Show simple item record

dc.contributor.advisorDuarte, Jose Hazenclevept_BR
dc.contributor.authorDuarte, Maria Eugenia Rabello, 1955-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências (Bioquímica)pt_BR
dc.date.accessioned2019-06-17T20:42:39Z
dc.date.available2019-06-17T20:42:39Z
dc.date.issued1980pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/60261
dc.descriptionOrientador: Prof. José Hazencleve Duartept_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) -Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Curso de Pós-Graduação em Bioquímicapt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 70-80pt_BR
dc.description.abstractResumo: Lectinas que aglutinam especificamente eritrócitos humanos do tipo A (lectina anti-(A)), foram isoladas de massas de ovas (MO) de B. straminea , B. tenagophila bem como de glândula de albúmen (GA) de B. straminea. Entretanto a lectina de MO de B. glabrata diferencia-se das de B. straminea e B. tenagophila por apresentar atividade hemoaglufcinante com hemácias A, B, e AB (lectina do tipo anti-(A+B)). As lectinas dos moluscos estudados não apresentaram atividade hemoaglutinante com hemácias de coelho ou de embrião de galinha. Após saturação com sulfato de amônia (0-40 e de 4_0 75% de saturação) a lectina de MO de B. straminea foi purificada por cromatografia de afinidade em coluna de Sephadex G-75 120. A proteína purificada por este método, representa 9% das proteínas totais solúveis, em solução de cloreto de sódio 0,9%. Esta fração purificada é homogênea em eletroforese em gel de poliacrilamida em pH 4,5. Eletrofocalização desta glicoproteína apresentou uma única faixa de proteína, correspondente a pH 7,6. A quantidade mínima de proteína purificada, necessária para provocar aglutinação máxima (++++) com hemácias do tipo A, foi de 77 ng. As reações de hemoaglutinação das lectinas de MO de B. straminea, B. glabrata e de GA de B. stramínea, B glabrata e B tenagophila foram fortemente estimuladas por iontes de Mg++ . Iontes Ca++ , Co++ e Mn++ não apresentavam efeito estimulador sobre a reação de hemoaglutinação das lectinas dos moluscos estudados. Estudos sobre a interação lectina - carboidrato , demonstraram que ceto- hexoses, [D-frutose , L -sorbose e D-tai gatose) são os inibidores genéricos destas lectinas.pt_BR
dc.format.extent80 f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLectinaspt_BR
dc.subjectMoluscopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectBioquímicapt_BR
dc.titleLectinas de massas de ovas de moluscos do genero Biomphalariapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record