Show simple item record

dc.contributor.advisorAngulo, Rodolfo José, 1950-pt_BR
dc.contributor.authorBessa Junior, Oduvaldopt_BR
dc.contributor.otherRosa, Flavio Sammarcopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geologiapt_BR
dc.date.accessioned2021-07-15T18:00:17Z
dc.date.available2021-07-15T18:00:17Z
dc.date.issued2003pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/48797
dc.descriptionOrientador: Rodolfo José Angulopt_BR
dc.descriptionCo-orientador: Flavio Sammarco Rosapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geologia. Defesa: Curitiba, 2003pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho tem como objetivo o estudo dos conflitos entre a dinâmica natural das praias da região sul costeira do Paraná e as intervenções humanas sobre elas. As praias estudadas foram os balneários Flamingo e Riviera, Central de Matinhos, Brava de Caiobá, Mansa, Prainha, Caieiras, Guaratuba e Brejatuba. A meta deste trabalho foi a classificação das praias em setores de vulnerabilidade ambiental, que se basearam na mobilidade de cada praia e nos riscos criados a partir da intervenção humana. A mobilidade das praias foi obtida a partir de interpretação de fotografias aéreas de diversos anos, onde foram traçadas as linhas de costa para determinar as taxas de variação da linha de costa. A determinação dos riscos foi baseada, no mapeamento das invasões urbanas sobre as faces de praia e no balanço sedimentar das praias obtido a partir dos perfis praiais. Os dados mapeados foram obtidos a partir do geoprocessamento, que auxiliou na construção de um banco de dados georreferenciados e em operações de sobreposição de temas mapeados, como as variações de linha de costa e os riscos de intervenção. As taxas de variação de linha de costa indicaram alta mobilidade para todas as praias estudadas no período de 1999 a 2001. Os resultados do balanço sedimentar também indicaram praias instáveis, com momentos de estabilidade e outros com processos de intensa erosão ou deposição. As causas da estabilidade e instabilidade dessas praias foram associadas a fenômenos interanuais El Nino e La Nina. A determinação dos setores de vulnerabilidade, baseou-se em metodologia da UNESCO (2000), que permitiu classificar as praias estudadas em setores de vulnerabilidade muito baixa a muito alta. Na Praia Central de Matinhos e na porção nordeste da Prainha ocorreram setores com vulnerabilidade muito alta. Em todas as praias estudadas ocorreram setores com alta vulnerabilidade, sendo que a invasão urbana sobre a face de praia, teve influência decisiva na causa do conflito e conseqüente classificação destes setores. Com exceção das praias dos balneários Flamingo e Riviera, da Praia Central e da Prainha, em todas as outras praias ocorreram setores de média vulnerabilidade. Estes podem apresentar alta mobilidade de praia ou intervenção urbana próximo às linhas de costa, mas não ocorre interseção destas variáveis, tal como nos setores de vulnerabilidade alta ou muito alta. Na vulnerabilidade baixa a mobilidade da praia é baixa e a intervenção urbana é praticamente inexistente, enquanto que a vulnerabilidade muito baixa está relacionada às zonas rochosas. Para os setores de vulnerabilidade muito alta (Praia Central de Matinhos e Prainha), recomendou-se um programa de recuperação das praias, para a efetiva resolução dos problemas ambientais. Para os setores de alta vulnerabilidade, recomendou-se uma avaliação individualizada de cada setor e xxiiiiii um programa de monitoramento de perfis praiais.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objective of this work is the study of the conflicts between the natural dynamics of the beaches of the south Coastal regions of Paraná and the human interventions on them. The ones that were studied were the beaches of Flamingo and Riviera, Central of Matinhos, Brava of Caiobá, Mansa, Prainha, Caieiras, Guaratuba and Brejatuba. This work aimed the classification of the beaches in environmental vulnerability sectors, that were based on the mobility of each beach and the risks created ffom the human intervention. The mobility of the beaches was obtained from the interpretation of aerial photographs of several years, where it was mapped out the coast line to determine the variation taxes of the coast line. The determination of the risks was based on the mapping out of the urban invasions over the beach faces and on the sedimentary balance of the beaches obtained from the beach profiles. The mapped data were obtained from the geoprocessing, that helped in the construction of a data bank, geographically countersigned on the superposition of the mapped themes,same as the variations of the coast line and the risks of intervention. The taxes of variation of the coast line show high mobility to ali the studied beaches in the period of 1999 and 2001. The results of the sedimentary balance also indicate instable beaches, with stability moments and other with intense processes of erosion or overthrow. The causes of stability or instability of these beaches were associated to interannual phenomena such as El Nino and La Nina. The determination of the vulnerability sectors was based on a methodology from UNESCO (2000), that allowed the classification of the studied beaches in vulnerability sectors from very low to very high ones. In the Central Beach of Matinhos and in the northeast portion of Prainha sectors with very high vulnerability were found. There were sectors with high vulnerability on ali studied beaches but it was the urban invasion over the beach face that had a major influence in the cause of the conflict and a consequent classification of these sectors. With the exception of the beaches of Flamingo and Riviera, of the Central Beach and Prainha, in ali the other beaches there were sectors of average vulnerability. These ones can present high mobility of the beach or urban intervention near the coast line but there is no intersection of these variables, as in the sectors of high or very high vulnerability. In the low vulnerability, the mobility of the beach is low and the urban intervention barely exists, while the very low vulnerability is connected to rocky zones. To the very high vulnerability sectors (Central Beach of Matinhos and Prainha), it was suggested a program of beach recovery, for the effective solution of the environmental problems. For the high vulnerability sectors, it was pro files. XxVv suggested an individualized evaluation of each sector and a monitoring program of beach profiles.pt_BR
dc.format.extent156f. : il. color., mapas, grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectGeologia ambientalpt_BR
dc.subjectGerenciamento costeiropt_BR
dc.subjectDinamica costeirapt_BR
dc.subjectPraias - Paranápt_BR
dc.subjectGeologiapt_BR
dc.titleInterferência entre a ocupação urbana e a dinâmica natural no litoral sul do Paranápt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record