Show simple item record

dc.contributor.advisorLoper, Ailson Augustopt_BR
dc.contributor.authorValerio, Tuany Fernandespt_BR
dc.contributor.otherPelissari, Allan Libaniopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias Agrárias. Curso de Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2017-03-20T21:26:14Z
dc.date.available2017-03-20T21:26:14Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/45598
dc.descriptionOrientador: Prof. MSc Ailson Augusto Loperpt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Allan Libanio Pelissaript_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Engenharia Florestal.pt_BR
dc.description.abstractResumo: O estudo da dinâmica do preço da terra rural é importante pelo fato deste ser o principal fator de influência nos mais diversos projetos relacionados ao setor agrícola. O objetivo principal do trabalho foi analisar a variação do preço da terra agrícola mecanizada no estado do Paraná, no período de 2007 a 2016. Os dados de preço de venda das terras por hectare, no estado do Paraná, foram obtidos no banco de dados elaborado pelo Departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (DERAL/SEAB/ PR). Embora sejam disponibilizados preços de quatro classes de terras agrícolas, para o presente estudo utilizou-se somente o preço de terra mecanizada. Para o deflacionamento de todos os preços trabalhados, foi utilizado o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna - IGP-DI, publicado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), sendo o mês de outubro usado como base 100. No período de 2007 a 2016, a taxa média real de variação no preço da terra agrícola mecanizada no estado do Paraná foi de 9,74% a.a. No estado do Paraná, o principal fator de influência sobre os preços das terras agrícolas é o Valor Bruto da Produção Agropecuária - VBP do estado. Dentre as mesorregiões geográficas do Paraná, a maior variação do preço da terra agrícola ocorreu na mesorregião Noroeste, que apresentou um crescimento médio anual de 15,18% ao longo do período de 2007 a 2016. Esse crescimento se deve, em grande parte, pela forte aptidão agrícola da região Noroeste, em função das características pedológicas dos solos presentes em sua extensão territorial. Solos profundos, com relevos planos, Latossolos, por exemplo, permitem uma maior mecanização da área, que por sua vez diminui custos.pt_BR
dc.format.extent33 f. : il. (algumas color.), grafs., mapas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectSolo adequado para agricultura - Paranápt_BR
dc.subjectSolo adequado para agricultura - Paraná - Preçospt_BR
dc.subjectEconomia agrícola - Paranápt_BR
dc.titleAnálise da variação do preço da terra no estado do Paraná no período de 2007 a 2016pt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record