Show simple item record

dc.contributor.authorGuimarães, Nelson de Almeidapt_BR
dc.contributor.otherAbib, Gustavo, 1977-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização MBA Gestão de Talentos e Comportamento Humanopt_BR
dc.date.accessioned2018-08-08T22:24:28Z
dc.date.available2018-08-08T22:24:28Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/53933
dc.descriptionOrientador : Gustavo Abibpt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização MBA em Gestão de Talentos e Comportamento Humanopt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : As empresas familiares possuem uma função de destaque na sociedade por serem uma parcela significativa dos empreendimentos do país. Nesse sentido, o escopo principal deste trabalho foi identificar as características do processo de sucessão de empresas de sucesso estudadas e realizar propostas de melhorias no processo de sucessão com base nas afirmações colhidas através de questionamentos durante as entrevistas com sucessores de cinco empresas de pequenos e médios portes já consolidadas no mercado de varejo na região metropolitana de Curitiba, a fim de minimizar possíveis erros e encontrar a melhor maneira de estruturar o processo de sucessão. Observou-se mediante entrevistas realizadas que todas as empresas tiveram dificuldades no processo de estruturação da gestão durante a sucessão (falta de experiência e habilidades do sucessor; sobreposição das questões familiares; dificuldade em delegar poder por parte do sucedido; dificuldade de aceitação do novo gestor por parte dos funcionários antigos, entre outros). Embora não haja modelo efetivo que assegure a permanência competitiva no mercado e a maximização dos lucros, perceber o processo de sucessão na gestão da empresa familiar é um passo importante para essa conquista. Nesse contexto, com base nas informações colhidas, algumas mudanças organizacionais se tornam relevantes, como a redução de conflitos de relacionamentos, formalização do processo de gestão por competências, capacitação dos gestores, estreitamento de laços familiares sem, no entanto, confundir papéis de família e empresa, adaptação da nova realidade do mercado, preparação da empresa para um futuro crescimento e chegada de novos gestores.pt_BR
dc.format.extent32 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGestão de pessoas - Empresaspt_BR
dc.subjectEmpresas familiares - Sucessãopt_BR
dc.titleSucessão familiar em empresas de varejo de pequeno porte na região metropolitana de Curitibapt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record