Show simple item record

dc.contributor.advisorPegorini, Diana Gurgelpt_BR
dc.contributor.authorCardoso, Delair Tarakoskipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Gestão Pública Municipalpt_BR
dc.date.accessioned2018-01-31T13:53:35Z
dc.date.available2018-01-31T13:53:35Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/46629
dc.descriptionOrientadora: Prof.ª Diana Gurgel Pegorinipt_BR
dc.descriptionProjeto técnico (especialização) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Especialização em Gestão Pública Municipalpt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O final do século XX e o início de um novo milênio, vivem sob transformações paradigmáticas. O modernismo cede espaço ao Pós-Modernismo. O mundo vive sob a égide do paradigma Pós-Moderno mudando o perfil de todas as áreas de atividades humanas, influenciando a Ciência, Tecnologia, Humanidades, Artes, Literatura, Administração, Matemática, Filosofia entre outras. Os paradigmas representam as estruturas filosóficas, éticas e morais que orientam a sociedade humana no decorrer de sua história. A mudança de paradigma significa crescimento, evolução sociocultural, econômica, política, artística, científica e tecnológica. O paradigma que afiancia a construção de uma escola voltada à formação de cidadãos, via gestão democrática, na qual a autonomia, a participação e a emancipação afiguram-se com fundamentos baseiam-se numa concepção educacional derivada de um poder respaldado nas esferas de responsabilidade. Um paradigma que trata das ideias e dos valores assumidos coletivamente e que representa o cenário da sociedade que temos e que queremos essas mudanças exercem influência diretamente no tratamento das pessoas com necessidades educativas especiais. Essas pessoas, que hoje são vistas como à luz da diversidade humana e do exercício da cidadania. Por isso diante de tantas mudanças, faz-se necessário uma reorganização administrativa de verificação de quais e qual o valor dos recursos destinados ao setor de Educação Especial, pois a partir daí, é que haverá a condição "necessária" para se dar início e garantir a modernização e a melhoria da qualidade de serviços prestados por ela, nesse contexto, de inclusão e de necessidades de aperfeiçoamento permanente na qualidade de ensino nas escolas, bem como pessoal, recursos e estruturas físicas adaptadas para os alunos com necessidades educativas especiais, fato que está aumentando cada vez mais. Os dirigentes devem tomar uma posição de grande responsabilidade, pois eles são gestores e os responsáveis pela transformação necessária para o fortalecimento do caráter de humanização e introduzir novos conceitos relacionados à estrutura, gestão e atendimento e recursos necessários e adequado para o atendimento com qualidade para esta clientela.pt_BR
dc.format.extent22 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectInclusão em educaçãopt_BR
dc.subjectDeficientes - Educaçãopt_BR
dc.titleA inclusão e os recursos oferecidos aos portadores de necessidades educativas especiais no ensino regularpt_BR
dc.typeMonografia Especialização Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record