Show simple item record

dc.contributor.advisorMontiani-Ferreira, Fabianopt_BR
dc.contributor.authorWerner, Julianapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterináriaspt_BR
dc.date.accessioned2018-04-24T11:52:49Z
dc.date.available2018-04-24T11:52:49Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/53494
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Fabiano Montiani-Ferreirapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 31/03/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências ao final de cada capítulopt_BR
dc.description.abstractResumo:Os estudos, investigações e publicações sobre as alterações clínicas e histopatológicas das doenças que afetam as pálpebras de cães são muito escassos. Isso provavelmente se deve ao fato de as pálpebras serem estruturas que pertencem à área de atuação comum a duas especialidades médicas: a dermatologia e a oftalmologia, não se encaixando completamente em nenhuma delas. Tanto os dermatologistas não se sentem confortáveis em tratar de uma área que pertence ao olho; quanto os oftalmologistas, hesitam em abordar uma região tão ligada à dermatologia. Certamente o diagnóstico e consequente tratamento exitoso das afecções palpebrais exige conhecimentos sólidos de cada umas dessas especialidades. Assim sendo, estudos mais aprofundados e específicos das alterações patológicas palpebrais e que incluam conhecimentos e experiências das duas especialidades têm grande relevância no desenvolvimento da clínica veterinária de pequenos animais. Além disso, é importante que aqueles responsáveis pelo diagnóstico histopatológicos das alterações palpebrais, os patologistas, sejam apresentados a essa área de intersecção de especialidades e, uma vez habituados e conhecedores dela, tornem-se aliados dos oftalmologistas e dermatologistas no diagnóstico das afecções palpebrais. A presente tese de doutorado está dividida em dois capítulos. O primeiro capítulo trata-se de um estudo retrospectivo de 290 casos de adenomas e epiteliomas da glândula tarsal em cães. Nele determina-se a frequência destas neoplasias palpebrais em dois laboratórios de Patologia Veterinária que recebem amostras de todo o Brasil. Além disso, discutem-se os aspectos histopatológicos dessas duas neoplasias e propõe-se uma nova forma de diferenciação entre elas. Este estudo deu origem a um artigo publicado no periódico Brazilian Journal of Veterinary Pathology. O segundo capítulo avalia os achados histopatológicos e imuno-histoquímicos das lesões despigmentantes das pálpebras de cães. O estudo sugere que a despigmentação palpebral acompanhada do padrão histopatológico de dermatite de interface é uma manifestação localizada do lúpus eritematoso discoide. Além disso, o demonstra que o lúpus eritematoso discoide localizado pode ser restrito às pálpebras de cães e propõe o termo blefarite lupoide para essa manifestação. O estudo também avaliou a expressão da proteína p53 nas pálpebras despigmentadas com dermatite de interface. A correlação entre a expressão da proteína p53 com a presença de dermatite de interface em pálpebras despigmentadas pode ajudar no entendimento dos mecanismos das dermatopatias que levam à despigmentação, resultando em diagnósticos e prognósticos mais precisos. Esse artigo será publicado em periódico direcionado a clínicos veterinários dermatologistas ou oftalmologistas. Palavras-chave: pálpebra, adenoma, epitelioma, dermatite de interface, blefarite lupoide, p53.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Studies, investigations and publications about clinical and histopathological alterations of diseases affecting the eyelids in dogs are very scarce. This is probably because the eyelids are structures belonging to an area common to two medical fields: dermatology and ophthalmology, and do not totally fit into neither. Dermatologists usually do not feel confident to treat an area belonging to the eye; and ophthalmologists hesitate to approach an area so connected to dermatology. Certainly, the diagnosis and consequent successful treatment of palpebral conditions demand solid knowledge from each of these specialties. Therefore, it is clear the need of deeper and more specific studies of palpebral diseases including knowledge and experience from both specialties. Besides, it is important that the pathologists themselves should be more familiar with this intersection area of specialties and make the connection between ophthalmologists and dermatologists in the diagnosis of eyelid diseases. The present doctorate thesis was divided into two chapters. The first one is about a retrospective study of 290 cases of adenomas and epitheliomas of the tarsal gland in dogs. In this chapter, the frequency of these eyelid neoplasias was determined in two Veterinary Pathology laboratories that receive samples from all over Brazil. Besides, the histopathological aspects of both neoplasias have been discussed and a new form of differentiation between them has been proposed. This study gave origin to an article published in the Brazilian Journal of Veterinary Pathology. The second chapter evaluates the histopathological and immunohistochemical findings on the depigmenting lesions in eyelids of dogs. The study suggests that depigmented eyelids with interface dermatitis are, in fact, a clinical manifestation of localized discoid lupus erythematosus. Besides, the study demonstrates that localized discoid lupus erythematosus can be restricted to the eyelids of dogs and proposes the term lupoid blepharitis for those cases. The expression of p53 protein in depigmented eyelids with interface dermatitis also was investigated. The results of this study may help to better understanding of the mechanisms behind the disorders that lead to depigmentation, resulting in more precise diagnosis and prognosis. The manuscript will be published in a periodical with the focus directed to veterinary clinicians specialized in dermatology or ophthalmology. Keywords: eyelids, adenoma, epithelioma, interface dermatitis, lupoid blepharitis, p53.pt_BR
dc.format.extent51 f. : il., algumas color., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languageInglêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectMedicina veterináriapt_BR
dc.subjectPálpebras - Doençaspt_BR
dc.subjectCão - Doençaspt_BR
dc.subjectTumores em animaispt_BR
dc.titleAvaliação histopatológica de afecções palpebrais selecionadas em cães : investigando a interseção da dermatopatologia com a oftalmologia veterinária = Histopathological evaluation of selected palpebral diseases in dogs: investigation of th intersection between veterinary dermatopathology and opthalmologypt_BR
dc.title.alternativeHistopathological evaluation of selected palpebral diseases in dogs: investigation of th intersection between veterinary dermatopathology and opthalmologypt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record