Show simple item record

dc.contributor.advisorCaballero Nunez, Blas Enriquept_BR
dc.contributor.authorKureski, Ricardopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-05-21T19:10:10Z
dc.date.available2013-05-21T19:10:10Z
dc.date.issued2013-05-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/489
dc.description.abstractEsta tese tem por objetivo principal estabelecer, numa primeira aproximação, utilizando a Matriz de Contabilidade Social do Paraná de 1998, a importância da indústria de base florestal nos impactos totais (direto, indireto e induzido) sobre a ocupação e a renda da economia do Paraná, em decorrência da variação da demanda final. Para atingir esse objetivo, foi necessária a construção primeiramente da Matriz de Relações Intersetoriais por meio da regionalização da matriz brasileira. Com a Matriz de Relações Intersetoriais paranaense e dados referentes a pagamento de impostos e transferências do governo federal e estadual acrescidos de informações de renda e pessoal ocupado da Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar, constituiu-se a Matriz de Contabilidade Social do Paraná. Foram calculados três tipos de multiplicadores para ocupação e renda. O primeiro, do tipo I, demonstra os efeitos diretos e indiretos do aumento da demanda final. O segundo, do tipo II, apresenta os efeitos direto e indireto, bem como o efeito multiplicador induzido pela renda. Neste caso o consumo das famílias é tratado como variável endógena. Finalmente, o terceiro apresenta somente o efeito renda, resultante do aumento da demanda final. Os resultados demonstram os efeitos de uma injeção nas variáveis exógenas dos demais setores sobre a indústria da Madeira e Mobiliário e a de Papel e Papelão. Em ambas as atividades o choque mais intenso ocorreu dentro do próprio setor. O multiplicador de emprego para a indústria de Papel é Gráfica ficou na décima posição, quando comparado com a indústria de transformação, devido o setor gráfico ser mais intensivo em mão-de-obra. O emprego indireto foi a variável que teve maior dinâmica com o incremento da demanda final, ou seja, gera 48,46 empregos para 1 milhão de gastos na demanda final. Esse resultado é mais do que o dobro quando se compara com o coeficiente de emprego direto de 22,57 empregos para 1 milhão de reais investido. A indústria de Madeira e Mobiliário ficou na décima primeira posição, pois essas atividade industria é constituída principalmente de pequenas e médias empresas. O efeito renda alavanca a geração de emprego. Por ser uma atividade menos intensiva em capital, a sua relação entre salários e valor bruto da produção é maior quando se compara com a indústria de Papel e Gráfica, impulsionando o efeito-renda. Finalizando, com relação ao multiplicador de renda, a atividade de Madeira e Mobiliário ficou na oitava posição, quando comparada com os totais das atividades, e em segundo lugar, quando se tratar somente de atividades da Indústria de Transformação. Para cada 1 milhão de reais gastos na demanda final, gera uma renda de 339.148 mil reais, sendo que 102.091 mil reais referem-se ao efeito direto, 109.198 mil reais são do efeito indireto e 119.889 mil reais, ao efeito-renda. Esse resultado é decorrente desse segmento se mais intensivo em mão-de-obra, quando comparado como os demais atividades industriais. A indústria de Papel é Gráfica tem baixo coeficiente de renda direta, cerca de 23.343 mil reais para cada 1 milhão nos gastos finais, resultado da necessidade de altos investimento em formação bruta de capital. O principal coeficiente de renda é o indireto, com 165.076 mil reais para cada 1 milhão nos gasto finais, por estar ligado a uma atividade com maior multiplicador de renda, como é o caso da Agropecuária.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf text/plainpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectContabilidade social - Paranápt_BR
dc.subjectRelações intersetoriais - Paranápt_BR
dc.subjectIndustria madeireira - Aspectos sociais - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAvaliaçao de impactos da Indústria de Base Florestal sobre a ocupaçao e renda do Paraná-1998pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record