Show simple item record

dc.contributor.advisorTimofeiczyk Junior, Romanopt_BR
dc.contributor.authorSilva, Vinícius Feitosapt_BR
dc.contributor.otherKalil, Ana Paula Maciel Costapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Curso de Especialização MBA em Gestão Ambientalpt_BR
dc.date.accessioned2018-10-18T20:12:57Z
dc.date.available2018-10-18T20:12:57Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/54840
dc.descriptionOrientador : Romano Timofeiczyk Juniorpt_BR
dc.descriptionCo-orientadora: Ana Paula Maciel Costa Kalilpt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Especialização em Gestão Ambientalpt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O presente estudo de caso possui como temática norteadora os resíduos sólidos produzidos no Banco do Brasil e a necessidade de se aprimorar a contabilidade do seu Índice de Pegada Ecológica, propondo-se, para tanto, a elaboração de um novo cálculo ainda mais criterioso, o Índice de Economia Circular. Atualmente a empresa divulga somente os dados referentes aos materiais coletados, reciclados e consumidos, tais como papel, combustíveis e energia, mas não registra as compras e o descarte de computadores, mobiliários e impressoras por exemplo. O foco principal é propor novas diretrizes, visando eventuais mudanças na forma como são publicados os balanços anuais sobre a Gestão Ambiental da empresa, dando maior transparência e efetividade aos números apresentados. O estudo tenciona também, conseguir um maior engajamento dos funcionários para a temática por meio de cursos de Educação Ambiental. Para isso, foram coletados dados através de entrevistas, livros, filmes, sites confiáveis na internet e visitas aos pontos de reciclagem do Banco do Brasil. O Índice de Economia Circular sugerido, tem por objetivo trazer a clareza necessária para a construção de um novo modelo para a medição dos resíduos gerados nas atividades do Banco do Brasil. Palavras-chave: Banco do Brasil. Resíduos Sólidos. Gestão Ambiental. Índice de Pegada Ecológica, Economia Circular.pt_BR
dc.format.extent28 p. : tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectResíduos sólidospt_BR
dc.subjectGestão ambientalpt_BR
dc.subjectImpacto ambientalpt_BR
dc.titleNova abordagem para cálculo dos resíduos gerados nas atividades do Banco do Brasilpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record