Show simple item record

dc.contributor.advisorPerissinotto, Renato M. (Renato Monseff), 1964-pt_BR
dc.contributor.authorTokumoto, Alessandro, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Políticapt_BR
dc.date.accessioned2019-04-02T18:48:27Z
dc.date.available2019-04-02T18:48:27Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59726
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Renato Monseff Perissinottopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política. Defesa : Curitiba, 05/03/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.95-104pt_BR
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho se constitui em uma análise prosopográfica dos presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE) e do Banco Industrial de la República Argentina (BIRA), em perspectiva comparada, num recorte cronológico que se estende entre os anos de 1944-1962. O trabalho pretende partir das biografias desses indivíduos para identificar as ideologias econômicas que esses presidentes sustentavam, sob a hipótese de que esse aspecto nos ajudaria a entender as diferenças de atuação desses bancos de desenvolvimento no contexto de industrialização de Brasil e Argentina. O universo de indivíduos aqui analisado é composto por seis presidentes do BNDE e doze presidentes do BIRA. Acredita-se que as ideologias econômicas impactam na formulação dos objetivos, na delimitação dos problemas, na seleção de alternativas e na reorientação de paradigmas. Palavras chaves: burocracia econômica; elite estatal; ideologia econômica; banco de desenvolvimento; impacto das ideias.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The present work is constituted on a prosopographic analysis of the presidents of the National Bank of Economic Development (BNDE) and the Industrial Bank of the Argentine Republic (BIRA), in a comparative perspective, with a chronological cut that extends between the years of 1944-1962. The work aims to start from the biographies of these individuals to identify the economic ideologies that these presidents supported, under the hypothesis that this aspect would help us understand the differences in the performance of these development banks inside the context of industrialization in Brazil and Argentina. Our universe of individuals analysed is composed of six presidents of BNDE and twelve presidentes of BIRA. It is believed that economic ideologies affect the formulation of goals, delimitation of problems, selection of alternatives and reorientation of paradigms. Key words: economic bureaucracy; state elites; economic ideologies; development banks; impact of ideas.pt_BR
dc.format.extent138 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectBancos de desenvolvimento - Brasilpt_BR
dc.subjectCiência Políticapt_BR
dc.subjectBanco Nacional de Desenvolvimento Economico e Social (Brasil)pt_BR
dc.subjectInstituições financeiras - Brasilpt_BR
dc.subjectBancos de desenvolvimento - Argentinapt_BR
dc.titleIdeologia econômica e política creditícia : o caso dos presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE) e do Banco Industrial de la República Argentina (BIRA) (1944-1962)pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record