Show simple item record

dc.contributor.advisorGraf, Hanspt_BR
dc.contributor.authorSuss, Shirlei Kugler Aiçar dept_BR
dc.contributor.otherVaisman, Fernandapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Medicina Internapt_BR
dc.date.accessioned2017-10-31T19:52:57Z
dc.date.available2017-10-31T19:52:57Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/49432
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Hans Grafpt_BR
dc.descriptionCoorientadora : Profª. Drª. Fernanda Vaismanpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna. Defesa : Curitiba, 15/09/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 36-39pt_BR
dc.description.abstractResumo: Objetivo: Avaliar retrospectivamente os desfechos clínicos de pacientes com carcinoma diferenciado de tireoide de risco baixo e intermediário tratados com tiroidectomia total (TT) e não submetidos à ablação de remanescente tireoidianos (ART) e compará-los com pacientes que receberam baixa atividade de radioiodo (RAI) (30 mCi). Avaliar o comportamento da tireoglobulina (Tg) em ambos os grupos de pacientes. Material e métodos: Foram analisados 189 pacientes com câncer diferenciado de tireóide (CDT) tratados com TT seguida ou não de 30mCi de RAI para ART em dois centros de referência no Brasil. Resultados: Dos 189 pacientes, 68,8% eram de baixo risco pela classificação da American Thyroid Association (ATA), 30,6% de risco intermediário e 0,6% de alto risco. Oitenta e sete pacientes foram submetidos a ART e 102 não. Os pacientes do grupo submetido à ART tenderam a ser mais jovens e tiveram uma maior frequência de extensão extra-tireoidiana (EET). A ART não teve impacto na resposta à terapia inicial nem em pacientes de baixo (p=0,24) nem em pacientes de risco intermediário (p=0,46). Também não teve impacto no resultado final, a maioria dos pacientes apresentou-se sem evidência de doença (SED) no final do seguimento. A recorrência/persistência da doença foi encontrada em 1,2% do grupo ART e 2% em pacientes tratados apenas com TT (p=0,59). Conclusões: O estudo mostra que, em pacientes de baixo e intermediário risco, ART com 30 mCi não ofereceu benefício em relação aos pacientes não submetidos à ART, em relação à resposta à terapia inicial em cada grupo de risco analisado e também em relação à resultados a longo prazo. Uma resposta excelente ao tratamento pôde ser confirmada pelos valores iniciais e pela tendência da Tg, analisados como preditores de seguimento livre de doença. Palavras-chave: Carcinoma de tireoide - Ablação com radioiodo - Baixa atividade - Tendência tireoglobulinapt_BR
dc.description.abstractAbstract: Objective: To retrospectively evaluate the outcomes of patients with low and intermediate risk thyroid carcinoma treated with total thyroidectomy (TT) and who did not undergo radioiodine remnant ablation (RRA) and to compare them to patients receiving low dose of iodine (30 mCi). To evaluate the thyroglobulin (Tg) behavior in both groups of patients. Materials and methods: A total of 189 differentiated thyroid cancer (DTC) patients treated with TT followed by 30 mCi for RRA or not followed in two references centers in Brazil were analyzed. Results: From the 189 patients, 68.8% was ATA low-risk, 30.6% intermediate and 0.6% high risk. Eighty-seven patients underwent RRA and 102 did not. The RRA groups tended to be younger and had a higher frequency of extra-thyroidal extension (ETE). RRA did not have and impact on response to initial therapy neither in low (p=0.24) nor in intermediate risk patients (p=0.46) It also had no impact on final outcome and most patients had no evidence of disease (NED) at final follow-up .Recurrence/persistence of disease was found in 1.2% of RRA group and 2% in patients treated only with TT (p=0.59). Conclusions: Our study shows that in low and intermediate-risk patients, RRA with 30 mCi seems to have no major advantage over patients who did not undergo RRA regarding response to initial therapy in each risk group and also in long term outcomes. An excellent response to treatment could be confirmed by the initial values and trend of Tg, analyzed as predictors of disease-free follow-up. Keywords: Thyroid carcinoma - Radioiodine ablation - Low activity - Trend of Thyroglobulinpt_BR
dc.format.extent65 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectClínica médicapt_BR
dc.subjectNeoplasias da glândula tireóidept_BR
dc.subjectTireoglobulinapt_BR
dc.subjectRadioisótopos do iodopt_BR
dc.titleDesfechos clínicos em pacientes com câncer diferenciado de tireoide com tireoidectomia total e 30 mCi de iodo radioativo versus pacientes tratados apenas com tireoidectomia totalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record