Show simple item record

dc.contributor.authorTrassi, Malu Cristelipt_BR
dc.contributor.otherAranha, Jose Marcelo Rochapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Curso de graduação em Ciências Biológicaspt_BR
dc.date.accessioned2017-06-14T19:11:25Z
dc.date.available2017-06-14T19:11:25Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/47591
dc.descriptionOrientador : José Marcelo Rocha Aranhapt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de palotina, Curso de Graduação em Ciências Biológicas.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Anfíbios são extremamente sensíveis a alterações ambientais, por isso são considerados excelentes bioindicadores da qualidade ambiental, devido a algumas características de sua biologia, como ciclo de vida bifásico e dependência de umidade para reprodução. A perda de floresta tem efeito direto sobre o clima, e a intensa exploração desta, juntamente com a emissão de gases do efeito estufa tem contribuído para o aquecimento global. Este pode causar impactos na vida e biologia da maioria das espécies tendo efeitos mais graves para grupos de animais ectotérmicos, como os anfíbios, sendo estes animais dependentes de uma fonte externa de calor para manter a temperatura corporal. Alterações ambientais podem influenciar os diversos aspectos da história de vida desses animais, inclusive suas distribuições e abundâncias, podendo extinguir populações e espécies. Este estudo, tem como objetivo avaliar na literatura, quais aspectos tem se abordado em relação ao aquecimento global e o desmatamento associados aos anfíbios do mundo em um período específico. Em vista disso, foi realizado um trabalho bibliométrico, buscando na literatura as produções cientificas a respeito dos anfíbios relacionados ao aquecimento global e/ou desmatamento entre o período de 1996 à 2016, verificando em cada artigo o local da pesquisa, origem dos dados e os principais focos. Apenas 64 publicações relacionaram anfíbios ao aquecimento global e/ou desmatamento, estando distribuídas em 35 revistas diferentes. Destas, Plos One foi a que mais publicou (14%), sendo que declínio foi o foco com maior destaque (25%). Através do seguinte trabalho, pode-se verificar um aumento significativo nas publicações relacionando anfíbios ao aquecimento global e/ou desmatamento, além de nos permitir observar quais os continentes e quais os focos de pesquisa que mais carecem de estudos. Os reflexos causados pelo desmatamento e aquecimento global, apresentam um desafio de planejamento da conservação ambiental, sendo urgente o aumento de estudos focados.pt_BR
dc.format.extent30 p. : Digital.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectAnfibiospt_BR
dc.titleO aquecimento global e o desmatamento em publicações científicas com anfíbios. : Tendências dos últimos 20 anos.pt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record