Show simple item record

dc.contributor.authorGasparovic, Marilia Manfredipt_BR
dc.contributor.otherRasia, Gesualda de Lourdes dos Santospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2018-06-18T23:29:21Z
dc.date.available2018-06-18T23:29:21Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/55598
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Gesualda de L. dos Santos Rasiapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 28/03/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.98-101pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estudos linguísticospt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho se propõe a analisar, à luz da Análise do Discurso de vertente francesa, o funcionamento do discurso midiático sobre o atentado ao periódico francês Charlie Hebdo e sobre a morte do menino sírio Aylan Kurdi, ambos ocorridos em 2015. Considerando que os discursos disseminados midiaticamente sobre os dois casos se repetem, em relação às palavras de ódio e preconceito, e se relacionam, no que tange aos temas que os envolvem, busca-se compreender como se constituem e se cristalizam os sentidos efetivados pelas Sequências Discursivas (SDs) extraídas do corpus, o qual é composto por três colunas opinativas que versam sobre os episódios em questão, sendo uma publicada no portal da revista Veja, de doutrina neoliberal, e duas publicadas na revista eletrônica Carta Maior, um portal de esquerda. O corpus também conta com duas charges, cujo tema é a morte do menino sírio, publicadas no próprio Charlie Hebdo. No processo analítico, atentamos às relações discursivas e históricas existentes entre a repercussão dos dois casos, bem como às interpretações possíveis de acordo com o viés ideológico, com base nas noções da AD, como formação discursiva (FD), formação imaginária, pré-construído, memória discursiva e condições de produção. Esse corpus foi constituído justamente por se tratarem de assuntos polêmicos, de relevância social, atuais e indissociáveis da historicidade e da memória discursiva, unidos, aqui, por um gesto nosso de interpretação, uma vez que os mesmos temas circundam ambos os episódios: imigração, religião, crise de refugiados, liberdade de imprensa e discurso de ódio. PALAVRAS-CHAVE: Análise do Discurso. Discurso de ódio. Aylan Kurdi. Charlie Hebdo.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This paper aims to analyze, in the light of the French school of Discourse Analysis theory, the workings of the media discourse about the attack to the French periodical Charlie Hebdo and about the death of the Syrian boy Aylan Kurdi, both occurred in 2015. Considering that the discourses which were disseminated in the media about both cases repeat themselves in regards to their words of hate and prejudice, and that they relate to each other in what concerns the themes involved, the aim is to understand how the senses produced by the Discoursive Sequences (DSs) extracted from the corpus are constituted and crystallized. The corpuscomprises three opinionionative columns that verse about the mentioned episodes, one having been published in the website of Veja, periodical of neoliberal doctrine, and other two published in Carta Maior, a left-wing electronic journal. The corpus also contains two charges about the death of the boy, published in the very Charlie Hebdo. In the analysis process, attention is paid to the discursive and historical relations found in the repercussion of those cases, as well as to the possible interpretations according to the ideological bias, based on DA notions such as discursive formation (DF), imaginary formation, preconstructed, discursive memory and production conditions. This corpus was as such constituted considering that the paper's subject is polemical, current, of social relevance and indissociable from historicity and discursive memory. The themes are linked, here, by our own gesture of interpretation, since the same themes circulate both episodes: immigration, religion, refugee crisis, freedom of press and hate speech. KEYWORDS: Discourse Analysis. Hate speech. Aylan Kurdi. Charlie Hebdo.pt_BR
dc.format.extent109 p. : il. color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCharlie Hebdopt_BR
dc.subjectJornalismo - Terrorismo - Françapt_BR
dc.subjectJornalismo - Discursos - Françapt_BR
dc.subjectJornalismo - Analise do discurso - Terrorismo - Françapt_BR
dc.titleAylan Kurdi e Charlie Hebdo : discursividades que se repetem e se modificam em histórias entrelaçadaspt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record