Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Dennison de, 1964-pt_BR
dc.contributor.authorLocastre, Aline Vanessapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2019-11-22T16:31:53Z
dc.date.available2019-11-22T16:31:53Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/46358
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Dennison de Oliveirapt_BR
dc.descriptionAutor não autorizou a divulgação do arquivo digitalpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 09/03/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 269-280pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: Foco de alguns trabalhos acadêmicos na atualidade, a "Política da Boa Vizinhança", (programa criado oficialmente pelo democrata Franklin Delano Roosevelt e parcelas do setor privado, com vistas à aproximação cultural dos Estados Unidos com a América Latina a partir da década de 1930), adquire novos capítulos nesta tese, com a análise de um vasto corpus documental, oriundo de arquivos brasileiros e estadunidenses. Oficialmente proposta como uma política de "solidariedade hemisférica", que visava a contenção do Nazifascismo sobre o continente americano durante a Segunda Guerra Mundial, os inúmeros interlocutores da "boa vizinhança" acabaram por disseminar a ideia de superioridade da terra de Tio Sam como uma poderosa nação, que com seu modelo democrático, organização econômica e valores morais, poderiam ser modelares para o restante do continente. Ao Brasil e demais repúblicas latino-americanas, chegaram panfletos, revistas, programas de rádio, desenhos animados, artistas de Hollywood, professores, empresários e políticos, que veicularam mensagens articuladas ao nível econômico e intelectual de seus ouvintes. Deste modo, as elites brasileiras leram "seduções impressas", pertencente a esta "boa vizinhança" pensada para ser palatável para os mais distintos públicos. Embora pareça evidente que tais discursos e oradores estivessem exclusivamente ligados aos propósitos do governo estadunidense, o fato é que tal aproximação cultural esteve situada em um espaço/tempo mais abrangente e com intenções e/ou motivações mais complexas que possivelmente nos é possível supor. A presente tese, busca, assim, pensar este processo de disseminação de um novo paradigma para o Brasil, a partir do material impresso que chegava (ou era produzido) para um seleto grupo do país. Palavras-chave: "Política da boa vizinhança"; "Segunda Guerra Mundial"; "Agências culturais"; "Propaganda impressa".pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Focus of some academic papers nowadays, the "Good Neighborhood Policy", (program officially created by the democrat Franklin Delano Roosevelt and parcels of the private sector, with sights on the United States' cultural approximation to Latin America beginning in the 30's), acquires new chapters in this thesis, with the analysis of a wide corpus documental, from Brazilian and American archives. Officially proposed as a "hemispheric solidarity" policy, which aimed at restraining Nazi fascism over the American continent during the Second World War, the innumerable interlocutors for the "good neighborhood" ended disseminating the idea of superiority of Uncle's Sam's land as a powerful nation, whose democratic model, economic organization and moral values, could be models for the rest of the continent. To Brazil and other Latin-American republics, arrived flyers, magazines, radio shows, cartoons, Hollywood artists, teachers, executives and politicians, who conveyed messages articulated to the economical and intellectual level of their listeners. This way, the Brazilian elite read the "printed allure", pertaining to this "good neighborhood" thought up to be palatable to the most distinct publics. Although it seems evident that such discourse and speakers were exclusively connected to the United States' government's purposes, it's a fact that this cultural approximation has been situated on a wider space/time and with intentions and/or motivations more complex than it is possible for us to assume. The present thesis, seeks, therefore, to think about this dissemination process of a new paradigm for Brazil, starting from the printed material that arrived (or was produced) for a selected group of the country. Keywords: "Good Neighborhood Policy"; "Second World War"; "Cultural Agencies"; "Printed Propaganda".pt_BR
dc.format.extent280 f. : il. algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.subjectSegunda Guerra Mundial - 1939-1945 - Históriapt_BR
dc.subjectPropaganda - Aspectos psicológicospt_BR
dc.subjectPropaganda impressapt_BR
dc.titleSeduções impressas : a veiculação do paradigma estadunidense no Brasil em tempo de Segunda Guerra Mundialpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record