Show simple item record

dc.contributor.advisorCunha, Luiz Antonio Munhoz dapt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Marcello Zaiapt_BR
dc.contributor.otherAlbano, Mauro Batistapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgicapt_BR
dc.date.accessioned2017-07-25T21:59:40Z
dc.date.available2017-07-25T21:59:40Z
dc.date.issued2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/48068
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Luiz Antônio Munhoz da Cunhapt_BR
dc.descriptionCo-orientador: Prof. Dr. Mauro Batsista Albanopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 13/06/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f.52-60pt_BR
dc.description.abstractResumo: Título: Viscossuplementação Intra-articular de Ácidos Hialurônicos em Modelo Experimental de Osteoartrite. Introdução: O tratamento medicamentoso da osteoartrite tem obtido um avanço significativo nas últimas décadas. Medicações denominadas ""condroprotetoras?? como o ácido hialurônico são utilizadas em aplicações intra-articulares de modo crescente na prática médica. Entretanto, existem controvérsias relacionadas à utilização deste método de tratamento, tanto em sua eficácia quanto em sua verdadeira função fisiológica. Objetivo: Analisar do ponto de vista imuno-histoquímico os efeitos do ácido hialurônico de diferentes pesos moleculares em modelo experimental de osteoartrite em coelhos. Material e Métodos: 44 coelhos, jovens, da raça California, machos, foram alocados de modo aleatório em três grupos (PR, S e P), sendo submetidos à ressecção do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Decorridos três semanas do procedimento cirúrgico iniciaram-se as três injeções intra-articulares semanais de ácido hialurônico nativo de baixo peso molecular (Polireumin®) grupo PR, ácido hialurônico de cadeia ramificada de alto peso molecular (Synvisc®) grupo S e soro fisiológico 0,9% grupo P. Todos os animais foram sacrificados após 12 semanas do ato cirúrgico e os platôs tibiais dos joelhos infiltrados foram dissecados. Cortes histológicos da cartilagem das áreas de apoio dos platôs tibiais foram coradas com marcadores imuno-histoquímicos para pesquisa da quantidade de metaloproteases (MMPs-3,13) e seus inibidores (TIMPs-1,3). A intensidade de coloração foi quantificada em um aparelho de microscopia Zeiss Imager.Z2 Metasystems e analisadas pelo software Metafer4 Msearch. Esse estudo é a continuação da avaliação macroscópica e histológica dos platôs. Resultado: O efeito condroprotetor dos ácidos hialurônicos utilizados no estudo foi demonstrado quando comparados ao grupo controle, porém feita a comparação entre si, não houve diferença estatística significante quanto à condroproteção. Conclusão: Os ácidos hialurônicos testados obtiveram efeito condroprotetor, porém quanto à medição dos marcadores imuno-histoquímicos não houve diferença estatística entre os dois diferentes ácidos hialurônicos utilizados nesta pesquisa. Palavras-chaves: Osteoartrite; Ácido Hialurônico; Modelo Experimental de Osteoartrite; Imuno-histoquímica.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Title: Intra-articular Viscosupplementation of Hyaluronic Acids in an Experimental Model of Osteoarthritis. Introduction: The medical treatment of osteoarthritis has made significant progress in recent decades. Medicines called '' chondroprotective '' such as hyaluronic acid are increasingly used in intra-articular applications in medical practice. However, there are controversies related to the use of this treatment method, both in its efficacy and in its true physiological function. Objective: Analyze the effects of immunohistochemical of hyaluronic acid of different molecular weights of osteoarthritis rabbits experimental model. Material and Methods: 44 male, young, rabbits of breed California were randomly assigned to three groups (PR, S and P) and submitted to anterior cruciate ligament resection of the right knee. After three weeks of the surgical procedure, three intra-articular injections were done weekly with low molecular weight native hyaluronic acid (Polyireumin®) to PR group, high molecular weight branched chain hyaluronic acid (Synvisc®) to group S and saline solution 0,9% to group P. All animals were sacrificed after 12 weeks of the surgical procedure and their tibial plateaus of the infiltrated knees were dissected. Histological sections of cartilage from the tibial plateau support areas were stained with immunohistochemical markers to investigate the amount of metalloproteases (MMPs 3 and 13) and their inhibitors (TIMPs 1 and 3). The staining intensity was quantified on a Zeiss Imager.Z2 Metasystems microscope and analyzed by Metafer4 Msearch software. This study is the continuation of the macroscopic and histological evaluation of the plateaus. Results: The condoprotective effect of the hyaluronic acids used in the study was demonstrated when compared to the control group, but compared each other, there was no significant statistical difference regarding to chondroprotection. Conclusion: Both hyaluronic acids tested showed chondroprotective effect, however, in the measurement of the immunohistochemical markers there was no statistical difference between two different hyaluronic acids used in this study. Key-words: Osteoarthritis; Hyaluronic Acid; Experimental Model of Osteoarthritis; Immunohistochemistry.pt_BR
dc.format.extent60 f. : il. algumas color., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectCirurgiapt_BR
dc.subjectOsteoartritept_BR
dc.subjectÁcido Hialurônicopt_BR
dc.subjectImunohistoquimicapt_BR
dc.titleViscossuplementação intra-articular de ácidos hialurônicos em modelo experimental de osteoartritept_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record