Show simple item record

dc.contributor.advisorAlberton, Geraldo Camilo, 1966-pt_BR
dc.contributor.authorKramer-Nogueira, Antônio Franciscuspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animalpt_BR
dc.date.accessioned2017-05-17T17:52:47Z
dc.date.available2017-05-17T17:52:47Z
dc.date.issued2017-05-17T14:52:10Zpt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/45832
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Geraldo Camilo Albertonpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal. Defesa: Palotina, 25/03/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 39-46;81-89pt_BR
dc.descriptionLinha de epsquisa: Patologia animalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Os suínos criados em confinamento são altamente susceptíveis as lesões nos cascos. Estas lesões, quando em estagio moderado a grave, desencadeiam resposta inflamatória, gerando dor e perda de desempenho produtivo e econômico. Tendo em vista que os rebanhos de suínos são cada vez maiores, a monitoria sanitária passou a ser ferramenta de grande valia para os médicos veterinários, pois a partir das mesmas, e possível determinar a presença e a gravidade de enfermidades. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi a utilização de um método de avaliação das lesões dos cascos nos suínos para determinar frequência e severidade de lesões, compreender sua evolução ao longo da vida produtiva, alem de estabelecer o Índice de Lesões como indicador de saúde dos cascos. Foram analisados os cascos dos membros pélvicos de 2.660 porcas e de 845 animais em idade de abate. Foram consideradas as seguintes lesões: crescimento e erosão na almofada plantar, rachadura entre almofada plantar e sola, lesão na linha branca, rachaduras horizontais e verticais da parede do casco, sobre-crescimento da unha principal e sobre-crescimento ou ausência da unha acessória. As lesões foram classificadas em graus de severidade normal, discreto, moderado e severo. Foi observada pelo menos um tipo de lesão em 90,1% das porcas e em 88% dos cevados, sendo que 29,7% e 32,1% apresentaram lesões severas, respectivamente. A frequência e severidade das lesões aumentou ao longo da vida produtiva dos animais, com exceção da lesão na linha branca, que se mostrou mais frequente e severa nos cevados. Nos animais jovens, as lesões na área plantar foram mais frequentes que na parede ou sobre-crescimento das unhas, devendo isto ser considerado na seleção de leitoas para reprodução. O Índice de Lesões (cevados: 2,69; porcas: 6,59), obtido a partir da soma dos escores médios de cada lesão, mostrou correlação positiva com ordem de parto, sendo recomendado seu uso rotineiro como indicador de saúde dos cascos nas granjas. Palavras-chave: lesões de casco, claudicação, índice de lesões, longevidade, desempenho, bem-estarpt_BR
dc.description.abstractAbstract: Pigs raised in confinement are highly susceptible to claw lesions. These lesions, when moderate to severe, trigger inflammatory response, causing pain and loss of productive and economic performance. Considering that pig herds are ever greater, health monitoring has become a valuable tool for veterinarians, because it is then possible to determine the presence and severity of illnesses. In this sense, the aim of this study was the use of a method for assessment of claw lesions in pigs to determine the frequency and severity of lesions, to understand their evolution over the productive life, and to establish the Lesion Index as a claw health parameter. The claws of the hind limbs of 2,660 sows and 845 animals at slaughter age were analyzed. The following lesions were considered: heel overgrowth and erosion, heelsole crack, white line lesion, horizontal and vertical cracks of the hoof wall, toe overgrowth and dew claw overgrowth or absence. The lesions were scored as normal, mild, moderate and severe. It was observed at least one kind of lesion in 90.1% of sows and 88% in hogs, from which 29.7% and 32.1% showed severe lesions respectively. The frequency and severity of lesions have increased over the productive life of the animals, with the exception of white line lesion, which was more frequent and severe in hogs. In young animals, the lesions in the volar area were more frequent than on the wall or toes overgrowth and should be considered in the selection of gilts for breeding. The Lesion Index (hogs: 2.69; sows: 6.59) obtained from the sum of the average scores of each lesion was positively correlated with parity, and its use is recommended as routine as an indicator of claw health on farms. Keywords: claw lesions, lameness, Lesion Index, longevity, performance, welfarept_BR
dc.format.extent89f. : il., algumas color., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectCiência Animalpt_BR
dc.titleFrequência e severidade de lesões de casco em matrizes suínas e em cevadospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record