Show simple item record

dc.contributor.advisorZuffellato-Ribas, Katia Christinapt_BR
dc.contributor.authorStuepp, Carlos Andrépt_BR
dc.contributor.otherKoehler, Henrique Soares, 1953-pt_BR
dc.contributor.otherWendling, Ivarpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2018-04-10T18:45:36Z
dc.date.available2018-04-10T18:45:36Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/46413
dc.descriptionOrientador : Profª. Drª. Katia Christina Zuffellato-Ribaspt_BR
dc.descriptionCoorientadores : Prof. Dr. Henrique Soares Koehler e Dr. Ivar Wendlingpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Defesa: Curitiba, 24/02/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências: f. 68-90;114-118;142-144;160-164;166-169pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Produção vegetalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Piptocarpha angustifolia Dusén ex Malme conhecida popularmente como vassourão-branco é uma espécie secundária inicial com ampla representação na floresta ombrófila mista, comum em áreas com intervenção antrópica. Se destaca por suas características atrativas à indústria madeireira, como fuste retilíneo e crescimento acelerado, podendo alcançar até 30 m de altura e ultrapassar os 40 cm de diâmetro quando adulta. Sua madeira é leve, macia, com boas aplicações em ambientes internos, principalmente na construção civil, produção de chapas de madeira compensada e aglomerada, bem como para uso energético como lenha. Apresenta boas características ornamentais, porém sua maior utilização está atrelada à recomposição de áreas degradadas. A espécie apresenta dificuldades na produção de sementes, relacionadas principalmente à coleta, pelo seu diminuto tamanho, baixa germinação e imaturidade do embrião, estes ainda somados à difícil distinção entre fruto e semente. Buscando diminuir tais deficiências no processo de produção de mudas de vassourão-branco, técnicas de propagação vegetativa podem ser indicadas para a obtenção de melhores índices de formação de mudas em viveiro, analisando-se posteriormente seu desenvolvimento a campo, inferindo desta forma no potencial florestal produtivo da espécie. Assim, a presente tese teve como objetivo geral buscar o aperfeiçoamento dos índices de enraizamento de miniestacas de vassourão-branco, estabelecendo um protocolo para a produção de mudas por miniestaquia, bem como analisar o comportamento silvicultural destas mudas a campo. O minijardim clonal, estabelecido em sistema semi-hidropônico, foi implantado com mudas produzidas previamente pela técnica de estaquia convencional com uso de brotações epicórmicas de cepas. Ao longo de dois anos, as minicepas foram submetidas a 32 coletas sucessivas em intervalos de 18 a 26 dias, avaliando-se a sobrevivência e produção de miniestacas durante todo o período. Foram preparadas miniestacas com 8 ± 1 cm de comprimento e diâmetro médio de 0,5 ± 0,1 cm, mantendo-se duas folhas reduzidas a 50% de sua superfície original. A tese está organizada em capítulos, com os respectivos objetivos: Capítulo I - discorrer sobre conceitos teóricos e práticos aplicados à macropropagação e silvicultura clonal em espécies arbóreas nativas, apresentando um levantamento bibliográfico acerca do estado da arte relativo a estes temas; Capítulo II - estudar o efeito de sucessivas coletas de miniestacas em diferentes épocas do ano sobre a maturação e o potencial de multiplicação via miniestaquia da espécie, por meio da avaliação da sobrevivência e produção das minicepas, enraizamento, vigor radicial e taxa de multiplicação das miniestacas; Capítulo III - avaliar o efeito de diferentes composições de substratos renováveis à base de casca de arroz carbonizada e fibra de coco em diferentes estações do ano na qualidade final de mudas de Piptocarpha angustifolia e; Capítulo IV - avaliar a sobrevivência e o vigor do crescimento a campo de mudas de Piptocarpha angustifolia produzidas por miniestaquia com duas alturas de expedição. Os resultados mostraram que a miniestaquia é tecnicamente viável para produção de mudas clonais de Piptocarpha angustifolia, apresentando elevada sobrevivência de minicepas (68%) e produtividade de miniestacas (2.227 miniestacas m-2 ano-1) ao longo de dois anos. O enraizamento de miniestacas indica não haver maturação no decorrer das coletas em minicepas de Piptocarpha angustifolia durante o período experimental. A primavera é a época mais indicada para o enraizamento (71,3%) e o verão é a que proporciona maior vigor radicial (número e comprimento de raízes) nas miniestacas. A maior relação entre casca de arroz carbonizada e fibra de coco favoreceu o crescimento das mudas, conferindo melhor qualidade, recomendando-se o substrato composto por 30% fibra de coco + 70% casca de arroz carbonizada. A primavera é a estação mais favorável para a sobrevivência e qualidade das mudas e, em conjunto com o verão, mostra as maiores taxas de multiplicação (plantas formadas m-2 mês-1). Mudas de 20 ± 5 cm mostraram-se superiores em sobrevivência às de 40 ± 5 cm. O crescimento em altura e diâmetro em campo manteve-se constante até os 24 meses, alcançando 64,1 cm e 13,5 mm, respectivamente, independente da altura de expedição das mudas. Mais estudos são necessários para determinar o comportamento da espécie em condições de pleno sol em plantios homogêneos, assim como sua susceptibilidade ao ataque de pragas florestais. Palavras-chave: Vassourão-branco, juvenilidade, miniestaquia, propagação vegetativa, qualidade de mudas florestais, silvicultura clonal.