Show simple item record

dc.contributor.advisorBolzón de Muñiz, Graciela Inéspt_BR
dc.contributor.authorSilva, José Reinaldo Moreira dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-03T17:40:34Z
dc.date.available2013-06-03T17:40:34Z
dc.date.issued2013-06-03
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/490
dc.description.abstractA atual situação da indústria madeireira e principalmente a discriminação ao uso da madeira do eucalipto sob a forma sólida, está baseado na falta de conhecimentos aprofundados sobre o processo de como trabalhar corretamente esse material. É preciso conhecer a estrutura da madeira e os parâmetros de usinagem para entender suas relações, que proporcionam os bons resultados tanto em qualidade quanto em rendimento. Frente a essa abordagem, o presente trabalho visou coletar as variações no sentido medula-casca das operações de usinagem, a aderência do verniz e as propriedades anatômicas, físicas e químicas. A madeira utilizada foi de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden proveniente de plantio comercial da Klabin fabricadora de papel e celulose S.A., com 24 anos de idade. Os dados foram avaliados separadamente através das análises de variância e testes de médias. Após, executou-se as correlações de Pearson entre as operações de usinagem e as aderências com as outras propriedades estudadas. Foram encontrados seis diferentes modelos de variação da medula para a casca. Para as operações de usinagem, pôde-se concluir que as atuais condições de corte foram consideradas insuficientes para apresentar melhores qualidades das superfícies, podendo frisar as baixíssimas velocidades de corte, que geraram pré-clivagem. Contudo, em termos de qualidade, o Eucalyptus grandis apresentou resultados satisfatórios, mas inferiores ao mogno e imbuia. A utilização de operações como a moldura no topo (corte 90º-90º), moldura axial "parada” (corte 90º-0º) e perfilagem axial sinuosa com faca plana (corte 90º-0º, contra as fibras) permitem, realmente, apreciar a usinabilidade da madeira, pois a madeira é usinada sob drásticas condições, podendo mostrar seu verdadeiro potencial.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf text/plainpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectUsinagempt_BR
dc.subjectEucalyptus grandispt_BR
dc.subjectMadeira - Propriedadespt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleRelaçoes da usinabilidade e aderência do verniz com as propriedades fundamentais do Eucalyptus grandis Hill ex. Maidenpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record