Show simple item record

dc.contributor.advisorCigolini, Adilar Antoniopt_BR
dc.contributor.authorTangerina, Rafael da Silvapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2018-08-07T16:42:49Z
dc.date.available2018-08-07T16:42:49Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/53659
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Adilar Antônio Cigolinipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 05/06/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : fls. 154-164pt_BR
dc.description.abstractResumo: Este estudo procurou compreender a prática e a dinâmica da prostituição de rua na região central de Curitiba - capital do estado do Paraná, pelo viés de suas espacialidades e relações socioterritoriais. Considerando o território, prioritariamente, como um conjunto de relações sociais, um campo de forças do poder espacializado, constatamos que diferentes segmentos da prostituição de rua territorializam, por certo período de tempo, ruas, praças, avenidas e um parque público cravado no centro da cidade. O trabalho de campo colocou-se como um dos pilares metodológicos, assim como a realização de entrevistas semiestruturadas junto a profissionais do sexo que atuam em diferentes grupos e territórios no centro da cidade. Por meio de uma abordagem qualitativa, utilizamos a análise de conteúdo como forma de exposição e discussão das informações. Verificamos que os diferentes segmentos da prostituição de rua criam condutas e códigos internos de ação cotidiana visando manter suas práticas atuantes e que, ao promoverem a territorialização de espaços públicos de uso livre e comum, reafirmam suas identidades por meio destes territórios, caracterizando-os como reflexo e condicionante para a reprodução das relações sociais de poder. Palavras-chave: Prostituição, espaço urbano, território, Curitiba.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study sought to understand the practice and dynamics of street prostitution in the central region of Curitiba, capital of the state of Paraná, by the bias of its spatiality and socio-territorial relations. Considering the territory, as a set of social relations, a field of forces of spatialized power, we find that different segments of street prostitution have territorialised, for a certain period of time, streets, squares, avenues and a public park centered in the center Of the city. The fieldwork has become one of the methodological pillars, as well as semi-structured interviews with sex workers who work in different groups and territories in the city center. Through a qualitative approach, we use content analysis as a form of exposure and discussion of information. We have verified that the different segments of street prostitution create conduits and internal codes of daily action so that it is possible to keep their practices active and that by promoting the territorialization of public spaces of free and common use reaffirm their identities through these territories, Characterizing them as a reflex and conditioning for the reproduction of social relations of power. Keywords: Prostitution, urban space, territory, Curitiba.pt_BR
dc.format.extent180 f. : il. algumas color., mapas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectEspaço em geografiapt_BR
dc.subjectTerritorialidade humanapt_BR
dc.subjectProstituiçãopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titlePor dentro da batalha : especialidades e relações socioterritoriais da prostituição de rua no Centro de Curitibapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record