Show simple item record

dc.contributor.advisorJanzen, Henrique Evaldo, 1957-pt_BR
dc.contributor.authorDagios, Marcele Garbinpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2018-05-09T16:13:06Z
dc.date.available2018-05-09T16:13:06Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/55052
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Henrique Evaldo Janzenpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa : Curitiba, 25/04/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Os conceitos de Inglês como língua franca e educação intercultural no ensino de línguas são bastante difundidos pelos estudiosos no Brasil. No entanto, as aulas de inglês ainda enfrentam dificuldades nas escolas públicas, especialmente devido à falta de incentivo na formação inicial e continuada de professores na educação básica. Neste cenário, esta pesquisa estuda os processos de formação de professores de Inglês, com o foco na perspectiva intercultural de ensino de línguas e tendo como caso em estudo a formação inicial de professores que ocorre no PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência. O objetivo central desta pesquisa é saber e entender os pontos de vistas dos sujeitos envolvidos no PIBID subprojeto inglês, desenvolvido na UTFPR-PB, sobre o processo de formação intercultural do futuro professor nesse programa. O subprojeto, desenvolvido nos cursos de graduação em Letras na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, câmpus Pato Branco, foi analisado, a fim de fornecer dados empíricos. A metodologia de pesquisa qualitativa, com foco no estudo de caso (LESSARD-HÉBERT et al, 2012; e YIN, 2015), foi privilegiada. Os dados foram produzidos por meio da análise documental do subprojeto PIBID Inglês e de questionários e entrevistas com os sujeitos participantes do subprojeto (professores supervisores das escolas públicas e alunos de licenciatura em Letras) a fim de compreender seus pontos de vista e entendimentos sobre a prática docente intercultural. A análise dos dados se deu por meio da discussão sobre a perspectiva dialógica de linguagem e as visões de línguas subjacentes (BAKHTIN/VOLOSHINOV, 2004; BAKHTIN, 1993, 2003; JORDÃO, 2006), o Inglês como Língua Franca (GIMENEZ et al, 2011; JENKINS, 2007), as questões de identidade cultural (BAUMAN, 2012, 2013; BHABHA, 2005; CANCLINI, 2015; EAGLETON, 2005; HALL, 2005) a interculturalidade e o ensino intercultural da língua inglesa (ALMEIDA, 2011; JANZEN, 2005; WALSH, 2010), cultura e as relações interculturais no ensino de inglês na escola pública (DUBET, 1994; GIROUX, 2006; MAFRA, 2003). Foi constatado que as concepções de educação, ensino de línguas e interculturalidade, além de diferentes visões de língua entre os participantes do subprojeto, variam de acordo com as perspectivas dos alunos bolsistas do PIBID, e isto leva a práticas que refletem as perspectivas do professor coordenador da universidade ou do professor orientador da escola pública, além da forte presença do senso comum e da reprodução de diversas vozes discursivas na fala dos alunos bolsistas. Neste caso, a perspectiva sociológica da linguagem e da visão da linguagem como discurso muitas vezes não são privilegiadas, mas, em geral, o PIBID se configura como espaço de experiência social dos futuros professores de inglês. Por meio dos resultados da pesquisa, também foi possível identificar que o PIBID traz novas possibilidades de formação intercultural do futuro professor de inglês, e apresenta uma forma de viabilizar a perspectiva intercultural de ensino nas escolas e desenvolver a formação intercultural na formação inicial de professores. Palavras-chave: Ensino de língua estrangeira; Interculturalidade; PIBID; Formação inicial e continuada de professores de inglês.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The concepts of English as a lingua franca and intercultural education in language teaching are quite widespread by scholars in Brazil. However, English classes still face difficulties in public schools, especially due to the lack of incentive in the initial and continuing training of teachers in basic education. In this scenario, this research studies the English teacher training processes, focusing on the intercultural perspective in the process of teaching foreign languages and how the initial teacher training occurs in PIBID - Institutional Scholarship Program of Introduction to Teaching. The central objective of this research aims at understanding the opinions and point of views of PIBID English subproject participants about the process of initial intercultural training of language teachers. The PIBID English subproject, developed in the undergraduate course of English and Portuguese at the Federal University of Technology - Paraná, campus Pato Branco, was analyzed in order to provide empirical data. The qualitative research methodology, focusing on case study was privileged (LESSARD-HÉBERT et al, 2012; and YIN, 2015). Data were collected through the documentary analysis of PIBID English subproject and through questionnaires and interviews with the supervisors from the public schools and undergraduate students of English/Portuguese, in order to obtain their perceptions and understandings of intercultural teaching in PIBID. The theoretical discussion focused on the relation of concepts such as the dialogical perspective of language (BAKHTIN/VOLOSHINOV, 2004; BAKHTIN, 1993, 2003; JORDÃO, 2006), English as a Lingua Franca (GIMENEZ et al, 2011; J, 2007), (inter)cultural identity (BAUMAN, 2012, 2013; BHABHA, 2005; CANCLINI, 2015; EAGLETON, 2005; HALL, 2005), intercultural education in foreign language teaching (ALMEIDA, 2011 ; JANZEN; 2005 WALSH, 2010) and critical pedagogy and intercultural relations in public schools (DUBET, 1994; GIROUX ,2006; MAFRA, 2003). As a result, PIBID participants presented different views on the concepts of education, language teaching and interculturality, as well as different visions of language. These varied perspectives may lead to practices that reflect the coordinator's perspective or the public school supervisor, as well as the strong presence of common sense and the reproduction of several discursive voices in students' speech. In this case, the sociological perspective of language and the view of language as discourse are not often privileged. But in general, PIBID represents a space for social experience for future English teachers. Through the results of the research, it was also possible to identify that PIBID brings new possibilities of intercultural formation for the future English teacher, and it can also mediate the intercultural perspective of teaching in schools and help to develop the intercultural awareness in initial teacher training programs. Keywords: foreign language teaching; interculturality; PIBID; initial and continuing English teacher training education.pt_BR
dc.format.extent180 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectLíngua inglesa - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.titleA formação intercultural de professores de inglês no PIBID UTFPR Pato Brancopt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record