Show simple item record

dc.contributor.advisorRehme, Marta Francis Benevides, 1959-pt_BR
dc.contributor.authorGonçalves, Patricia Carla Zanelattopt_BR
dc.contributor.otherGuirro, Úrsula Bueno do Pradopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Pós-Graduação em Ensino Médicopt_BR
dc.date.accessioned2021-03-25T11:37:09Z
dc.date.available2021-03-25T11:37:09Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/58874
dc.descriptionOrientador : Profa. Dra. Marta F. B. Rehme Coorientador(a): Profa. Dra. Úrsula B. P. Guirropt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Curso de Pós-Graduação em Ensino Médicopt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Introdução: O OSCE (Objective Structured Clinical Examination) avalia habilidades clínicas, conhecimento, atitudes, comunicação e competências profissionais, por meio de estações previamente planejadas para a simulação de situações recorrentes no cotidiano do exercício profissional, sendo considerado o padrão-ouro na avaliação de competências médicas. Dentre estas, a competência de comunicação eficaz é fundamental para a abordagem de más notícias. Objetivo: Descrever as etapas para a elaboração de um OSCE e a sua aplicação para a avaliação da competência de comunicação de más noticias. Materiais e Métodos: As etapas descritas são o planejamento das estações, o público alvo que participará do OSCE, o conteúdo que será abordado, os recursos necessários em termos de materiais, o espaço físico que precisa ser ocupado, a relação do número de participantes e o número de salas necessárias, a estruturação das equipes de trabalho e a distribuição de tarefas, como pode ser feito o controle do tempo, uma sugestão de checklist para a execução e avaliação da estação de comunicação de más notícias baseado no protocolo SPIKES, um roteiro para o ator que interpretará o paciente simulado, as orientações para o aluno que será avaliado e interpretará o profissional simulado e a elaboração geral de uma estação para a comunicação de más notícias. Considerações Finais: O OSCE pode ser considerado como uma excelente ferramenta de avaliação e treinamento para a competência de comunicação de más notícias. O uso de um ator no papel de paciente simulado é fundamental para a estruturação da avaliação. Quanto maior o número de estações planejadas, mais fidedigna pode ser a avaliação do aluno. É adequando o treinamento prévio das equipes com antecedência, com teste das estações, do espaço físico, dos roteiros para o paciente e para o profissional, dos instrumentos de avaliação, do tempo das estações e do tempo de rodízio. Ao final da atividade, a equipe deve ser reunida e registrar os pontos adequados e aqueles que podem ser corrigidos ou melhorados.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (17 p.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.titlePasso a passo na elaboração de OSCE (Objective Structured Clinical Examination) para comunicação de más notíciaspt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record