Show simple item record

dc.contributor.advisorLoch, João Matiaspt_BR
dc.contributor.authorNino, Claudia Monica Encisopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização MBA Gestão de Talentos e Comportamento Humanopt_BR
dc.date.accessioned2019-04-22T16:49:43Z
dc.date.available2019-04-22T16:49:43Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/59154
dc.descriptionOrientador : João Matias Loch.pt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Gestão de Talentos e Comportamento Humanopt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Partindo do processo de globalização, fenômeno acelerado nas últimas décadas devido aos avanços em tecnologia, comunicações, ciência, transporte e indústria, o presente trabalho auxilia na análise das diferenças e semelhanças entre Colômbia e Brasil, quanto aos custos e/ou despesas pagos aos trabalhadores, de forma direta e indireta, decorrentes do contrato de trabalho, conforme a legislação trabalhista de cada país. A pesquisa fornece informações conceituais e facilita o melhor entendimento da legislação trabalhista de cada país e seu impacto financeiro, tanto para o empregador quanto ao empregado para as empresas do setor terciário (também conhecido como setor de serviços). Neste setor estão englobadas as atividades de serviços e comércio de produtos. Foram analisadas as leis e definições contidas no Código Substantivo do Trabalho (CST) que contém as normas trabalhistas da Colômbia e as leis e normas do Brasil contidas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), suas modificações ou aditivos. Da mesma maneira foram estudadas fontes de cálculos e rotinas trabalhistas, todas elas com data de vigência até 30-06-2018. A partir da informação levantada foram realizados os cálculos matemáticos aplicando-se as leis de cada país para analisar diferentes faixas salariais e observar vantagens ou desvantagens para empregado e empregador. Para o desenvolvimento da pesquisa foram utilizadas as técnicas de pesquisa de caráter bibliográfico, e aplicado o método indutivo. A pesquisa bibliográfica foi realizada mediante seleção de livros que contém definições da lei e decretos da legislação trabalhista, assim como livros de aplicação para o cálculo dos valores. Foram simulados três (3) casos com valores de salário diferentes tentando abranger diferentes variações conforme o nível do salário. Da análise dos modelos dos cálculos se podem perceber as diferenças e semelhanças e o impacto financeiro das mesmas tanto para empregado e empregador. Os resultados da pesquisa apontaram vantagens para o empregado no caso um, enquanto os casos 2 e 3 se evidenciaram redução do valor líquido devido ao funcionário, sendo esta mais acentuada no caso 3 especialmente pela aplicação do desconto do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Para o empregador, nos três casos, se evidenciou maiores custos para o empregador no Brasil, diminuindo a diferença com a Colômbia no caso 3 quando recai obrigação de pagar maiores contribuições a partir de 10 salários mínimos.pt_BR
dc.format.extent90 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDireito do trabalho - Brasilpt_BR
dc.subjectDireito do trabalho - Colombiapt_BR
dc.subjectSetor terciariopt_BR
dc.titleDiferenças e semelhanças, entre a legislação trabalhista brasileira e colombiana : um estudo comparativo aplicado às empresas do setor terciáriopt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record