BR
dc.format.extentix, 106 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectUniversidade - Indústriapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectUniversidade e industriapt_BR
dc.subjectComunidade e universidadept_BR
dc.subjectAdministraçãopt_BR
dc.titleAlianças estratÉgicas em tecnologia : um estudo de caso nas relações universidade/empresapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record