Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Luiz Geraldo, 1964-pt_BR
dc.contributor.authorPaula, Thiago do Nascimento Torres dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2019-11-26T12:47:39Z
dc.date.available2019-11-26T12:47:39Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/45148
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luiz Geraldo Santos Silvapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 19/09/2016pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 283-311pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Históriapt_BR
dc.description.abstractResumo: As palavras exposto e enjeitado foram os termos utilizados para fazer referência a recém-nascidos abandonados até o final do século XIX, considerando que o enjeitamento de neonatos foi uma recorrência na história do homem ocidental, apresentando acepções diferentes em tempos e espaços distintos. Assim, o objetivo desta tese é analisar o padrão de abandono de recém-nascidos identificado na freguesia da Cidade do Natal entre os anos de 1727 e 1835, destacando aspectos como: o baixo índice de enjeitamento, a significação do abandono, a elaboração das redes informais de socorro, assim como a trajetória de alguns expostos que chegaram à idade adulta. As principais fontes documentais investigadas foram os assentos de batismo, casamento e óbito, seguidos de documentação produzida pelo Senado da Câmara, como os termos de vereação. Todos os aspectos apresentados, entre outros, foram examinados à luz dos conceitos de figuração, interdependência e equilíbrio de tensões, todos egressos da Sociologia figuracional de Norbert Elias. Palavras-chave: Recém-nascido. Exposto. Freguesia.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The words exposed and foundling were the terms used to make reference to the newly born abandoned until the end of the 19th century, considering that rejection of newly born was a recurrence during the entire history of western mankind, showing different meanings in time and space. This way, the aim of this thesis is to analyze the pattern of newly born abandonment identified at the parish of the city of Natal between the years 1727 and 1835, highlighting aspects such as:low rate of rejection, the meaning of the abandonment,development of informal relief networks,as well as the trajectory of some exposed that reached adulthood. The main documentary sources investigated were the seats of baptism and death and wedding certificates,followed by documentation produced by the Chamber of Senate, just like the terms of the town council. All aspects presented were examined in light of concepts of figuration, interdependence and balance of tensions , all graduates of figurational Sociology of Norbert Elias. Keywords: Newborn . Exposed. Parishpt_BR
dc.format.extent311 f. : il., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.subjectRecem-nascidos - Menores abandonadospt_BR
dc.subjectSociologia historicapt_BR
dc.subjectNatal (RN) - 1727-1835pt_BR
dc.titleO abandono de crianças na América Ibérica: um estudo sobre os recém-nascidos expostos e suas trajetórias na freguesia da Cidade do Natal (Capitania do Rio Grande do Norte, 1727-1835)pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record