Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Luciano, 1974-pt_BR
dc.contributor.authorSilva, Fernando Eduardo dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Exatas. Programa de Pós-Graduação em Informáticapt_BR
dc.date.accessioned2019-05-03T16:23:46Z
dc.date.available2019-05-03T16:23:46Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59950
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Luciano Silvapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Exatas, Programa de Pós-Graduação em Informática. Defesa : Curitiba, 08/02/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.53-57pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Ciência da Computaçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: Pessoas com deficiência têm dificuldade de interagir com o ambiente que vivem, devido as limitações ocasionadas pela deficiência. Atividades simples como ligar uma TV ou qualquer outro equipamento, de forma independente, pode ser impossível para esse grupo de pessoas com deficiência motora. Este trabalho apresenta um dispositivo de rastreamento ocular de baixo custo e uma ferramenta computacional para a navegação na internet por meio de sinais biológicos. Os usuários em potencial para utilização do dispositivo são pessoas com deficiências motoras leves e graves, que desejam adquirir autonomia na navegação web com a interação da ferramenta baseada no conceito de Comunicação Aumentativa e Alternativa (CAA). O sinal biológico utilizado é a Videooculografia (VOG), possibilitando a interação dos movimentos dos olhos, no qual foi obtido o rastreamento das fixações do olhar. Um ponto importante deste trabalho é a utilização de equipamentos convencionais de baixo custo e impressão 3D para a confecção da estrutura do dispositivo de rastreamento ocular, fácil manuseio e de rápida adaptação. No primeiro teste, o objetivo foi avaliar a adaptação do usuário com o dispositivo por meio do processo de calibração, comparando o tempo de finalização do processo determinado. No segundo teste, o objetivo foi avaliar a performance de cada usuário ao utilizar o teclado virtual da ferramenta computacional na digitação de uma palavra. O terceiro e último teste, visa avaliar a usabilidade (SUS) diante da perspectiva do usuário, por meio da ferramenta computacional classificada como um sistema Comunicação Aumentativa e Alternativa (CAA). Os testes foram realizados por 16 participantes, sendo 8 com deficiência motora e 8 sem deficiência. Com relação ao resultado de usabilidade, observou que os participantes obtiveram resultados dentro do esperado ou superior, logo na primeira utilização. A acuracidade do resultado pode ser melhorada à medida que o usuário passe a utilizar o dispositivo de rastreamento ocular com mais frequência. Palavras-chave: Rastreamento do Olhar, Comunicação Aumentativa e Alternativa, Interface Humano-Computador.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: People with disabilities have difficulty interacting with the environment they live, due to the limitations caused by the disability. Simple activities like connecting a TV or any other equipment, independently, may be impossible for this group of people with motor disabilities. This work presents a low cost eyepiece tracking device and computational tool for internet navigation through biological signals. Potential users to use the device are people with mild and severe motor impairments who wish to gain autonomy in web browsing with the tool interaction based on the concept of Incremental and Alternative Communication (CAA). The biological sign used is VOG, allowing the interaction of the eye movements, in which the tracking of the eye fixations was obtained. An important point of this work is the use of conventional equipment of low cost and 3D printing for the construction of the structure of the device of eye tracking, easy handling and fast adaptation. In the first test, the objective was to evaluate the adaptation of the user to the device through the calibration process, comparing the end time of the determined process. In the second test, the purpose was to evaluate the performance of each user when using the virtual keyboard of the computational tool when typing a word. The third and final test should aim to evaluate the usability (SUS) of the eye tracking device from the user's point of view, using the computational tool classified as an Incremental and Alternative Communication (CAA) system. The tests were performed by 16 participants, of whom 8 had motor deficiency and 8 had no disability. Regarding the usability result, it was observed that the participants obtained an expected or superior result at the first use. This result can still be improved as the user uses the eye tracking device more often. Keywords: Eye Tracking, Augmentative and Alternative Communication, Human-Computer Interaction.pt_BR
dc.format.extent66 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectReconhecimento de padrõespt_BR
dc.subjectCiência da Computaçãopt_BR
dc.subjectDeficientes - Educaçãopt_BR
dc.subjectInteração humano-computadorpt_BR
dc.titleRecurso de tecnologia assistiva vestível para rastreamento do olharpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record