Show simple item record

dc.contributor.advisorMoraes, Milton Ferreira dept_BR
dc.contributor.authorRamos, Pedro Henrique Pachecopt_BR
dc.contributor.otherPauletti, Volneipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solopt_BR
dc.date.accessioned2018-08-24T18:43:17Z
dc.date.available2018-08-24T18:43:17Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/55979
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Milton Ferreira de Moraespt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Volnei Pauletpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo. Defesa : Curitiba, 23/02/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Qualidade, manejo e conservação do solo e da águapt_BR
dc.description.abstractResumo: Com a expansão da citricultura no país em meados dos anos 1990, novos Estados começaram a formar polos citrícolas, entre eles os estados do Paraná e de Goiás, tornando a citricultura brasileira a maior do mundo atualmente, com 74% de participação no mercado mundial. Porém, vários fatores ainda limitam a capacidade produtiva dos pomares citrícolas no país, como fatores nutricionais, pragas, doenças e anomalias de origem desconhecidas como é o caso do declínio dos citros (Citrus Blight), provocando grandes prejuízos à produção de citros. Este trabalho teve como objetivo analisar os estados nutricionais de pomares irrigados e não irrigados, nos estados de São Paulo, Paraná e Goiás, afim de compreender as particularidades dos pomares citrícolas em cada região, nas épocas de novembro, janeiro, março, maio e julho durante uma mesma safra, além de variações fisiológicas e nutricionais entre plantas com declínio dos citros e plantas sadias presentes nessas regiões. Os teores de nutrientes nas folhas de plantas sadias apresentaram a seguinte ordem C>Ca>N>K>Mg>P para os macronutrientes e Cu>Fe>B>Mn>Zn>Ni>Mo para os micronutrientes, independentemente do local de cultivo e de presença ou não de irrigação. Houve correlação entre os nutrientes C/N, P/K, P/Mg, K/Mg, K/B, Cu/B, B/Mn e Mn/Zn na maioria das propriedades analisadas. Foram realizados testes de condutância estomática, fluorescência máxima, eficiência fotoquímica máxima do Fotossistema II durante os períodos da manhã, meio dia e a tarde, além de análise nutricional foliar entre plantas com a presença de declínio dos citros e plantas sadias, sendo selecionadas plantas de um pomar comercial de laranjeira "Pera" (Citrus sinensis (L.) Osbeck) enxertada em limoeiro 'Cravo' (C. limonia Osb.), com idade média de 15 anos em cada região. As plantas com declínio apresentaram menor condutância estomática, comparadas às plantas sadias, em todos os horários e em todas as regiões, além de apresentarem uma relação Ca/K nas folhas duas vezes maiores que em plantas sadias. Palavras-chave: Avaliação do estado nutricional, Citrus sinensis, condutância estomática, diagnose foliar, eficiência fotoquímica, nutrição do citros, relação Ca/K, sinergismo entre nutrientes, testes de indexação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: With the expansion of citriculture in the country in the mid-1990s, new states began to form citrus poles, including the states of Paraná and Goiás, making the Brazilian citrus industry the largest in the world today, with a 74% participation in the world market. However, several factors still limit the productive capacity of citrus orchards in the country, such as nutritional factors, pests, diseases and anomalies of unknown origin, such as the decline of citrus (Citrus Blight), causing great damage to citrus production. The objective of this study was to analyze the nutritional status of irrigated and non - irrigated orchards in the states of São Paulo, Paraná and Goiás, in order to understand the particularities of citrus orchards in each region during November, January, March, May and July during the same crop, as well as physiological and nutritional variations between plants with citrus decline and healthy plants present in these regions. The nutrient content of leaves of healthy plants presented the following order C> Ca> N> K> Mg> P for macronutrients and Cu> Fe> B> Mn> Zn> Ni> Mo for micronutrients, doesn't matter the presence or absence of irrigation. There was a correlation between the nutrients C / N, P / K, P / Mg, K / Mg, K / B, Cu / B, B / Mn and Mn / Zn in most properties analyzed. Stomatal conductance tests, maximum fluorescence, maximum photochemical efficiency of Photosystem II during morning, afternoon and afternoon periods were performed, as well as foliar nutritional analysis between plants with the presence of citrus decline and healthy plants in commercial orange orchard "Pera" (Citrus sinensis (L.) Osbeck) grafted on 'Cravo' lemon tree (C. limonia Osb.), with an average age of 15 years in each region. The plants with decline presented lower stomatal conductance, compared to healthy plants, at all times and in all regions, besides presenting a Ca / K ratio in leaves twice as large as in healthy plants. Key-words: Evaluation of nutritional status, Citrus sinensis, stomatal conductance, foliar diagnosis, photochemical efficiency, citrus nutrition, Ca / K ratio, synergism among nutrients, indexation tests.pt_BR
dc.format.extent94 p. : il. (algumas color.), tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectFrutas citricas - Doenças e pragaspt_BR
dc.subjectCiência do Solopt_BR
dc.subjectFrutas citricas - Nutriçãopt_BR
dc.titleEstado nutricional e fisiológico de laranjeiras com e sem declínio dos citrospt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record