Show simple item record

dc.contributor.authorSchneider, Nathaliapt_BR
dc.contributor.otherZanine, Rita Mairapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Tocoginecologia Avançadapt_BR
dc.date.accessioned2020-03-05T18:44:08Z
dc.date.available2020-03-05T18:44:08Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/54121
dc.descriptionOrientadora: Profa Rita Maira Zaninept_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Curso de Especialização em Tocoginecologia Avançadapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : A redução da mortalidade decorrente do câncer cervical depende da prevenção, do diagnóstico e do tratamento das lesões precursoras e invasivas do colo uterino. Estratégias que diminuem o tempo entre a captação da paciente com suspeita de lesão e o tratamento podem ter um impacto positivo para essa redução. O presente trabalho apresenta uma revisão de literatura sobre o método "Ver e tratar", que é indicado para o tratamento das lesões escamosas de alto grau. Esse método dispensa biópsia dirigida para definir o tipo de lesão. Baseia-se exclusivamente nas alterações citológicas e colposcópicas para decidir se há necessidade, ou não, de excisão cirúrgica. Caracteriza-se por identificar a lesão colposcópica sugestiva de alto grau e tratar em um mesmo momento. O método tem demostrado boa aceitabilidade e melhor custo-benefício, quando comparado à conduta com biópsia prévia.pt_BR
dc.format.extent25 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectNeoplasias do colo uterinopt_BR
dc.titleO tratamento das lesões escamosas de alto grau baseado nas alterações citológicas e colposcópicas : o método ver e tratarpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record