Show simple item record

dc.contributor.advisorFoerster, Luis A. (Luis Amilton), 1947-pt_BR
dc.contributor.authorDudczak, Amanda Carolinept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Zoologiapt_BR
dc.date.accessioned2017-06-21T13:47:46Z
dc.date.available2017-06-21T13:47:46Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/47504
dc.descriptionOrientador : Luís Amilton Foersterpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Defesa: Curitiba, 16/02/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O Brasil é o maior exportador mundial de soja. Sendo os insetos-praga responsáveis por causar grandes prejuízos à essa produção, principalmente lagartas desfolhadoras. Até a década de 70 seu controle era exclusivamente baseado na aplicação de inseticidas químicos que causavam desde danos ambientais até a seleção de populações resistentes. Para resolver esta situação, na mesma década foi implantado no Brasil o Manejo Integrado de Pragas (MIP), que prioriza a redução da utilização de inseticidas seletivos, preservando os inimigos naturais. Porém, nas últimas décadas o MIP foi relegado pelos agricultores, devido ao aumento do número de espécies praga, pela dificuldade na realização das amostragens, utilização de variedades transgênicas e principalmente, devido à falta de assistência imparcial ao agricultor. Portanto, para compreender como o complexo de lepidópteros pragas e seus parasitoides se compõe atualmente, o presente estudo objetivou conhecer suas populações e estudar a biologia de uma nova espécie de Trichogramma sp. parasitando ovos de Anticarsia gemmatalis . O estudo foi dividido em duas etapas, na primeira foram realizados levantamentos em duas áreas de soja no Município da Lapa/PR, durante a safra 2015/16. A primeira estava localizada no Instituto Agronômico do Paraná, onde foram utilizadas as práticas preconizadas pelo MIP e plantada uma variedade convencional. Na outra área foi adotado o manejo do produtor utilizando uma variedade transgênica, resistente ao herbicida glifosato. As lagartas foram coletadas através do método do pano de batida semanalmente entre janeiro e março de 2016. Os parasitoides larvais foram amostrados a partir das lagartas coletadas com o pano de batida e de coletas manuais. Os parasitoides de ovos, foram coletados a partir gaiolas de náilon, contendo ovos de A. gemmatalis . Nos levantamentos de campo o nível de ação não foi atingido em ambas as áreas. Na área convencional a espécie mais abundante foi A. gemmatalis , sendo controlada por inimigos naturais durante o ciclo da cultura. Na área transgênica, o complexo Plusiinae predominou em todas as coletas, apesar da realização de cinco aplicações de inseticidas. Das três espécies de parasitoides de ovos encontradas no levantamento, Trichogramma bruni , é descrita pela primeira vez em ovos de A. gemmatalis no Brasil. Na segunda etapa, a partir dos indivíduos de T. bruni e T. pretiosum coletados em campo, foram estabelecidas criações em laboratório e realizados bioensaios comparando a biologia dos parasitoides em ovos das duas principais pragas da cultura, A. gemmatalis e Chrysodeixis includens . Foi avaliado o parasitismo, emergencia, tempo de desenvolvimento, número de parasitoides por ovo, razão sexual, longevidade e capacidade reprodutiva. Trichogramma bruni mostrou-se menos eficaz que T. pretiosum quanto aos parâmetros avaliados nos hospedeiros testados. Ambas as espécies parasitoides apresentaram menor preferência aos ovos de C. includens em relação aos de A. gemmatalis . Porém, as duas espécies são capazes de parasitar as pragas-chave da cultura da soja estudadas. Palavras-chave: Controle Biológico; Biologia comparada; Parasitoide de ovos; Glycine max ; Manejo Integrado de Pragas.pt_BR
dc.description.abstractAbstarct: Brazil is the world's largest exporter of soybeans. Pest insects can cause great damage to production, mainly lepidopteran defoliators. Until the 1970s their control was based on the application of chemical insecticides that caused environmental damage and selection of resistant populations. To mitigate this situation, Integrated Pest Management (IPM) was implemented in Brazil, which prioritizes the use of selective insecticides, thus preserving the natural enemies. However in the last decades, the principles of IPM have been relegated by the producers, due to the increase of pests species, the difficulty in carrying out the samplings, use of transgenic varieties and, mainly due to lack of impartial assistance to the producer. Therefore, to better understand how the complex of lepidopteran pests and their parasitoids is currently composed, the present study aimed to assess their populations and to study the biology of a new species parasitizing eggs of Anticarsia gemmatalis . Thus, the study was divided in two chapters; in the first one surveys were carried out in two soybean areas in the Municipality of Lapa/PR, during the crop season of 2015/16. In one area, the practices recommended by IPM and planted with a conventional variety at the Agronomic Institute of Paraná were used. In the other area, the management of the producer was adopted using a transgenic variety, resistant to the herbicide glyphosate. The caterpillars were collected through the beat cloth method weekly between January and March 2016. The larval parasitoids were sampled from the caterpillars collected with the beat cloth method and manual collections. The egg parasitoids were collected from eggs laid by caged moths on plants kept in nylon cages. In field surveys the action level was not reached in both areas. In the conventional area the most abundant species was A. gemmatalis , which was controlled by natural enemies during the crop cycle. In the transgenic area, the Plusiinae complex predominated in all samplings, despite five applications of insecticides made in the area. Of the three different species of egg parasitoids found in the survey, Trichogramma bruni , is described for the first time in eggs of A. gemmatalis in Brazil. In the second chapter, from the individuals of T. bruni and T. pretiosum collected in the field, laboratory colonies were established and bioassays were carried out to compare the biology of the parasitoids in the eggs of the two main soybean pests, A. gemmatalis and Chrysodeixis includens . The following parameters were evaluated: number of parasitized eggs and of emerged adults, development time, number of parasitoids per egg, sex ratio, longevity and reproductive capacity. Trichogramma bruni was shown less effective to T. pretiosum for the parameters evaluated in the tested hosts. Both parasitizing species shown less preference to eggs of C. includens than those of A. gemmatalis . However, both species were able to parasitize these two key soybean pests. Key-words: Biological Control; Comparative biology; Egg parasitoids; Glycine max ; Integrated Pest Management.pt_BR
dc.format.extent85 f. : il. algumas color., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectZoologiapt_BR
dc.subjectLagarta da sojapt_BR
dc.subjectPragas agricolas - Controle biologicopt_BR
dc.titleComposição da entomofauna de lepidópteros e seus parasitóides na cultura da soja no município da Lapa, Paraná e biologia de Trichogramma bruni em dois hospedeirospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record