Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Jair Antonio de, 1957-pt_BR
dc.contributor.authorSouza, Humberto da Cunha Alves dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Artes, Comunicação e Design. Programa de Pós-Graduação em Comunicaçãopt_BR
dc.date.accessioned2018-03-22T17:05:30Z
dc.date.available2018-03-22T17:05:30Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/44768
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Jair Antonio de Oliveirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa: Curitiba, 31/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 107-112pt_BR
dc.descriptionLinha de pesquisa: Comunicação, educação e formação socioculturaispt_BR
dc.description.abstractResumo: Em uma perspectiva Pragmática da Comunicação, a linguagem usada no processo ou prática comunicativa não serve apenas como constatação do que poderia ser descrito como verdadeiro ou falso no mundo. Todo uso de linguagem está vinculado a um contexto - mas nunca limitado por ele - e gera efeitos. Assim, a linguagem é uma forma de vida. Um destes usos implica em comunicar e, portanto, nesta perspectiva, construir por meio da linguagem a própria identidade. Este trabalho versa sobre a comunicação/criação das "identidades gays" no Facebook, procurando demonstrar como essas identidades são criadas pelo/no uso da linguagem e não preexistem-na. O problema de pesquisa que orientou este trabalho foi: Que efeitos identitários são performatizados nas práticas comunicativas de dois usuários gays focais, no Facebook? O quadro teórico que subjaz esta pesquisa não possui métodos próprios. Portanto, como escolha metodológica, optou-se pelo que foi chamado de "análise pragmática" buscando combinar os atuais métodos utilizados, mas reconhecendo, entretanto, suas limitações em relação ao movimento do uso da linguagem. Além disso, esta escolha procura se alinhar ao quadro teórico da Pragmática, que é um campo de conhecimento altamente interpretativo. Foi possível observar com a análise que os dois perfis focais performatizam "identidades gays" fortemente contraditórias entre si, confirmando a observação teórica de que não existe um traço comum sobre o qual pode ser construída a "identidade gay". Há, portanto, todo um excesso na expressão "identidades gays" que o trabalho aponta ser necessário problematizar. Afastar, entretanto, a possibilidade de uma "identidade gay" como unidade, significa criar uma ambivalência, qual seja, a de justamente dificultar reconhecimento e representação política. O trabalho reconhece esta ambivalência e aponta como um encaminhamento para pesquisas futuras. Por fim, de modo amplo e geral, por empregar outro quadro teórico, a Pragmática, acredita-se que esta pesquisa possa contribuir para o estudo das identidades no campo da Comunicação, que tem predominantemente aplicado perspectivas sociológicas sobre o tema. Palavras-chave: Comunicação. Identidades gays. Pragmática. Performativo. Facebook.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In a Pragmatic perspective of Communication, the language used in communicative practices not only serves as confirmation of what could be described as true or false in the world. Any use of language is bound to a context - but never limited for it - and creates effects. Thus, the language is a way of life. One of these uses implies communicate and therefore in this perspective, build through language their identity. This Master's thesis focuses on the communication/creation of "gay identities" on Facebook, trying to demonstrate how these identities are created by/in use of language and not pre-exist it. The research problem that guided this Master's thesis was: What identities effects are performed in communicative practices of two focal gay users on Facebook? The theoretical background in this Master's thesis has no own methods. Therefore, as a methodological choice, it was called "pragmatic approach" seeking to combine current methods used, but recognizing, however, their limitations about the movement of language use. In addition, this choice seeks to align the theoretical framework of Pragmatics, which is a highly interpretive field of knowledge. It was observed with the analysis the two focal profiles performed "gay identities" strongly contradictory, confirming the theoretical observation that there is no common thread upon which "gay identities" can be built. There is thus whole surplus on "gay identities" term that this Master's thesis points out be necessary discuss. Exclude the possibility of a "gay identity" as a unit however means creating an ambivalence, that is, difficult recognition and political representation. This Master's thesis recognizes this ambivalence and points out as a referral for further research. At long last, in general, by applying a different theoretical background, the Pragmatic, it is believed that this Master's thesis may contribute to the study of identities in the Communication, which has predominantly applied sociological perspectives on the subject. Key words: Communication. Gay Identities. Pragmatic. Performative. Facebook.pt_BR
dc.format.extent121 f. : il. algumas color., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectIdentidade sexualpt_BR
dc.subjectLinguagem - Pragmaticapt_BR
dc.subjectFacebook (Recursos eletrônicos)pt_BR
dc.title"Identidade Gays" como ato performativo nas práticas comunicativas no Faceboock : uma perspectiva Pragmáticapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record