Show simple item record

dc.contributor.advisorSegatto, Andrea Paulapt_BR
dc.contributor.authorSilva, Rodrigo Luiz Morais dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.date.accessioned2019-03-01T15:38:30Z
dc.date.available2019-03-01T15:38:30Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/58757
dc.descriptionOrientador: Andréa Paula Segattopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa : Curitiba, 17/12/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 261-283pt_BR
dc.description.abstractResumo: A inovação social vem ganhando destaque nas discussões acadêmicas e gerenciais devido ao seu potencial de gerar impacto socioambiental positivo e auxiliar na resolução de problemas complexos da sociedade. Essas características vêm motivando estudos que buscam delinear seus principais contornos e processos. Embora o número de publicações na área tenha aumentado significativamente nos últimos dez anos, ainda existem espaços para novas contribuições. O processo de inovação social, caracterizado pela forma como são desenvolvidos e implementados produtos e serviços com intencionalidade de resolver um problema social, vem sendo explorado na literatura. No entanto, ainda não há um consenso quanto às suas fases e suas principais dimensões. Além disso, ele tem sido considerado sem a participação do ambiente que o cerca. Isso entra em conflito com uma outra linha de pensamento na área que argumenta sobre a relevância dos parceiros ao longo do processo da inovação social, dada a complexidade dos problemas abordados pelas propostas no campo empírico. A partir desse cenário, em que não há um entendimento estabelecido, nem modelos que expliquem o processo de inovação social a partir das suas interações com o ambiente e os atores que o compõem, é estabelecida a lacuna teórica para a qual esse estudo busca contribuir com esclarecimentos. Dessa forma, o objetivo da presente tese é analisar como se configura o processo de inovação social a partir das diferentes parcerias estabelecidas em cada uma de suas fases no contexto brasileiro e britânico. Para isso, foi realizado, a partir da abordagem qualitativa, um estudo de casos múltiplos envolvendo três empresas sociais geradoras de inovação social no contexto brasileiro e três no contexto britânicos. Foram realizadas, ao todo, 37 entrevistas e analisados 115 documentos. Os dados foram analisados a partir das três etapas da técnica de análise de conteúdo. Os principais resultados da pesquisa foram organizados de acordo com três pontos: o detalhamento das fases que compõem o processo de inovação social, a apresentação da forma com que o fluxo dos processos ocorre e a identificação da atuação dos principais parceiros ao longo do tempo. Com isso, proposições foram desenvolvidas no intento de contribuir com o avanço da literatura na área. De forma sintética, os resultados dessa tese indicam que o processo de inovação social é composto por cinco fases (reconhecimento do problema social/ambiental, análise e proposição de soluções, implementação, busca pela mudança institucional e escalabilidade), sendo avaliado constantemente, com possibilidade de retorno entre as fases e contando com a participação de atores distintos como parceiros nas diversas etapas do processo. As contribuições teóricas se relacionam a: i) apresentação de um modelo que detalha o processo de inovação social de forma mais complexa e condizente com o campo empírico; ii) proposição de que o processo de inovação social é dependente das parcerias estabelecidas ao longo do tempo; iii) exposição de dados empíricos sobre a inovação social, ainda explorada de forma mais frequente pelo conteúdo teórico; e iv) análise de dois contextos distintos (Brasil e Reino Unido) permitindo alguns achados relacionados à forma como o governo pode influenciar o processo de inovação social ao longo do tempo. Com isso, pretende-se contribuir com a expansão do conhecimento na área para o avanço da teoria e, ao mesmo tempo, fornecendo conhecimento para o campo prático. Palavras-Chave: Inovação Social; Empresa Social; Parcerias; Parcerias intersetoriais; Brasil; Reino Unido.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Social innovation has been receiving prominence in academic and managerial discussions due to its potential to generate a positive socio-environmental impact and assist in solving complex societal problems. These characteristics have motivated studies that seek to delineate its main contours and processes. Although the number of publications in the area has increased significantly in the last ten years, there are still gaps for new contributions. The social innovation process, characterized by the manner in which products and services are developed and implemented aiming at solving a social problem, has been explored in the literature. However, there is still no consensus regarding its phases and its main dimensions. Moreover, it has been considered without the participation of its surrounding environment. This conflicts with another perspective in the area that regards the relevance of the partners throughout the process of social innovation, given the complexity of the problems addressed by the proposals in the empirical field. From this scenario, in which there is no established understanding, nor models that explain the process of social innovation based on its interactions with the environment as well as its actors, the theoretical gap is established for which this study seeks to contribute to clarification. Thus, the objective of the present thesis is to analyze how the social innovation process is configured from the different partnerships established in each of its phases in the Brazilian and British contexts. For this, a multi-case study involving three social enterprises generating social innovation in the Brazilian context and three in the British context was carried out from a qualitative approach. In all, 37 interviews were conducted and 115 documents were analyzed. The data were analyzed from the three stages of the content analysis technique. The main results of the research were organized according to three points: the detailing of the phases that compose the social innovation process, the presentation of the way in which the processes flow occurs and the identification of the actions of the main partners through time. Thus, propositions were developed in the intent to contribute to enhance the literature in the area. In a synthetic way, the results of this thesis indicate that the process of social innovation is composed by five phases (recognition of the social/environmental problem, analysis and proposition of solutions, implementation, search for institutional change and scalability), being constantly evaluated, with the possibility of returning from one phase to another and relying on the participation of different actors as partners in the various stages of the process. The theoretical contributions regard: i) presentation of a model that details the process of social innovation in a more complex way and consistent with the empirical field; ii) proposition that the process of social innovation is dependent on the partnerships established over time; iii) exposure of empirical data on social innovation, still explored more frequently by theoretical content; and iv) analysis of two distinct contexts (Brazil and United Kingdom) allowing some findings related to how the government can influence the process of social innovation overtime. Thus, it intends to contribute to expand the knowledge in this domain, to advance the theory and, at the same time, providing knowledge to the practical field. Keywords: Social Innovation; Social Enterprise; Partnerships; Cross-sector Partnerships; Brazil; United Kindgom.pt_BR
dc.format.extent304 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSistema economico - Problemas sociaispt_BR
dc.subjectAdministraçãopt_BR
dc.subjectAdministração de empresas - Aspectos sociaispt_BR
dc.titleInovação Social : um estudo a partir das parcerias desenvolvidas ao longo do seu processo em empresas sociais brasileiras e britânicaspt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record