Show simple item record

dc.contributor.authorNogues, Diego Costapt_BR
dc.contributor.otherTiepolo, Liliani Mariliapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Litoral. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentávelpt_BR
dc.date.accessioned2018-04-20T12:38:47Z
dc.date.available2018-04-20T12:38:47Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/54884
dc.descriptionOrientadora : Prof. Dra. Liliani Marilia Tiepolopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa : Curitiba, 05/09/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Este trabalho teve como objetivo observar e analisar como surgiu, evoluiu e se adaptou a arte de pesca conhecida como Caceio-redondo, ou como é popularmente chamado pelos pescadores, "Caracol" na comunidade de Barrancos, Pontal do Paraná, Litoral do Paraná, Sul do Brasil, e sua interação com os grupos humanos da pesca artesanal local. O Caceio Redondo/Caracol consiste em uma estratégia voltada principalmente à captura do camarão-branco, Litopenaeus schimitti (Burkenroad, 1936). Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo-exploratório, no qual foram utilizadas como apoio técnicas como: Anotações em caderno de campo; Observação participante; Entrevistas semiestruturada e Grupo focal. A arte de pesca em questão é proibida, e, portanto, nos interessa além do histórico da prática, os fundamentos das normativas que incidem sobre a arte. Ao longo desta pesquisa surgiram informações relevantes que permitem um melhor entendimento sobre as atividades pesqueiras na comunidade. Todas as nove embarcações presentes na comunidade de Barrancos em 2017, que absorvem algo em torno de 14 pescadores, praticam o Caceio Redondo/Caracol. A introdução desta arte se deu através de pescadores do estado de Santa Catarina há cerca de 30 anos. Depois de absorvida, a prática não se manteve estática, apesar de semelhante, atualmente alguns detalhes diferenciam o petrecho. As mudanças ocorreram no petrecho em relação à sua estrutura e foram encontradas principalmente cinco, especialmente no sentido de tornar menos visível a prática, aumentar as capturas e a seletividade. Na época do defeso do camarão (meses de março, abril e maio), quando a fiscalização está mais presente, os pescadores simulam estar em outra atividade. As normativas incidem diretamente na vida da comunidade pesqueira de Barrancos e são responsáveis pelo aprisionamento a que vive a cultura da pesca, colocando-os diariamente em condições de ilegalidade e insegurança. Tais condições colaboram para a desarticulação de um modo de vida comunitário e tradicionalmente elaborado. Palavras-chave: Caceio Redondo/Caracol; Pesca Artesanal; Litoral do Paraná; Artes de Pesca; Legislação Pesqueira.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : The objective of this work was to observe and analyze how the fishing art known as Caceio-redondo emerged, evolved and adapted, or as it is popularly called by the fishermen, "Caracol" in the community of Barrancos, Pontal do Paraná, Paraná Coast, Southern Brazil, and their interaction with human groups of the local artisanal fishing. The Caceio Redondo/Caracol consists of a strategy focused mainly on the catch of white shrimp, Litopenaeus schimitti (Burkenroad, 1936). It is a qualitative study, of the descriptiveexploratory type, as well as techniques: Annotations in the field notebook; Participant observation; Semi-structured interviews and Focus group. The fishing gear in question is forbidden, and therefore we are interested beyond the history of practice the foundations of the norms that affect art. Throughout this research, relevant information has emerged that allows a better understanding of fishing activities in the community. All the nine vessels present in the community of Barrancos in 2017, that absorb something around 14 fishermen practice the Caceio Redondo/Caracol. The introduction of the gear occurred through fishermen of the state of Santa Catarina about 30 years ago. Once absorbed the practice did not remain static, although similar, currently some details differentiate the gear. The changes occurred in the gear in relation to its structure and were found mainly five, especially in the sense of making the practice less visible, increase the catches and the selectivity. At the time of shrimp closure (months of March, April and May), when the inspection is more present, the fishermen pretend to be in another activity. The regulations directly affect the life of the fishing community of Barrancos and are responsible for the imprisonment of the fishing culture, placing them daily in conditions of illegality and insecurity. Such conditions contribute to the dismantling of a traditionally elaborated community way of life. Keywords: Caceio Redondo/Caracol; Artisanal Fisheries; Paraná Coast; Fishing art; Fisheries Legislation.pt_BR
dc.format.extent73 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectxpt_BR
dc.subjectXpt_BR
dc.title"O dom da pesca" : a arte do caracol/caceio-redondo na comunidade de Barrancos em Pontal do Paraná, litoral do Paraná, sul do Brasilpt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record