Show simple item record

dc.contributor.authorBughay, Josianept_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherFigueiredo, Karla Crozetapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2017-12-06T14:44:51Z
dc.date.available2017-12-06T14:44:51Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/51233
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Elizabeth Bernardinopt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Profª Drª Karla Crozeta Figueiredopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 02/08/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f.70-78pt_BR
dc.description.abstractResumo: Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem quanti-qualitativa, que teve como objetivo geral elaborar um instrumento de coleta de indicadores de segurança para o gerenciamento do cuidado de enfermagem em UTI, e como objetivos específicos: listar os indicadores mensurados pela equipe multiprofissional nas UTIs; identificar indicadores de segurança relacionados ao cuidado de enfermagem; categorizar os indicadores; hierarquizar os indicadores e definir os indicadores que serão trabalhados prioritariamente para o gerenciamento do cuidado de enfermagem. Foi realizada de setembro de 2016 a fevereiro de 2017, em um hospital de trauma cujos participantes foram 25 enfermeiros que trabalham atualmente ou já trabalharam nestas Unidades de Terapia Intensiva. A pesquisa teve três etapas: Na primeira etapa foi realizada análise dos documentos das Unidades de Terapia Intensiva, realizado comparação com os indicadores dos protocolos de segurança do Paciente do Ministério da Saúde e categorizados em: infecção, queda, lesão por pressão, identificação e outros; na segunda etapa foi aplicado aos enfermeiros um questionário com a lista de indicadores definida na Etapa um, para marcarem por meio de Escala de Likert o nível de concordância para cada indicador. Na terceira etapa foi realizado um grupo focal, com apresentação aos participantes da lista de indicadores resultantes do ranqueamento da Etapa dois. Como resultados da etapa um, foram extraídos 47 indicadores de Enfermagem. Na etapa dois, os indicadores foram classificados por valor atribuído. Na etapa três do grupo focal emergiram três temas principais, e por meio da análise destes temas, foi possível elencar e confirmar os indicadores de segurança relevantes para os enfermeiros. A organização dos indicadores de segurança, a determinação do seu conteúdo pelo consenso, a uniformização da coleta de dados, e a pontuação de algumas particularidades das categorias dos indicadores, permitiram elaborar um instrumento de coleta de indicadores. Como contribuição para o serviço, além das discussões e da facilidade de reorganização da coleta de indicadores, tem implicações diretas no processo de trabalho do enfermeiro e da gestão do hospital, que poderá se valer desses dados para tomadas de decisões estratégicas. A aplicação desses indicadores, em outras UTIs, possibilitará a comparabilidade interna e externa das instituições com relação aos seus processos de trabalho, podendo vir a ocasionar uma melhor avaliação dos serviços assim como decisões mais assertivas. Como experiência pessoal, houve ganho no aprendizado sobre o tema segurança do paciente, incitando momentos de reflexão em relação não só a obrigatoriedade das políticas públicas e a realidade profissional atual e suas dificuldades, quanto às exigências legais exigidas pelo Plano Nacional de Segurança do Paciente. Palavras-chaves: Segurança do paciente. Indicadores de segurança. Gerenciamento de Segurança. Unidade de terapia intensiva. Enfermagem.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: this is a descriptive, exploratory, quantitative-qualitative study which it general objective was to elaborate an instrument to collect safety indicators for the management of nursing care in the icu, and as specific objectives: to list the indicators measured by the multiprofessional team in the icus; identify safety indicators related to nursing care; categorize indicators; arrange and determine the indicators that will be worked primarily for the management of nursing care. it was performed from september 2016 to february 2017 in a trauma hospital whose participants were 25 nurses who currently work or have already worked in these intensive care units. the first step was to analyze the documents of the intensive care units, they were compared to the indicators of the ministry of health's patient safety protocols and categorized as: infection, fall, pressure injury, identification, and others ; in the second stage, a questionnaire was applied to the nurses with the list of indicators defined in step one, to mark by means of likert scale the level of agreement for each indicator. in the third stage, a focus group was held, with participants being presented with the list of indicators resulting from the ranking of step two. as a result of stage one, 47 nursing indicators were extracted. in step two, the indicators were classified by attributed value. in stage three of the focus group, three main themes emerged, and through the analysis of these themes, it was possible to list and confirm the relevant safety indicators for nurses. the organization of safety indicators, the determination of their contents by consensus, the standardization of data collection, and the punctuation of some particularities of the categories of indicators, allowed the elaboration of an instrument for the collection of indicators. as a contribution to the service, besides the discussions and the ease of reorganization of the collection of indicators, it has direct implications in the nurses' work process and hospital management, which may use these data for strategic decision making. the application of these indicators in other icus will allow the internal and external comparability of the institutions in relation to their work processes, which may lead to a better evaluation of services as well as more assertive decisions. as personal experience, there was a gain in learning about patient safety, encouraging moments of reflection regarding not only the mandatory public policies and the current professional reality and its difficulties, but also the legal requirements required by the national patient safety plan. key-words: safety indicators. patient safety. security management. intensive care unit.pt_BR
dc.format.extent91 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectSegurança do pacientept_BR
dc.subjectUnidade de terapia intensivapt_BR
dc.titleInstrumento de coleta de indicadores de segurança do paciente em Unidade de Terapia Intensiva na perspectiva dos enfermeirospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record