Show simple item record

dc.contributor.advisorCosta, Hiltonpt_BR
dc.contributor.authorRosa, Solange Aparecidapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Coordenadoria de Integração de Políticas de Educação a Distância. Curso de Especialização em Educação das Relações Étnico-Raciaispt_BR
dc.date.accessioned2019-09-27T15:33:09Z
dc.date.available2019-09-27T15:33:09Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/51459
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Hilton Costapt_BR
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Curso de Especialização em Educação nas Relações Étnico-Raciaispt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O discurso sanitarista e higienista, que tem como base a eugenia galtoniana, estiveram imersos nas políticas em diferentes instâncias do Estado brasileiro até meados do século XX. Tais discursos interferiram nas políticas sociais, principalmente, na educação, saúde e urbanismos nos grandes centros, visando construção de uma nação moderna, civilizada e branca, rumo ao progresso. Esta pesquisa procurou, então, analisar a tendência eugenista no pensamento sócio racial brasileiro vigente na primeira república, especialmente, na educação, e buscou identificar a existência de políticas sanitaristas e higienistas na legislação educacional do Paraná. As fontes utilizadas foram as bibliografias sobre sanitarismo, higienismo e eugenismo. Na análise documental utilizou-se as bases eletrônicas do Arquivo Público do Paraná e para compor a parte de fundamentação fez necessário utilizar estudos da área da sociologia e da saúde; o referencial de análise partiu do conceito de ideologia Thompsiano. Como base na análise da fonte primária foi possível identificar termos como "conselhos hygienicos", "educação hygienica", "hygiene escolar" na legislação paranaense e outras formas discursivas. Isso possibilitou inferir que dentro do contexto da época tendências da educação sanitarista, higienista e até mesmo "educação eugênica" foram alicerçados por concepções e interesses eugênicos e a complacência do Estado visava o interesse da elite intelectual e política do momento histórico estudado que influenciaram as políticas no Paraná. Esse contexto resultou numa política educacional que silenciava o grupo étnico racial negro na medida em que se buscava a civilidade por meio da educação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : The sanitarian and hygienist discourse, which is based on the galtoniana eugenics, were immersed in policies at different levels of the Brazilian State until the mid-twentieth century. Such speeches interfere in social policies, especially in education, health and urbanism in the major centers, aiming at building a modern, civilized and white nation towards progress. This research sought to then analyze the eugenic tendency in thought current Brazilian racial partner in the first republic, especially in education, and sought to identify the existence of sanitary policies and hygienists in the educational legislation of Parana. The sources used were the bibliographies on sanitarism, hygienism and eugenics. Documental analysis we used the electronic databases of Paraná Public Archives and to form part of reasoning was necessary to use studies of the field of sociology and health; the analytical framework set out the concept of Thompsiano ideology. Based on the analysis of the primary source was possible to identify terms such as "Hygienicos advice", "sanitary education" and "school hygiene" in Paraná legislation and other discursive forms. This made it possible to infer that within the context of the time trends of sanitary education, hygienist and even "eugenic education" were substantiated by concepts and eugenic interests and complacency of the state aimed at the interests of the intellectual elite and historical moment of political studied influencing policies Parana. This context has resulted in educational policy that silenced the black racial ethnic group as it sought civility through education.pt_BR
dc.format.extent71 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectRelações etnicaspt_BR
dc.subjectHigiene escolarpt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleEducação higiênica : alguns apontamentos sobre a questão nas primeiras décadas do século XX no Paranápt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record