Show simple item record

dc.contributor.advisorMachado, Rodrigo Vasconcelos, 1971-pt_BR
dc.contributor.authorLira, Priscilapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-04-15T20:51:33Z
dc.date.available2020-04-15T20:51:33Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/45669
dc.descriptionOrientador : Prof. Rodrigo Vasconcelos Machadopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Letras. Defesa: Curitiba, 28/07/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 97-101pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estudos literáriospt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação de mestrado se propõe a analisar o diálogo entre fotografia e literatura nas obras de Guilherme Gontijo Flores intituladas Tróiades (2014) e o conjunto de poemas intitulado Daguerreótipos de Cão, publicado no livro Brasa Enganosa (2013), e nas obras de Veronica Stigger chamadas Opisanie Swiata (2013) e Minha Novela (2013). Em ambos os autores, encontramos uma proposta de diálogo com a imagem fotográfica e suas reverberações na arte e na sociedade além de uma demanda ilustrativa dessas obras. Esse tipo de relação não é pouco comum na literatura brasileira, porém, vimos, nesses autores, projetos capazes de ilustrar inúmeros diálogos entre essas duas linguagens. Esta relação provoca um entrelaçamento complexo entre as estruturas que sustentam o fazer literário e o fotográfico. O trabalho em curso busca demonstrar como, nas obras escolhidas, há uma relação de absorção mútua dessas ferramentas, dando, todavia, maior atenção às mudanças causadas pela inserção de imagens fotográficas em obras literárias. Palavras-chave: Interartes, Fotografia, Mimesis, Modernidade, Rupturapt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation proposes to analyze the dialogue between photography and literature in the works of Guilherme Gontijo Flores entitled Tróiades (2014) and the collection of poems: Daguerreótipos de Cão, published in the book Brasa Enganosa (2013), and works of Veronica Stigger: Opisanie Swiata (2013) and Minha Novela (2013). In both authors we find a proposal for dialogue with the photographic image and its reverberations in art and society as well, in addition an illustrative demand for these works. This type of relationship is not unusual in Brazilian literature, however, we have seen, these authors, projects that illustrate numerous dialogues between these two languages. This relationship causes a complex intertwining of the structures that support the literary and photographic process. The ongoing text aims to show how, in the chosen works, there is a mutual absorption of those tools, giving, however, greater attention to changes caused by the insertion of images in literary works. Key-words: Interart, Photography, Mimesis, Modernity, Rupturept_BR
dc.format.extent101 f : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLetraspt_BR
dc.subjectStigger, Veronica, 1973-pt_BR
dc.subjectFlores, Guilherme Gontijo, 1984-pt_BR
dc.subjectMimese na literaturapt_BR
dc.subjectLiteratura - História e críticapt_BR
dc.subjectModernidadept_BR
dc.subjectFotografia - Literaturapt_BR
dc.titleEntre opacidade e alucidez do espelho quebrado : mímesis e fotografia em Veronica Stigger e Guilherme Gontijo Florespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record