Show simple item record

dc.contributor.authorKobren, Rafaeli Cappellaropt_BR
dc.contributor.otherMinetto, Maria de Fatima Joaquim, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-10-21T11:59:02Z
dc.date.available2020-10-21T11:59:02Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/46991
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Maria de Fátima Minettopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 23/02/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências ao final de cada capítulopt_BR
dc.description.abstractResumo: A universalização do acesso à escola e a proposta da permanência de todas as crianças no ensino comum tiveram como consequência mudanças das características da população atendida por essas instituições. Muitas crianças com fatores de risco biológico, familiar, social ou com deficiências passaram a frequentar instituições educacionais, que se tornaram fontes importantes na detecção e prevenção de alterações no desenvolvimento por serem sinalizadoras para a Intervenção Precoce (IP). A IP vem sofrendo modificações em sua concepção nos últimos anos e dessa forma torna-se imprescindível o acompanhamento dessas modificações pelos profissionais da educação. Este trabalho pretende verificar as concepções e ações dos profissionais da Educação Infantil sobre Intervenção Precoce. Método: a pesquisa foi realizada com 322 profissionais que atuam direta e indiretamente com crianças que apresentam ou não atrasos no desenvolvimento. Procedimento: consistiu na aplicação de questionário online em plataforma Moodle. Instrumentos: questionário elaborado pela autora e colaboradores - "Questionário de concepções dos profissionais da educação sobre Intervenção Precoce", desenvolvido com base em dados da revisão de literatura. Resultados: evidenciam que na Educação Infantil boa parte dos profissionais apresentam concepções sobre IP dentro do modelo de reabilitação, que visa à superação dos déficits apresentados pelas crianças. No entanto existem os que apresentam concepções de IP focadas no apoio familiar. A família se mostra como um contexto importante para o desenvolvimento, porém também é citada como um dos contextos mais difíceis para estabelecer comunicação e parceria, em especial as que têm crianças com atraso no desenvolvimento ou deficiência. A Educação Infantil apresenta características hegemônicas na orientação aos pais e essa posição diminui a possibilidade de parceria colaborativa. Evidenciaram-se ainda extremos na formação dos profissionais: alguns altamente capacitados e outros sem a formação básica exigida pela lei atual. Os profissionais com maior nível de formação apresentaram mais concepções verdadeiras sobre IP e identificaram melhor crianças com atraso no desenvolvimento. Ressalta-se a importância da formação continuada para que os profissionais da Educação Infantil, em especial os professores, possam reconhecer e valorizar o seu papel no desenvolvimento infantil, bem como sejam capazes de sinalizar crianças que necessitam de inserção em programas de IP para a promoção do desenvolvimento. Palavras-chave: Intervenção Precoce; Educação Infantil; Profissionais da Educação Infantil; Atraso no desenvolvimento.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The universalization of access to school and the proposal of the permanence of all children in the common teaching resulted in changes in the characteristics of the population served by these institutions. Many children with biological, familial, social, or disability risk factors have come to frequent educational institutions that have become important sources for detecting and preventing developmental changes because they are signals for Early Intervention. The Early Intervention has undergone modifications in its conception over the last years, in this way it becomes essential the monitoring of the education professionals regarding those modifications. This paper aims to verify the conceptions and actions of early childhood education professionals about early intervention. Method: The research was carried out with 322 professionals who act directly and indirectly with children with or without developmental delays. Procedure: it consisted in the application of online questionnaire in a Moodle platform. Instruments: questionnaire elaborated by the author and collaborators: "Questionnaire on Conceptions of Education Professionals on Early Intervention", which was developed based on literature review data. Results: show that in early childhood education, many professionals have conceptions about EI within the rehabilitation model, which aims to overcome the deficits presented by children. However, there are those with IP conceptions focused on family support. The family presents itself as an important context for development, but it is also cited as one of the most difficult contexts of communication and partnership, especially those with children with developmental delays or disabilities. Early Childhood Education presents hegemonic characteristics in the parents orientation and this position reduces the possibility of collaborative partnership. There were also extremes in professional training, some highly qualified and others without the basic training required by the current law. The more skilled professionals presented more true conceptions about EI and better identified children with development delay. It is needed to emphasize the importance of continuing education so that nursery education professionals, especially teachers, can recognize and value their role in child development, as well as being able to signal children who need to be included in EI programs for the promotion of development. Keywords: Early Intervention; Childhood education; Childhood education professionals; Developments delays.pt_BR
dc.format.extent56 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectEducação de criançaspt_BR
dc.titleIntervenção precoce e educação infantil : concepções e açõespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record