Show simple item record

dc.contributor.authorSouza, Andrieli de
dc.contributor.otherVilela, Regina Maria
dc.contributor.otherSchieferdecker, Maria Eliana Madalozzo
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Alimentação e Nutrição
dc.date.accessioned2017-01-27T20:23:11Z
dc.date.available2017-01-27T20:23:11Z
dc.date.issued2016
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/45173
dc.descriptionOrientadora : Profª. Drª. Regina Maria Vilela
dc.descriptionCoorientadora : Profª. Dra. Maria Eliana Madolosso Schieferdecker
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Alimentação e Nutrição. Defesa: Curitiba, 25/07/2016
dc.descriptionInclui referências : f. 56-65
dc.description.abstractResumo: A mortalidade entre pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) é elevada, assim, identificar indicadores prognósticos pode ser uma forma de minimizar complicações e de diminuir a mortalidade, após prescrição precoce de intervenções adequadas. O objetivo desse estudo foi avaliar o ângulo de fase (AF) e a área muscular do braço (AMB) como indicadores prognósticos de mortalidade e de estado nutricional nesta população. O trabalho foi realizado entre fevereiro de 2015 e março de 2016 no Serviço de Transplante de Medula Óssea do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, envolvendo pacientes adultos submetidos ao TCTH alogênico, e adultos saudáveis que formaram o grupo controle. A coleta de dados foi feita antes do início do condicionamento para o transplante, 14 (D+14), 30 (D+30) e 90 dias após o transplante (D+90). Foram obtidos dados antropométricos: peso, altura, circunferência do braço e prega cutânea tricipital, e, a partir destes, estimados a AMB e o índice de massa corporal. Dados laboratoriais (albumina e proteína C-reativa) e dietéticos (ingestão de calorias e proteínas) também foram obtidos. O AF, a massa livre de gordura e a massa gorda foram estimados após obtenção de reactância (Xc) e resistência (R) pela impedância bioelétrica (BIA). Realizou-se padronização do AF de acordo com gênero, idade e IMC para população saudável. Foi realizado teste-t, correlação de Spearman, teste de qui-quadrado e coeficiente de Kappa, construídas curvas ROC e aplicado o Kaplan-Meyer. Considerou-se o intervalo de confiança de 95%. Foram avaliados 29 pacientes e o grupo controle foi composto por 28 participantes. No período pré-transplante, os pacientes apresentaram características similares ao grupo saudável, sem diferença significativa entre os dois grupos. O ângulo de fase padronizado (AFP) reduziu após o início do condicionamento e após submissão ao TCTH, já a redução da AMB foi observada somente na quarta avaliação. O melhor ponto de corte para o AFP com valor preditivo de mortalidade e de estado nutricional foi -0,19, e para a AMB, com estado nutricional como desfecho, foi 34,48mm. Até 90 dias após o TCTH, a incidência de mortalidade foi maior entre pacientes com medidas abaixo do ponto de corte para AFP ou para AMB, do que aqueles com medidas acima. Palavras chave: Transplante de células-tronco hematopoéticas. Prognóstico. Impedância elétrica. Área muscular do braço. Ângulo de fase. Estado nutricional.
dc.description.abstractAbstract: Mortality among patients undergoing hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) is high. Therefore, identifying prognostic indicators can be a way to minimize complications and to decrease mortality, after early prescription of adequate interventions. The aim of this study was to evaluate the phase angle (PA) and the upper arm muscle area (UAMA) as prognostic indicators of mortality and nutritional status in this population. This study was performed between February 2015 and March 2016, at the Bone Marrow Transplant Service of Hospital de Clínicas of the Federal University of Paraná, and it involved adult patients who underwent allogeneic HSCT, and a control group composed of healthy adult subjects. Data collection was performed before beginning conditioning for transplantation, then 14 (D+14), 30 (D+30) and 90 days after transplantation (D+90). Anthropometric data obtained were weight, height, mid-upper arm circumference, and triceps skinfold; and based on these data, UAMA and body mass index were estimated. Laboratory (albumin and C-reactive protein) and nutrition data (calorie and protein intake) were also obtained. PA, fat-free body mass, and fat mass were estimated after reactance and resistance were obtained from bioelectrical impedance analysis (BIA). PA was standardized according to sex, age, and BMI for a healthy population. T-test, Spearman's correlation, chi-squared test, and Kappa coefficient were calculated; ROC curves were constructed; and Kaplan-Meier analysis was applied. The confidence interval was 95%. Twenty-nine patients were evaluated and the control group was composed of 28 participants. In the pre-transplantation period, patients presented characteristics that were similar to the healthy group, with no significant difference between the two groups. Standardized phase angle (SPA) decreased after the beginning of conditioning and after the HSCT, while UAMA was reduction was observed only in the forth evaluation. The best cut-off point for the SPA with a predictive value for mortality and nutritional status was -0.19, and for the UAMA, with nutritional status as the outcome, it was 34.48mm. Up to 90 days after the HSCT, the mortality incidence was higher among patients with values below the cut-off point for SPA or for UAMA, than among those with values above. Keywords: Hematopoietic stem cell transplantation. Prognosis. Electric Impedance. Upper arm muscle area. Phase angle. Nutricional status.
dc.format.extent73 f. : il., algumas color.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTransplante de células tronco
dc.subjectPrognóstico
dc.subjectImpedância elétrica
dc.subjectEstado nutricional
dc.titleÂngulo de fase e área muscular do braço : indicadores de mortalidade em pacientes submetidos ao transplante de célula-tronco hematopéticas alogênico
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record