Show simple item record

dc.contributor.authorTominaga, Louise Bueno Lellipt_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2018-04-23T12:44:52Z
dc.date.available2018-04-23T12:44:52Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/55116
dc.descriptionOrientadora : Profa. Dra. Elizabeth Bernardinopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa : Curitiba, 04/12/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Prática Profissional de Enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: Uma adequada transição do cuidado é uma estratégia para assegurar a continuidade dos cuidados para o paciente e sua família após a alta, contribuindo na prevenção das readmissões hospitalares, complicações preveníveis, e consequentemente na redução dos custos relacionados à assistência em saúde. Uma transição de qualidade impacta na segurança do paciente que está em uma situação de mudança na sua condição de saúde, como no caso de estar em uma UTI. Faz parte da responsabilidade do enfermeiro garantir elementos que resultem em uma boa transição para o paciente, tornando-se um elo para a continuidade. O objetivo geral deste estudo é analisar o processo de transição dos pacientes da UTI para a Enfermaria de Trauma na perspectiva da continuidade do cuidado sob a ótica dos enfermeiros. Os objetivos específicos são: identificar as fases da transição e, propor os elementos para um plano de transição dos pacientes. Trata-se de um estudo qualitativo, de natureza exploratória, desenvolvido na UTI e na enfermaria de trauma de um hospital de grande porte no município de Curitiba. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, após a explicação dos objetivos do estudo aos participantes, e tiveram os áudios gravados e posteriormente transcritos, nos meses de maio a junho de 2017. Foi aplicada a técnica da vinheta antes das entrevistas e, a análise aconteceu por meio da Análise de Conteúdo Temático Categorial, com o uso do software MAXQDA® como recurso para organização dos dados. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital do Trabalhador da SESA/ PR, CAEE N° 60950516.7.0000.5225. Os participantes foram selecionados por amostragem não probabilística, e após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, totalizaram 22 participantes. O estudo foi submetido a dois testes piloto para adequação dos instrumentos do trabalho. Os resultados foram organizados em quatro categorias: Determinantes para os contextos de saída e entrada do paciente em transição da UTI para a enfermaria; Planejamento do processo de transição e continuidade do cuidado do paciente da UTI para a enfermaria; Efetivação do processo de continuidade de cuidados da UTI para a enfermaria e; Elementos facilitadores do processo de continuidade de cuidados do paciente em transição da UTI para a enfermaria. A criação de práticas profissionais que fomentem o entendimento de transição, como o planejamento de alta é elemento crucial na continuidade de cuidados, e os dados permitiram a construção de um modelo com os elementos necessários para o processo de transição do paciente e continuidade de cuidados da UTI para a enfermaria. Palavras-chave: Cuidado transicional. Continuidade da assistência ao paciente. Alta do paciente. Unidade de Terapia Intensiva.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: A proper transition of care is a strategy to ensure continuity of care for patients and their families after discharging from the hospital. Such strategy contributes to avoid hospital readmissions, preventable complications and, therefore, reduction of costs related to health assistance. An effective transition impacts on the safety of the patient who is going through changes in health conditions, such as in the case of those being in an intensive care unit. Part of the nurse's responsibility is to ensure elements which result in a good transition for the patient, what makes such role a point of connection for continuity of care. The general aim of this study is to analyze the transition process of patients from intensive care unit to trauma ward from the continuity of care-based approach and from nurses' perspective. Its specific aims are: to identify patient's transition phases and to propose elements for patient's transition plan. This is an exploratory qualitative study, carried out in an intensive care unit and trauma ward of a large hospital in the city of Curitiba, Paraná, Brazil. Data was collected from May to July, 2017, through semi-structured interviews which were recorded and transcribed after the aims of this study had been explained to participants. The vignette technique was applied before the interviews and the analysis was carried out through Theme/Category-Based Content Analysis and as a means of organizing data was used MAXQDA® software. This research was approved by the Ethics Committee for Research from the Hospital do Trabalhador of SESA/ PR, CAEE N° 60950516.7.0000.5225. Participants were selected by nonprobability sampling, totalizing 22 participants after criteria of inclusion-exclusion had been applied. This study underwent two pilot tests in order adapt work instruments. The results were organized in four categories: determinants of admission and discharge of the patient in transition from intensive care unit to ward; planning transition process and continuity of care of patient from intensive care unit to ward; implementing the continuity care process from the intensive care unit to ward and, facilitating elements of the continuity care process of patient in transition from intensive care unit to ward. Results indicate that creating professional development practices which raise the understanding of transition, such as discharge planning, is paramount for continuity of care. Moreover, data allowed to build a model with required elements for the process of transition and continuity of care of patient from the intensive care unit to ward. Key words: Care transition. Continuity of patient care. Patient's discharge. Intensive care unit.pt_BR
dc.format.extent126 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAlta do pacientept_BR
dc.subjectCuidado Transicionalpt_BR
dc.subjectUnidade de terapia intensivapt_BR
dc.subjectContinuidade da assistência ao pacientept_BR
dc.titleTransição do paciente da Unidade de Terapia Intensiva para a enfermaria na perspectiva da continuidade do cuidado : o olhar da enfermagempt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record