Show simple item record

dc.contributor.advisorDomenico, Ettiène Guérios de
dc.contributor.authorRibeiro, Eliane Kloster
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação
dc.date.accessioned2017-02-17T19:10:22Z
dc.date.available2017-02-17T19:10:22Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/45480
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Ettiéne Guérios
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 31/08/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 156-162
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa investigou se a experiência como pesquisador vivenciada pelos alunos do Ensino Fundamental em Atividade de Pesquisa de Opinião pode se converter em experiência matemática que possibilite aprendizagem efetiva. Para tanto, analisou a vivência dos alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental no papel de um pesquisador ao participar de uma Atividade de Pesquisa de Opinião (APO) durante as aulas, desde sua criação até a divulgação do resultado: escolha e estudo do tema, elaboração e aplicação do instrumento de pesquisa (questionário), coleta e organização dos dados em forma de tabelas e gráficos, análise e divulgação dos resultados encontrados. Foram elementos de análise: como ele vivenciou a experiência de ser um pesquisador, como este fato lhe passou e transformou, se essa experiência contribuiu para a aprendizagem matemática de conteúdos relacionados com a estatística com foco na organização, leitura e interpretação de dados, tabelas e gráficos. A pesquisa foi qualitativa, realizada por meio de entrevista organizada a partir de pontos chaves e construída por meio de um diálogo informal com os alunos-pesquisadores. A pesquisadora se pôs aberta a ouvir o que eles falavam além de suas palavras escritas sobre a experiência que viveram. As entrevistas foram transcritas e analisadas à luz de Larrosa (1998, 1999, 2002, 2011, 2013, 2014), Batanero (2001), Lopes (2003, 2008) e Guérios (2002). Os resultados apontam que pode haver simbiose pedagógica entre experiência de vida e experiência matemática que signifique os conteúdos curriculares possibilitando aprendizagem efetiva, particularmente quando, pela experiência, transcendem os espaços escolares formais e alcançam os espaços intersticiais no processo de aprendizagem. Palavras chave: aprendizagem matemática, cognição e aprendizagem, pesquisa de opinião, Matemática Ensino Fundamental, metodologia do ensino de matemática
dc.description.abstractAbstract: This research investigated whether the experience as a researcher experienced by Elementary School students in an Opinion Research Activity can become a mathematical experience that enables effective learning. In order to do so, it was analyzed the experience of the seventh grade of elementary school in the role of a researcher when participating in an Opinion Research Activity (APO) during the classes, from its creation to the result releasing: the choice and study of the theme, elaboration and application of the research instrument (questionnaire), collection and organization of data in the form of tables and graphs, analysis and dissemination of the results found. The elements of analysis were: how the student went through the experience of being a researcher, how it happened to him and transformed him, if this experience contributed to mathematical learning of the content related to statistics with a focus on the organization, reading and interpretation of data, tables and graphs. It was a qualitative research, conducted by means of an interview organized from key points and constructed through an informal dialogue with the student-researchers. The researcher made herself available to listening to what they were talking about beyond their written words about the experience they lived. The interviews were transcribed and analyzed in the light of Larrosa (1998, 1999, 2002, 2011, 2013, 2014), Batanero (2001), Lopes (2003, 2008) and Guérios (2002). The results point out that there can be pedagogical symbiosis between life experience and mathematical experience that makes curricular contents meaningful, enabling effective learning, particularly when, through experience, they transcend formal school spaces and reach the interstitial spaces in the learning process. Keywords: mathematics learning, cognition and learning, opinion research, Mathematics Elementary School, methodology of mathematics teaching
dc.format.extent170 f. : il., algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectAprendizagem - Matematica
dc.subjectCognição - Estudo e ensino
dc.subjectMatemática - Ensino fundamental
dc.titleEnsino de matemática e pesquisa de opinião : caminhos de uma experiência formativa
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record