Show simple item record

dc.contributor.advisorFreitas, José Antônio de, 1966-pt_BR
dc.contributor.authorHerzog, Alexandre Gustavo Michelonpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animalpt_BR
dc.date.accessioned2021-05-25T18:59:34Z
dc.date.available2021-05-25T18:59:34Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/56058
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. José Antônio de Freitaspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal. Defesa : Curitiba, 19/04/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.75-86pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Produção Animalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Dentro de um sistema intensivo de criação de ovinos é comum que se utilize exclusivamente alimentos que passaram por algum método de conservação. Isso causa a perda de alguns compostos nutricionais, como os açúcares, onde sua falta pode impactar no ambiente ruminal. Desse modo, objetivou-se avaliar o efeito da inclusão de sacarose no concentrado sobre o desempenho, comportamento ingestivo, perfil bioquímico sanguíneo e características de carcaça e dos componentes não carcaça de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 24 cordeiros machos não-castrados, mestiços Dorper, com três meses de idade e 21,6 kg de peso corporal (PC) no início do experimento. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado (DIC) com quatro tratamentos e seis repetições, onde os tratamentos foram caracterizados pela inclusão de sacarose no concentrado em níveis de 0,0; 1,5; 3,0 e 4,5% com base na matéria seca (MS). Os animais foram alimentados ad libitum durante 70 dias com dietas isoproteicas (174,7g.kg-1 de proteína bruta na MS) e isoenergéticas (670 g.kg-1 de nutrientes digestíveis totais – NDT, na MS) compostas por 40% da MS de volumoso de tifton 85 (66% forma triturada e 33% peletizado) e 60% MS de concentrado. O consumo de matéria seca (1360 g.dia-1) e o ganho médio diário (319 g.dia-1) não foram influenciados pela inclusão de sacarose no concentrado. A eficiência alimentar bruta e a conversão alimentar não diferiram entre os níveis de sacarose, apresentando valores médios de 235,3 g de ganho.kg-1 de MS e 4,57 g de MS/g de ganho. Com relação à seletividade da dieta verificou-se que, nos tratamentos 1,5 e 3,0% os animais selecionaram a dieta deixando de consumir 65 a 71% das partículas entre 19mm e 7,8mm da peneira tipo "Penn State". Não houve efeito no comportamento alimentar, bioquímica sérica, vísceras vermelhas e histologia ruminal. O peso ao abate (43,4 kg) e os pesos de carcaça quente (19,8 kg) e de carcaça fria (19,3 kg) não diferiram entre os níveis de sacarose, porém houve efeito quadrático sobre as perdas por resfriamento (PR). Os valores máximos de PR (2,76%) podem ser obtidos com a inclusão de 1,97% de sacarose no concentrado. Os pesos e rendimentos dos cortes da carcaça não foram influenciados (P > 0,05), exceto o corte de paleta, que atingiu o ponto máximo de 19,58% de rendimento a 1,5% de inclusão de sacarose. A área do olho do lombo (AOL) também não diferiu entre os níveis de sacarose, apresentando valor médio de 15,44 cm². A gordura interna sofreu efeito quadrático e atinge o ponto máximo de 1,73kg com 2,1% de inclusão de sacarose. O rúmen e retículo, omaso e intestinos sofreram efeito quadrático com pontos máximos de inclusão próximos a 2%. A inclusão de sacarose no concentrado de cordeiros em confinamento não gera benefícios nesses níveis de inclusão. Palavras-chave: açúcar, gastrointestinal, gordura, rendimentos, vísceras.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Within an intensive system of sheep farming, it is common to use exclusively foods that have undergone some method of conservation. This causes the loss of some nutritional compounds, such as sugars, where their lack may impact the ruminal environment. The objective of this study was to evaluate the effect of inclusion of sucrose on the concentrate on performance, ingestive behavior, blood biochemical profile and carcass characteristics and on the non-carcass components of finished lambs in confinement. Twenty-four non-castrated male lambs, Dorper crossbreed, three months old and 21.6 kg body weight (CP) were used at the beginning of the experiment. The experimental design was a completely randomized (DIC) with four treatments and six replications, where the treatments were characterized by the inclusion of sucrose in the concentrate at levels of 0.0; 1.5; 3.0 and 4.5% based on dry matter (DM). The animals were fed ad libitum for 70 days with isoprotein diets (174.7g.kg-1 of crude protein in DM) and isoenergetic (670g.kg-1 of total digestible nutrients - NDT in DM) composed of 40% of MS of tifton 85 voluminous (66% comminuted form and 33% pelletized) and 60% concentrated MS. Dry matter intake (1360 g.day -1) and average daily gain (319 g.day -1) were not influenced by the inclusion of sucrose in the concentrate. Crude feed efficiency and feed conversion did not differ between sucrose levels, presenting mean values of 235.3 g of gain.kg-1 of DM and 4.57 g of DM / g of gain. Regarding the selectivity of the diet, it was observed that in the treatments 1,5 and 3,0% the animals selected the diet, avoiding to consume 65 to 71% of the particles between 19mm and 7.8mm of the "Penn State" type sieve. There was no effect on dietary behavior, serum biochemistry, red viscera and ruminal histology. The slaughter weight (43.4 kg) and the warm carcass (19.8 kg) and cold carcass weights (19.3 kg) did not differ among the sucrose levels, but there was a quadratic effect on the losses due to cooling ( PR). The maximum PR values (2.76%) can be obtained with the inclusion of 1.97% sucrose in the concentrate. The weights and yields of the carcass cuts were not influenced (P> 0.05), except the palette cut, which reached the maximum of 19.58% yield at 1.5% sucrose inclusion. The loin eye area (AOL) also did not differ between sucrose levels, presenting an average value of 15.44 cm². The internal fat had a quadratic effect and reached a maximum of 1.73 kg with a 2.1% inclusion of sucrose. The rumen and reticulum, omasum and intestines had a quadratic effect with maximum inclusion points close to 2%. The inclusion of sucrose in confinement lambs' concentrate does not generate benefits at these levels of inclusion. Key words: fat, gastrointestinal, sugar, viscera, yieldpt_BR
dc.format.extent86 p. : tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSacarosept_BR
dc.subjectTabela Áreas do Conhecimento CNPqpt_BR
dc.subjectSistema gastrointestinalpt_BR
dc.titleComportamento ingestivo, desempenho e caracterpisticas de carcaça de cordeiros confinados alimentados com dietas contendo quatro níveis de sacarosept_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record