Show simple item record

dc.contributor.authorMachado, Celina Angélica Mattospt_BR
dc.contributor.otherKalinke, Luciana Puchalskipt_BR
dc.contributor.otherGuimarães, Paulo Ricardo Bittencourt, 1967-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2017-12-06T15:25:11Z
dc.date.available2017-12-06T15:25:11Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/51242
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Luciana Puchalski Kalinkept_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Paulo Ricardo Bittencourt Guimarãespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 16/08/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f.73-88pt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo desta dissertação foi avaliar a qualidade de vida dos pacientes adultos oncológicos submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas durante o período de hospitalização e organizar recomendações de enfermagem em formato de livro frente às alterações na qualidade de vida encontradas no decorrer da pesquisa. A dissertação foi elaborada em duas etapas: a primeira tratou-se de um estudo quantitativo, observacional e analítico, realizado em hospital público do sul do Brasil, referência para esta modalidade de tratamento, com 55 participantes adultos com câncer hematológico, que se submeteram a esta terapia. A coleta de dados ocorreu entre setembro de 2013 e novembro de 2015, com avaliações realizadas nas etapas basal (antes de iniciar o condicionamento), pancitopenia entre dias D+5 e D+10 pós-infusão das células-tronco hematopoéticas e na etapa pré-alta hospitalar (quando se dá a "pega" medular). Foram caracterizados o perfil sociodemográfico e clínico dos participantes e aplicados os questionários de avaliação de qualidade de vida, Quality of life Questionnaire Core 30 e Functional Assessment of Câncer Therapy - Bone Marrow Transplant, ambos traduzidos, adaptados e validados para o português - Brasil. Na segunda etapa foi organizado um livro com recomendações de Enfermagem. Os resultados demonstraram que a média de idade e o diagnóstico para o transplante de células-tronco hematopoéticas autólogo foi 45 anos com diagnóstico de mieloma múltiplo e para o transplante de células-tronco alogênico foi de 31 anos com diagnóstico de leucemia. Os resultados obtidos com o questionário Quality of life Questionnaire Core 30 demonstraram que o paciente considera sua qualidade de vida geral boa ao iniciar o tratamento, porém ao perpassar pelo período de pancitopenia há queda significante dos valores em todos os domínios avaliados, escala funcional e escala de sintomas, o que demonstra insatisfação com a qualidade de vida, exceto para a função emocional. Na avaliação com o Questionário Functional Assessment of Câncer Therapy - Bone Marrow Transplant foi observado que os domínios bem-estar físico, bem-estar funcional, preocupações adicionais, índice de avaliação de resultado de tratamento, functional assessment of câncer therapy geral e qualidade de vida geral, apresentaram médias significativamente menores no período de pancitopenia em relação ao basal com gradativa melhora no período pré-alta hospitalar exceto para bem-estar social e familiar que não apresentou melhora no período pré-alta e bem-estar emocional que teve pequena elevação dos escores no período de pancitopenia e na etapa pré-alta, corroborando com os dados obtidos do questionário Quality of life Questionnaire Core 30. A presente pesquisa conclui que o transplante de células-tronco hematopoéticas altera a qualidade de vida durante as etapas de avaliação para ambas as modalidades. No entanto, ao comparar as duas modalidades estas não diferem significativamente, com exceção do item dor, maior entre os pacientes alogênicos na etapa Pancitopenia. Cabe ao enfermeiro realizar o levantamento das alterações decorrentes do tratamento e propor recomendações e intervenções de enfermagem que tenham como objetivo a promoção da melhora da qualidade de vida destes pacientes. Frente aos resultados encontrados decorrentes da pesquisa elaborou-se em colaboração com outros autores o livro intitulado "Enfermagem Oncológica: Recomendações com ênfase na Qualidade de Vida". Palavras-chaves: Qualidade de vida. Transplante de células-tronco hematopoéticas. Enfermagem oncológica. Hospitalização.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The goal of this study was to assess the quality of life (QOL) of oncologic adult patients who underwent hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) during their hospitalization period and to arrange nursing recommendations in a book design due the changes in the QOL observed during the research. The research was elaborated in two stages: the first was a quantitative, observational and analytic study performed in a public hospital in the South of Brazil, a reference for this kind of treatment, with 55 adult participants with hematologic cancer, who underwent this therapy. The data collection occurred between September 2013 and November 2015, and the evaluations were performed during the basal (before the conditioning), pancytopenia (between days D+5 and D+10 after hematopoietic stem cell infusion) and hospital pre-discharge (when the engraftment occurs) periods. It was featured the sociodemographic and clinical profile of the participants and two questionnaires were applied to assess QOL, Quality of life Questionnaire Core 30 and Functional Assessment of Cancer Therapy - Bone Marrow Transplant, both translated, adapted and validated to Brazilian Portuguese. In the second part of the research, a book with nursing recommendations was compiled. The results have shown that the mean age and the diagnostic for the autologous HSCT was 45 years with multiple myeloma diagnosis and for the allogenic HSCT it was 31 years with leukemia diagnosis. The results obtained with the Quality of life Questionnaire Core 30 have demonstrated that the patient considers his Global QOL as good in the beginning of the treatment; however, during the pancytopenia period there is a significant decrease in all the assessed domains, functional and symptoms scale, which demonstrates dissatisfaction with QOL, except for the emotional function. The Functional Assessment of Cancer Therapy Questionnaire - Bone Marrow Transplant has demonstrated that the physical and functional well-being, additional concerns, treatment result evaluation index, global functional assessment of cancer therapy and global QOL domains, have shown significantly smaller means during pancytopenia compared to the basal, with a gradual improvement during pre-discharge, except for social and familiar well-being which did not improve during pre-discharge, and emotional well-being whose scores were a little higher during pancytopenia and pre-discharge periods, corroborating the data from Quality of life Questionnaire Core 30. The present research has concluded that the HSCT changes the QOL during the periods assessed for both types of HSCT. However, when we compare the two types, they do not significantly differ, except for pain, higher among patients who underwent allogenic HSCT during pancytopenia. It is the nurse role to perform the survey of the changes that happen due the treatment and to propose nursing recommendations and interventions which may promote QOL improvement. The results achieved with this research allowed, in collaboration with other authors, the elaboration of the book "Oncologic Nursing: recommendations emphasizing on QOL". Kew-words: Quality of Life. Hematopoietic Stem Cell Transplantation. Oncologic Nursing. Hospitalizationpt_BR
dc.format.extent111 f. : il., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectQualidade de vidapt_BR
dc.subjectCélulas-troncopt_BR
dc.subjectEnfermagem Oncológicapt_BR
dc.subjectHospitalizaçãopt_BR
dc.titleAlterações na qualidade de vida dos pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas no período de hospitalizaçãopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record