Show simple item record

dc.contributor.advisorMeurer, Fábio
dc.contributor.authorBalen, Rafael Ernesto
dc.contributor.otherSilva, Lilian Carolina Rosa da
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Zoologia
dc.date.accessioned2017-02-17T11:02:29Z
dc.date.available2017-02-17T11:02:29Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/45267
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Fábio Meurer
dc.descriptionCoorientador : Profª. Drª. Lilian Carolina Rosa da Silva
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Defesa: Curitiba, 29/02/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 17-21;37-40;52-56
dc.descriptionArea de concentração: Zoologia
dc.description.abstractResumo:O crescimento na produção mundial de biodiesel tem gerado um grande excedente de glicerina bruta, seu principal subproduto. No Brasil, a produção de peixes já superou a pesca extrativista, com predominância da espécie tilápia do Nilo. Para tentar mitigar o impacto ambiental causado pela introdução de espécies exóticas é necessário estimular a criação das nativas, nas mesmas bacias hidrográficas em que ocorrem. No intuito de aproximar as duas cadeias produtivas e conhecer as vantagens e desvantagens de sua utilização, a presente tese teve como objetivo avaliar o efeito da inclusão da glicerina bruta nas dietas de juvenis de pacu (Piaractus mesopotamicus), curimbatá (Prochilodus lineatus) e jundiá (Rhamdia quelen), todas espécies nativas da bacia do rio Paraná. Inicialmente, por meio do método indireto de coleta de fezes e uso do marcador inerte óxido de cromo III (Cr2O3) na concentração de 0,1% da dieta, foi demonstrado que a energia bruta fornecida pela glicerina bruta é bem aproveitada pelo jundiá e pelo pacu, haja vista os valores dos coeficientes de digestibilidade aparente obtidos, de 0,89 e 0,97, respectivamente, sugerindo que este composto fornece energia digestível superior a de outros alimentos energéticos convencionalmente utilizados nas dietas de ambas as espécies. Posteriormente, foi avaliado o efeito da substituição do milho pela glicerina bruta na dieta de juvenis de jundiá. Para tanto, 432 espécimes de jundiá R. quelen (peso inicial de 14,39 ± 3,46g) foram distribuídos em 24 caixas de fibra de vidro (1000 L) em um delineamento inteiramente ao acaso, com seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos consistiram de dietas contendo seis níveis de substituição do milho pela glicerina bruta (0, 20, 40, 60, 80 e 100%), com base em suas energias digestíveis. Houve influência dos tratamentos (p<0,05) sobre a altura, rendimento de carcaça sem cabeça, rendimento de tronco limpo e conteúdo de gordura do corpo inteiro. Sobre a gordura corporal foi observado, ainda, efeito quadrático (y = 0,000213x2 - 0,03270x + 1,961; r2 = 0,71) da substituição, com a menor percentagem sendo estimada no nível de 76,76%. Concluiu-se que a substituição de 76,76% do milho pela glicerina bruta na dieta de jundiá promove menor teor de gordura na carcaça, sem afetar o crescimento, desempenho produtivo e os parâmetros bioquímicos do sangue de juvenis. Por fim, foi estudada a digestibilidade aparente e o efeito da inclusão da glicerina bruta sobre o crescimento de juvenis de curimbatá (P. lineatus). No ensaio de digestibilidade, foram coletadas fezes de 35 espécimes alimentados com uma dieta referência e uma dieta-teste constituída por 71,1% de uma dieta referência e 28,9% de glicerina bruta, tendo o Cr2O3 como marcador inerte. No experimento de inclusão, foram utilizados 750 juvenis (peso inicial de 18,71 ± 2,70 g), em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos (dietas com níveis de inclusão de glicerina bruta de 0, 4, 8, 12, 16 e 20%) e cinco repetições. Foi observado que o coeficiente de digestibilidade aparente da glicerina bruta para o curimbatá foi de 0,76, e ocorreu efeito dos tratamentos (p<0,05) sobre os parâmetros de crescimento peso final médio, comprimento total, comprimento padrão, altura e largura, e sobre os parâmetros de desempenho ganho de peso, conversão alimentar aparente e taxa de crescimento específico. Ocorreu efeito linear (p<0,01) das dietas sobre o peso final, comprimento total, ganho de peso e conversão alimentar. Em relação aos parâmetros bioquímicos do sangue, os níveis de glicerina afetaram (p<0,05) apenas a concentração plasmática de glicose e de triglicérides. A inclusão de 4% de glicerina bruta na dieta favoreceu o crescimento e o desempenho produtivo de curimbatá, não interferindo na sobrevivência e proporcionando suprimento energético para os juvenis. Desse modo, os resultados obtidos sugerem que a glicerina bruta derivada da produção de biodiesel pode ser utilizada como fonte de energia na alimentação de P. mesopotamicus, P. lineatus e R. quelen. Palavras-chave: Alimento alternativo. Characiformes. Glicerol. Piscicultura. Siluriformes.
