Show simple item record

dc.contributor.authorHahn, Giselept_BR
dc.contributor.otherAquino, Arislete Dantas de, 1960-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente Urbano e Industrialpt_BR
dc.contributor.otherUniversität Stuttgartpt_BR
dc.contributor.otherSENAIpt_BR
dc.date.accessioned2019-09-02T22:47:52Z
dc.date.available2019-09-02T22:47:52Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59960
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Arislete Dantas de Aquinopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Mestrado em Meio Ambiente Urbano e Industrial, em parceria com a Universidade de Stuttgart e o Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná. Defesa : Curitiba, 31/08/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.96-109pt_BR
dc.description.abstractResumo: As auditorias de homologação são um conjunto de vários tipos de auditorias, envolvendo avaliações de requisitos legais, as quais podem centralizar-se em algum ponto específico, fazer parte de um sistema de gestão ambiental ou até mesmo serem consideradas como as auditorias de responsabilidade. Atualmente são descritos diferentes tipos de auditorias, como as realizadas em fornecedores, as focadas em questões específicas e as do sistema de gestão ambiental. As auditorias ambientais são consideradas ferramentas técnicas, utilizadas para identificar as áreas ambientalmente críticas de um processo, além de determinar a conformidade com os padrões do sistema de gerenciamento previamente estabelecidos, legislações ambientais e política ambiental da empresa. O objetivo deste trabalho foi analisar os resultados de auditorias ambientais de homologação de empresas de tratamento de resíduos sólidos que utilizam os processos de reciclagem, coprocessamento, incineração e disposição em aterros provenientes de uma indústria automobilística, geradora de aproximadamente 56.473 toneladas/ano de resíduos sólidos. Resíduos estes, classificados como sendo do tipo Classe I e Classe II. Entre os anos de 2016 e 2017 foram realizadas 29 auditorias em empresas de tratamento de resíduos sólidos, e em cada auditoria foram verificados 18 quesitos, obtendo-se assim um total de 522 quesitos. A partir da avaliação dos quesitos auditados verificou-se que as empresas de grande porte que utilizam o coprocessamento e a disposição em aterros industriais, na destinação de seus resíduos, apresentaram os melhores resultados no que diz respeito ao elevado nível de atendimento legal. Verificou-se ainda que nas empresas de reciclagem, de pequeno porte, normalmente empresas familiares, os resultados variaram de 61% a 79% no atendimento legal, apresentando ser de médio a alto risco ambiental para a empresa geradora de resíduos. Também foram avaliados os quesitos de maior criticidade para os tratamentos aplicados, sendo os mais críticos, os de solo e de água subterrânea, com um atendimento em torno de 17% nas empresas de reciclagem, 50% nas empresas de incineração e de disposição em aterros e 67% de atendimento nas empresas de coprocessamento. Palavras-chave: Auditoria Ambiental, Legislação Ambiental, Resíduos Sólidos, Indústria Automobilistica.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Approval audits are a compound of various types of audit. Audits can involve legal requirement assessments, focus on specific points or be part of an environmental management system. Different types of audits are currently described, such as those audits performed in suppliers, audits focused on specific issues and audits of the environmental management system. Environmental Audits are considered as technical tools, used to identify the environmentally critical areas of a process, formulate appropriate solutions, and determine the compliance between a pre-established management system standards, environmental laws, and the company's environmental policy. The objective of this dissertation was to analyze the results of environmental audits of solid waste treatment companies (recycling, coprocessing, incineration and landfill) from an automotive industry, which generates about 56.473 tons of solid waste (Class I and Class II )/year. Between the years 2016 and 2017, 29 audits were carried out in the solid waste treatment companies, 18 items (questions) were verified, obtaining a total of 522 items analyzed. From these analyzes, it was possible to evaluate the companies that presented the best results in the audits, such as coprocessing and landfill companies, large size companies and with a high level of legal compliance. It was possible to verify the performance of recycling companies, usually small size and family businesses companies. These companies presented results between 61% and 79% of legal compliance and representing a medium and high environmental risk for the company that generates waste. The most critical audited legal items were also evaluated among all types of treatment, such as a soil and groundwater analysis: 17% of compliance in recycling companies, 50% in incineration and landfill companies and 67% in coprocessing companies. Key-words: Environmental Auditing, Environmental Legislation, Solid Wastes, Automobilistic Industrypt_BR
dc.format.extent109 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAuditoria ambientalpt_BR
dc.subjectMeio Ambiente e Agráriaspt_BR
dc.subjectGestão ambientalpt_BR
dc.subjectResíduos sólidospt_BR
dc.titleAnálise dos resultados de auditorias ambientais de homologação de empresas de tratamento de resíduos sólidos, provenientes de uma indústria automobilísticapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record