Show simple item record

dc.contributor.advisorPauletti, Volnei, 1968-pt_BR
dc.contributor.authorGavelaki, Fabiana, 1985-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização em Projetos Sustentáveis, Mudanças Climáticas e Mercado de Carbonopt_BR
dc.date.accessioned2021-04-23T19:12:08Z
dc.date.available2021-04-23T19:12:08Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/56327
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Volnei Paulettipt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização em Projetos Sustentáveis, Mudanças Climáticas e Mercado de Carbonopt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : A biomassa que sobra das colheitas de grãos ou fibra, além de ser fonte renovável de energia, é produzida a sazonalmente e pode, num estado agrícola como o Paraná, atender a demanda energética local. No entanto, a produção desta biomassa depende da época da colheita das culturas. Esse trabalho objetivou determinar a sazonalidade da oferta de biomassa residual agrícola e do potencial energético dessa biomassa, no estado do Paraná. Para isso foram utilizados dados históricos de produtividade dos últimos 10 anos, das espécies: milho, soja, trigo, cevada, aveia branca e aveia preta. A produção de biomassa foi mais significativa para as culturas de milho e soja, correspondendo à 88% da produção total do Estado, com maior pico de produção nos meses de março, abril, junho e agosto. As culturas de inverno trigo, cevada e aveias contribuíram com uma quantidade menor de biomassa com maiores índices de produção em setembro, outubro e novembro. O potencial médio anual estimado de geração de energia elétrica utilizando a biomassa das culturas avaliadas excede à média de energia utilizada no Paraná, se considerado o uso de 100% da biomassa residual, com maior oferta nos meses de março, abril, junho e agosto. O estudo realizado comprova o grande potencial do Estado do Paraná na produção de biomassa e consequentemente de energia renovável, que pode ser gerada através de usinas termelétricas. Palavras – Chave: Agricultura. Meio Ambiente. Sustentabilidade. Energia Renovável.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (29 p.) : figs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCultivos agricolaspt_BR
dc.subjectEnergia da biomassapt_BR
dc.titleSazonalidade do potencial energético da biomassa residual agrícola no estado do Paranápt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record