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Piptocarpha angustifolia Dusén ex Malme known popularly as "vassourão-branco" is an early secondary species with broad representation in the mixed rain forest formation, common in areas that have undergone some human intervention. It stands out for its attractive characteristics for timber industry, as rectilinear stem and accelerated growth, reaching up to 30 m high and exceed 40 cm in diameter when adult. Its wood is light, soft, with good indoor applications, especially in civil construction, production of wood plaques, plywood and agglomerated, as well as for energy use as firewood. It shows good ornamental characteristics, but its greatest use is still linked to restoration of degraded areas. The species presents an irregularity in seed production, mostly related to the collection, due to its small size, low germination and common immaturity of the embryo, as well as the difficult distinction between fruit and seed. To reduce such deficiencies in the "vassourão-branco" seedling production process, vegetative propagation techniques may be indicated to obtain better rates of seedling production, later analyzing its development in field, thus inferring their productive potential. Thus, this thesis aimed to improve the rates of rooting cuttings of "vassourão-branco", establishing a protocol for the production of plants by mini-cuttings technique and analyze the silvicultural behavior of these in field conditions. The clonal mini-garden was established in a semi-hydroponic system with plants produced previouslyby by cuttings technique with use of epicormic shoots. Over two years, mini-stumps were submitted to 32 successive collections at intervals ranging from 18 days to 26 days, to evaluate the survival and production of mini-cuttings throughout the period. Mini-cuttings of 8 ± 1 cm long and average diameter about 0.5 ± 0.1 cm were prepared, keeping up two leaves reduced to 50% of its original surface. The thesis is organized in four chapters, with the respective objectives: Chapter I - to present theoretical and practical concepts applied in the vegetative propagation and clonal forestry, presenting a literature review about the state of the art of this theme; Chapter II - to study the effect of mini-cuttings successive collections at different periods of the year on the maturation and potential multiplication via mini-cuttings thecnique, through the evaluation of survival and production of mini-stumps, rooting, root vigor and multiplication rate of mini-cuttings; Chapter III - to evaluated the effect of different compositions of renewable substrates based on carbonized rice husk and coconut fiber in different seasons in clonal plants quality of Piptocarpha angustifolia and; Chapter IV - to evaluate the survival and growth vigor of Piptocarpha angustifolia clonal plants produced by mini-cuttings with two expedition heights in full sunlight field conditions. The results showed that mini-cuttings technique is viable for the production of Piptocarpha angustifolia clonal plants, with high survival of mini-stumps (68%) and productivity of mini-cuttings (2227 mini-cuttings m-2 year-1) over two years. The rooting of mini-cuttings indicate no maturity in the course of the collection in Piptocarpha angustifolia mini-stumps. Spring is the most suitable season for rooting (71.3%) and summer is the season that provides greater root vigor (number and length of roots) of mini-cuttings. The higher ratio between carbonized rice husk and coconut fiber favored the plants development, providing best quality, being recommended substrate composed by 30% coconut fiber + 70% carbonized rice husk. The spring is more favorable for the survival and quality of mini-cuttings and, together with the summer, favored the highest multiplication rates (formed plants m-2 month-1). Plants of 20 ± 5 cm are superior in survival to the 40 ± 5 cm ones. The growth in height and diameter remained constant up to 24 months, reaching 64.1 cm and 13.5 mm, respectively, independently of the seedlings expedition time. More studies are needed to determine the behavior of the species in conditions of full sunlight in homogeneous stands, as well as their susceptibility to attack by forest pests. Key words: "Vassourão-branco", juvenility, mini-cuttings technique, vegetative propagation, forest plants quality, clonal forestry.pt_BR
dc.format.extent169 f. : il. algumas color., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectAgronomiapt_BR
dc.subjectArvores - Propagação vegetativapt_BR
dc.subjectArvores - Propagação por estaquiapt_BR
dc.titlePiptocarpha angustifolia Dusén ex Malme : avaliação da qualidade de mudas e analise silviculturalpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record