Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Luiz Everson dapt_BR
dc.contributor.authorTeixeira, Danilo Martinspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentávelpt_BR
dc.date.accessioned2017-04-27T12:45:39Z
dc.date.available2017-04-27T12:45:39Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/46258
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luiz Everson da Silvapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Curitiba, 27/06/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 85-91pt_BR
dc.description.abstractResumo: O Brasil, em função de sua grande capacidade produtiva, se destaca no cenário de exportação e importação mundial de produtos agrícolas. O Sul se destaca como principal exportador nacional destes produtos. Contudo, o crescente aumento na produção, utiliza insumos agrícolas, fertilizantes, corretivos defensivos e outros. Nos fertilizantes estão presentes elementos químicos que podem ser divididos em categorias de acordo com a sua funcionalidade para as plantas. Nesse contexto, a contaminação do solo provocada pela aplicação excessiva de fertilizantes, requer um monitoramento constante. Paranaguá, como cidade portuária, tem em sua economia, uma dependência da atividade portuária, isso porque é responsável pelo fluxo econômico cada vez mais intenso. Partindo do pressuposto, surgem dúvidas com relação os níveis de contaminantes oriundos da operacionalização e do transporte no entorno do Porto de Paranaguá. Assim, o trabalho se baseou nos limites estabelecidos na Resolução Nº 420/09 do CONAMA e pela Decisão de Diretoria Nº 045/14 CETESB, que estabelecem os limites de concentração de elementos-traço no solo. Por tanto, o trabalho analisou os níveis de contaminação dos elementos-traço, Chumbo (Pb), Cobre (Cu), Cromo (Cr), Níquel (Ni) e Zinco (Zn), no solo do entorno do Porto Dom Pedro II em Paranaguá, PR. Só podemos pensar modelos de desenvolvimento sustentável se levarmos em conta as dimensões do social, território, cultura, economia e da política. Com base na divisão da área afetada pela operacionalização do porto, utilizando metodologias de coleta, preparo de amostras, digestão do solo de acordo com a US.EPA 3050b, foi possível determinar que os sujeitos das áreas de estudo, estão expostos rotineira e continuamente à contaminações por elementos-traço, de acordo com as épocas do ano e o os ciclos das safras. Foi possível observar e comparar com a unidade de Testemunha que, em determinadas épocas do ano, há aumento nos níveis de concentração de elementos-traços no solo mas, de uma forma geral, pode-se dizer que os blocos apresentam concentrações de elementos da seguinte forma: Bloco Residencial Zn > Cr > Cu >Pb > Ni para o Bloco Intermediário Zn > Cu > Pb > Cr > Ni, e para o Bloco Industrial Zn > Pb >Cr >Ni > Cu. Concluímos que este estudo serviu para avaliar a concentração de elementos-traço no solo como parâmetro para novos estudos sobre os casos de contaminação em decorrência da atividade portuária. Palavras-chave: Elementos-traço, Contaminação, Solo, Saúde, Ambiente.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The Brazil, due to its large capacity, is featured in the export scenario and world imports of agricultural products. The South stands out as the main national exporter of these products. However, the increasing production uses agricultural inputs, fertilizers, pesticides and other correctives. Fertilizers are present in chemicals that can be categorized according to their function for the plants. In this context, soil contamination caused by excessive fertilizer application, requires constant monitoring. Paranaguá, as a port city has in its economy, a dependence on the port activity, because it is responsible for the increasingly intense economic flow. Then, questions arise regarding the levels of contaminants resulting from the operation and transportation in the vicinity of the Port of Paranaguá. Thus, the work was based on the limits set forth in Resolution No. 420/09 of CONAMA and the Decision of Directors No. 045/14 of CETESB, establishing the limits of concentration of trace elements in the soil. Therefore, the study analyzed the levels of contamination of trace elements, Lead (Pb), Copper (Cu), Chromium (Cr), Nickel (Ni) and Zinc (Zn) in the soil of the Port area. We can only think of models of sustainable development if we take into account the dimensions of social, territory, culture, economy and politics. Based on the area of the division affected by the operation of the port using methods of collection, sample preparation, soil according to the digestion US.EPA 3050B, we determined that the subjects of the study areas, are exposed routinely and continuously contamination by trace elements, according to the seasons and the cycles of the seasons. It was possible to see and buy with the witness of unity that at certain times of the year there is an increase in concentration levels in the soil, but in general we can say that the blocks presents concentrations of elements as follows Residential Block Zn> Cr> Cu > Pb> Ni for Intermediate Block Zn> Cu> Pb> Cr> Ni and Industrial Block Zn> Pb> Cr> Ni> Cu. Therefore, this study serves as a parameter for new studies on cases of contamination as a result of port activity. Keywords: Trace elements, Contamination, Soil, Health, Environment.pt_BR
dc.format.extent93 f. : il. algumas color., maps., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectElementos-traços no solopt_BR
dc.subjectPoluiçãopt_BR
dc.titleAnálise dos níveis de elementos-traço no solo do entorno do Porto de Paranaguá : Litoral do Paraná, Sul do Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record