dc.description.abstractAbstract: The growth in world production of biodiesel has generated a large surplus of crude glycerin, its main byproduct. In Brazil, the production of fish has already surpassed the extractive fishing, with predominance of Nile tilapia species. To try to mitigate the environmental impact caused by the introduction of exotic species is necessary to stimulate the farming of native fish in the same river basins in which they occur. In order to bring the two supply chains and know the advantages and disadvantages of their use, this thesis aimed to evaluate the effect of the inclusion of crude glycerin in diets of juvenile pacu (Piaractus mesopotamicus), curimbatá (Prochilodus lineatus), and jundiá (Rhamdia quelen), all native species of the Paraná river basin. Initially, through the indirect method of feces collection and use of inert marker chromium oxide III (Cr2O3) at a concentration of 0.1% of the diet, it was demonstrated that the gross energy supplied by crude glycerin is well used by jundiá and pacu, given the values of the apparent digestibility coefficients of 0.89 and 0.97, respectively, suggesting that this compound provides high digestible energy than other energy foods conventionally used in the diets of both species. Subsequently, it was evaluated the effect of corn replacement by crude glycerin in jundiá juveniles diets. Therefore, 432 specimens of jundiá R. quelen (initial weight of 14.39 ± 3,46g) were distributed in 24 fiberglass boxes (1000L) in a completely randomized design with six treatments and four replications. The treatments consisted of diets containing six levels of corn replacement by crude glycerin (0, 20, 40, 60, 80, and 100%), based on its digestible energy. There was influence of the treatments (p<0.05) on the height, headless gutted carcass yield, dressed out yield, and whole body fat content. On body fat was observed also quadratic effect (y = 0,000213x2 - 0,03270x + 1,961; r2 = 0.71) of replacement, with the lowest percentage being estimated at the level of 76.76%. It was concluded that the replacement of 76.76% of corn by crude glycerin in jundiá diet promotes low-fat on the body without affecting growth, productive performance and blood biochemical parameters of juveniles. Finally, it was studied the apparent digestibility and the effect of the inclusion of crude glycerin on the growth performance of juvenile curimbatá (P. lineatus). In the digestibility assay were collected feces from 35 specimens fed a reference diet and a test diet composed of 71.1% of a reference diet and 28.9% of crude glycerin, and Cr2O3 was an inert marker. In the inclusion experiment were used 750 juveniles (initial weight of 18.71 ± 2.70 g), in a completely randomized design with six treatments (diets with inclusion levels of crude glycerin of 0, 4, 8, 12 16, and 20%) and five replications. It was observed that the apparent digestibility coefficient of crude glycerin to curimbatá was 0.76 and there was effect of the treatments (p<0.05) on the growth average final weight, total length, standard length, height, and width parameters, and on the performance weight gain, feed conversion, and specific growth rate parameters. There was a linear effect (p<0.01) of diet on the final weight, total length, weight gain and feed conversion. Regarding the blood biochemical parameters, glycerine levels affected (p<0.05) only the plasma glucose and triglycerides concentration. The inclusion of 4% crude glycerin in the diet favored the growth and productive performance of curimbatá, not interfering with the survival and providing energy supply for juveniles. Thus, the results suggest that crude glycerin derived from biodiesel production can be used as an energy source in the feeding of P. mesopotamicus, P. lineatus, and R. quelen. Key-words: Alternative food. Characiformes. Glycerol. Fish farming. Siluriformes.
dc.format.extent60 f. : il. algumas color., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectGlicerina
dc.subjectBagre (Peixe)
dc.subjectCharacideo
dc.titleEfeito da glicerina bruta na alimentação de Piaractus mesopotamicus, Prochilodus lineatus e Rhamdia quelen
dc.typeTese


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record