Show simple item record

dc.contributor.advisorSecco, Rubens Correapt_BR
dc.contributor.authorSilveira, Miguel Machado dapt_BR
dc.contributor.otherMacedo, Valeria de Cássiapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2019-07-05T13:07:19Z
dc.date.available2019-07-05T13:07:19Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/58670
dc.descriptionOrientador : Prof. Rubens Seccopt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O presente relatório se propôs a demonstrar uma relação de mútuos benefícios entre áreas de atuação aparentemente conflitantes: a Defesa Nacional e o Meio Ambiente. Para atingir esse objetivo, foi realizada uma pesquisa aplicada, exploratória e quali-quantitativa, a partir de pesquisa bibliográfica e de levantamento. Sobre a primeira área, a Defesa Nacional em benefício do meio ambiente, foram verificadas a adequação das estruturas e normatizações do Ministério da Defesa e das Forças Armadas. A gestão ambiental está obtendo resultados positivos, embora necessite de maior aporte de recursos para atingir um patamar de excelência. As inúmeras e diversificadas ações identificadas evidenciam o manejo adequado dos Campos de Instrução e outras áreas militares, a integração com a sociedade que partilha dos espaços naturais, a cooperação com instituições e universidades em ações de conservação ou combate a crimes ambientais. Do ponto de vista da outra área, o meio ambiente em benefício da Defesa, foi realizada uma pesquisa por meio de questionário sobre as ações de conservação ou recuperação ambiental empreendidas por instituições ou empresas públicas ou privadas e pela sociedade em geral, ou por cidadãos em particular, que poderiam contribuir efetivamente com a Defesa Nacional. A recuperação ou conservação da vegetação, das características originais dos rios, da topografia, de dunas e recifes, podem contribuir em maior ou menor grau com a Defesa. Do mesmo modo a manutenção da qualidade da água e do solo, a exploração racional dos recursos naturais, garantirão meios que servirão às Forças na Defesa. E, ainda, a exploração sustentável dos recursos e conservação dos ecossistemas, têm poder dissuasório sobre os discursos de necessidade de ingerência em território brasileiro, por negligência em relação ao ambiente, especialmente no que se refere à Amazônia. Os mútuos benefícios entre Defesa e meio ambiente restam comprovados, cabendo ainda considerar a possibilidade de ampliação e intensificação das parcerias e cooperação sistematizadas para pesquisa, a definição de prioridades de ações de conservação ou recuperação ambientais, com a participação do ministério da Defesa e a compatibilização dos sistemas de monitoramento e imageamento por satélites de instituições civis com o Ministério da Defesa e Forças Armadas, para fins de inteligência, contribuindo para a Defesa Nacional. Fica, assim, demonstrada a compatibilidade entre Defesa e Meio Ambiente, desde que as ações estejam pautadas no conceito de sustentabilidade, com consciência, conhecimento e respeito pela vida.pt_BR
dc.format.extent44 p : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDefesa nacional - Brasilpt_BR
dc.subjectForcas Armadas - Brasilpt_BR
dc.subjectBrasil - Meio ambientept_BR
dc.subjectConservação ambientalpt_BR
dc.titleDefesa nacional e meio ambiente : Mútuos benefíciospt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record