Show simple item record

dc.contributor.advisorMine, Miriam Rita Moro, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherBraga, Sérgio Michelotto, 1961-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambientalpt_BR
dc.creatorJimenez, Pedro Saul Jayopt_BR
dc.date.accessioned2022-12-22T19:25:51Z
dc.date.available2022-12-22T19:25:51Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/46177
dc.descriptionOrientador : Profª. Drª. Miriam Rita Moro Minept_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Sérgio Michelotto Bragapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambiental. Defesa: Curitiba, 29/02/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f.66-69pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Engenharia de Recursos Hídricospt_BR
dc.description.abstractResumo: A investigação na previsão de cheias pode contribuir no desenvolvimento futuro de sistemas que permitam a emissão de alertas mais confiáveis e com maior antecipação. Nesta pesquisa busca-se avaliar algumas etapas necessárias para a implantação de um sistema de alerta a cheias, enfatizando a previsão de vazões. As etapas para a previsão de vazões são: escolha do modelo de transformação chuva-vazão, calibração, verificação e previsão. O modelo hidrológico escolhido para previsão de vazões em tempo real foi o IPH II. Como estudo de caso foi utilizada a bacia do rio Barigui (264,88 km²), localizada na região metropolitana de Curitiba - Paraná. Os dados de entrada para o modelo IPH II nas fases de calibração, verificação e previsão foram: chuva, evapotranspiração e vazão. Para o desenvolvimento deste trabalho foram selecionados onze eventos representativos de cheias ocorridas na bacia do rio Barigui, no período entre 1985 e 2014. Destes eventos, cinco foram utilizados para a calibração, quatro para a verificação e dois para a previsão. Os resultados na calibração e verificação foram avaliados pelo coeficiente de Nash-Sutcliffe (NS), os valores estiveram entre 0,78 e 0,94 na calibração e entre 0.62 e 0,80 na verificação, e foram desconsiderados um evento para cada etapa devido a problemas de erro na série de dados. Posteriormente para a previsão considerou-se a hipótese: para de chover ao tempo em que se faz a previsão, esta hipótese fez-se necessária porque nesta dissertação não se considera previsão de chuva. Os resultados nessa etapa indicaram uma subestimativa de vazões com relação aos dados observados. Palavras-chave: sistema de alerta, previsão de vazões, modelo IPH II, bacia do rio Barigui.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The research on flood forecasting can contribute to develop future systems that allow seding faster and anticipated alerts. In this research is sought to evaluate some stages necessary for the implementation of a system of flooding alerts, emphasizing the flow forecasting. The stages for flow forecasting consist in: choose of a rainfall-runoff model, calibration, verification and forecasting. The hydrological model for flow forecasting in real time was used the IPH II. For study case, the Barigui river basin (264.88 km2), located in the Curitiba metropolitan área, Paraná State, was used. The input for IPH II model in the calibration, verification and forecasting, were: rainfall, evapotranspiration and runoff. In order to develop this work, eleven significant flood events that highlighted the Barigui river basin between years 1985 and 2014, were all selected. Five of these events were used for calibration, four for verification and two forecasting. The results of calibration and verification were evaluated using the Nash - Sutcliffe (NS) coefficient. Values between 0.78 and 0.94 in calibration and between 0.62 and 0.80 for verification, and was considered a single event for each stage due to mistake problems in the date sequence. After, for forecasting, a hypothesis was considered: rain stops at the same time of forecasting, this hypothesis is necessary because it is not included the rainfall forecasting in this work. The results of this phase have shown a flow underestimation due to observed data. Keywords: Alert system, flow forecasting, IPH II model, Barigui river basin.pt_BR
dc.format.extent104 f. : il. algumas color., mapas, tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectRecursos hídricospt_BR
dc.subjectBacias hidrográficaspt_BR
dc.subjectControle de inundaçõespt_BR
dc.subjectVazantept_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleSistema de alerta a cheias com ênfase na previsão de vazõespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record