Show simple item record

dc.contributor.advisorFernandes, Ricardo Cid, 1967-pt_BR
dc.contributor.authorLewandowski, Andressa, 1983-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Socialpt_BR
dc.date.accessioned2019-12-10T13:47:27Z
dc.date.available2019-12-10T13:47:27Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/47844
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Ricardo Cid Fernandespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Defesa: Curitiba, 17/12/2009pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 92-95pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar a construção da intervenção política de dois agentes centrais no debate e constituição da "questão quilombola" no estado do Paraná: um grupo de trabalho formado no interior da administração pública para identificar as comunidades e comunidade quilombola de João Surá, localizado na região do Vale do Ribeira. A intervenção desses dois grupos, que vão se consolidando ao longo do processo de reconhecimento étnico baseado no artigo 68 da Constituição Federal de 1988, revelam os elementos mobilizados pelos atores, bem como apontam para estratégias que envolvem modelos e enquadramentos, que permitem construir um espaço político que tenta garantir direitos culturais e territoriais das comunidades quilombolas do estado, bem como afirmar a sensibilidade dos agentes públicos frente a diversidade cultural. Palavras-chave: Antropologia, Direito, Comunidades Remanescentes de Quilombos, Estadopt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research aims at the analysis of two central agents of the political arena related to the maroon communities in Paraná State, Southern Brazil. The first one is a group formed in the governmental administration whose mission is to identify the maroon communities. The other one is the Comunidade João Surá, a maroon community placed in the Vale do Ribeira region. These two agents interventions are built along the processes of ethnic identification based on the 1988 Brazilian Constitution. Such processes reveal the elements articulated by the agents, as well as, indicates the strategies that involve models and framings intended to build a political space that assures cultural and territorial rights. Key Words: Anthropology, Law, Maroon Communities, Statept_BR
dc.format.extent96 f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectAntropologiapt_BR
dc.subjectAntropologia socialpt_BR
dc.subjectQuilombolas - Paranápt_BR
dc.subjectEstudos de intervençãopt_BR
dc.titleAgentes e agências : o processo de construção do Paraná Negropt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record